A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
23 pág.
APOL   Problemas Metafísicos

Pré-visualização | Página 2 de 7

integramente ele está disponível em:< http://www.webartigos.com/artigos/a-metafisica-dos-pre-socraticos/78652/#ixzz41DDjDcFR > Acesso em 30 maio 2018.
Considerando o esforço dos pré-socráticos em explicar racionalmente a realidade do mundo e, tomando como referência o livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, assinale a alternativa que melhor descreve a concepção de alma de Tales de Mileto:
Nota: 0.0
	
	A
	Tales foi considerado o primeiro filósofo; também foi o primeiro a falar que a alma é uma substância comum a todos os seres.
	
	B
	Na visão de Tales, a alma é movimento e sua essência tem relação com água princípio originário de todas as coisas.
“Segundo Tales, a alma é algo que se move. Segundo filósofos posteriores, a opinião de Tales, de que ‘tudo está repleto de deuses’, mostraria que o universo mesmo parece uma alma. Em que relação está à alma humana com esta alma do cosmos? Qual a sua origem, a sua natureza? Tudo isto são perguntas que os poucos fragmentos que possuímos de Tales, não nos permitem responder. Como, porém, Tales viu na água o princípio de todas as coisas, é possível supor que ele tenha visto na alma humana algo essencial algo material (posto que tênue), que tira sua origem de algo úmido (o sêmen)”. (Livro-base, p. 73)
	
	C
	A filosofia de Tales apresenta a alma do mundo e do homem como sendo a mesma e derivam dos deuses.
	
	D
	A alma é a força que anima e faz viver as criaturas; no homem, é a parte da energia consciente de si mesma.
	
	E
	Todo corpo que se move possui alma, ou anima, ou consciência; é uma força que anima e faz viver.
Questão 3/5 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Diversamente de Sócrates, que era filho do povo, Platão nasceu em Atenas, em 428 ou 427 a.C., de pais aristocráticos e abastados, de antiga e nobre prosápia. Temperamento artístico e dialético - manifestação característica e suma do gênio grego - deu, na mocidade, livre curso ao seu talento poético, que o acompanhou durante a vida toda, manifestando-se na expressão estética de seus escritos; entretanto isto prejudicou sem dúvida a precisão e a ordem do seu pensamento, tanto assim que várias partes de suas obras não têm verdadeira importância e valor filosófico.”
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integramente, ele está disponível em: <http://www.portalbrasil.net/2006/colunas/politica/janeiro_16.htm> Acesso em 30 maio 2018. 
A filosofia de Platão teve forte influência na formação da cultura medieval e na discussão sobre fé e razão. Considerando os conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, leia as alternativas que seguem. Na sequência, assinale aquela que apresenta as ideias metafísicas de Platão:
Nota: 20.0
	
	A
	A discussão de Platão relaciona ética e estética,  colocando a questão da ontologia do ser como secundária.
	
	B
	Para Platão, o mundo se define pela sua materialidade, assim como o homem.
	
	C
	Na visão de Platão, existem três tipos de almas; todas habitam a cabeça e a mente do homem, sendo responsáveis pelo pensamento e movimento do corpo.
	
	D
	A metafísica platônica explica a realidade pela sua origem e finalidade, algo que ele resumiu na teoria das quatro causas.
	
	E
	A metafísica platônica é expressa em sua teoria das ideias e na imortalidade da alma.
Você acertou!
“O segundo período [do pensamento platônico] centra-se nas preocupações por circunscrever a teoria conhecida como teoria das ideias e examina enfaticamente a teoria da imortalidade da alma.”  (Livro-base, p. 79)
Questão 4/5 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Observe a imagem a seguir:
Após esta avaliação caso queira ler o texto integramente ele está disponível em: <http://luuhfurtado.blogspot.com.br/2012/04/teoria-dos-dois-mundos-platao.html> Acesso em 30 maio 2018.
A filosofia de Platão foi classifica como dualista. A imagem apresentada anteriormente  expressa essa concepção. Tomando como referência os conteúdos do  livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, assinale a alternativa que melhor explica o dualismo platônico:
Nota: 20.0
	
	A
	Para Platão, a realidade é dividida entre o mundo humano e o mundo natural, ambos distintos e complementares.
	
	B
	Platão entende que a realidade se divide em imanente e transcendente, sendo que a segunda deriva da primeira.
	
	C
	A metafisica de Platão defende a organização de dois principios que organizam a realidade: luz e trevas.
	
	D
	O dualismo de Platão se resume no mundo da experiência e no mundo das sensações.
	
	E
	O dualismo de Platão aponta para a existência de dois mundos: o mundo material e o mundo intelegível ou das ideias. Tal dualismo é representado pela alegoria ou mito da caverna.
Você acertou!
“Em A República, Platão faz a diferenciação e sofistica a teoria dos dois mundos: o mundo material e o mundos das ideias. Isso pode ser melhor entendido com base em sua conhecida alegoria da caverna ou mito da caverna.” (Livro-base, p. 84).
Questão 5/5 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Observe a imagem a seguir:
Após esta avaliação caso queira ler o texto integramente ele está disponível  em: <http://www.ecured.cu/Atomismo> Acesso em 30 maio 2018.
A metafísica anterior a Sócrates buscava encontrar o elemento físico originário de todas as coisas. Considerando os conteúdos do livro-base Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica sobre esse tema, analise as alternativas que seguem. Na sequência, assinale a alternativa que apresenta a assertiva correta sobre o pensamento de Demócrito:  
Nota: 0.0
	
	A
	Para Demócrito, a realidade cósmica é fruto da ação do demiurgo que plasmou tudo que existe.
	
	B
	De acordo com Demócrito, matéria e energia formam todas as coisas; a essência última de tudo que existe é o puro fluir do pensamento de Deus.
	
	C
	Para esse filósofo, tudo o que existe, inclusive a alma, é formado por minúsculas partculas atômicas.
“Demócrito explica longamente a sensação, mas não se detêm muito na intelecção. Se bem que ele tenha entrevisto, com Anaxágoras, uma diferença entre os dois tipos de conhecimento (os sentidos apanham os fenômenos e a inteligência conclui ao que está escondido), ele parece afirmar a identidade do noûs (razão) com a alma, ou seja, ambos são átomos em movimento”. (Livro-base, p. 77)
	
	D
	Para Demócrito, a essência do mundo é a indeterminação de tudo que existe, mas poderia não existir.
	
	E
	Demócrito defendia a ideia de que a existencia é pura contigência, caos e acaso.
Questão 1/2 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Nasceu Tomás em 1225, no castelo de Roccasecca, na Campânia, da família feudal dos condes de Aquino. Era unido pelos laços de sangue à família imperial e às famílias reais de França, Sicília e Aragão.”
Após esta avaliação caso queira ler o texto integramente ele está disponível  em: <http://conteudodafilosofia.blogspot.com/2011/07/sao-tomas-de-aquino.html>  Acesso em 30 maio 2018.
A origem aristocrática de Tomás de Aquino não o impediu de seguir uma vida religiosa e reclusa. Considerando os conteúdos do  livro-base  Os caminhos da reflexão metafísica: fundamentação e crítica, qual foi o principal interlocutor de Tomás de Aquino? Leia as alternativas que seguem e, na sequência, assinale aquela que contém a resposta correta:
Nota: 50.0
	
	A
	Plotino.
	
	B
	Aristóteles.
Você acertou!
“Pensadores como Aristóteles, Agostinho e Avicena ocupam um lugar de destaque em seu pensamento, tal como se pode interpretar suas obras mais significativas: Summa Theologica, Summa contra gentiles, De ente et essentia”. (Livro-base, p. 148)
	
	C
	Platão.
	
	D
	Sócrates.
	
	E
	Zenão de Citio.
Questão 2/2 - Filosofia Geral: Problemas Metafísicos
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Ao absorver muitas das teses aristotélicas, a metafísica tomista formula