A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
OAB 1FASE DIR DO TRAB AULA 01

Pré-visualização | Página 1 de 3

www.cers.com.br 
 
1 
 
 
 
 
 
www.cers.com.br 
 
2 
RESOLUÇÃO DE QUESTÕES OBJETIVAS E INTERDISCIPLINARES – OAB 1ª FASE 
 
Professor Henrique Correia 
 
Procurador do Trabalho 
Professor de Direito do Trabalho do CERS on line (www.renatosaraiva.com.br) 
Autor e Coordenador de diversos livros para concursos públicos pela Editora Juspodivm 
 
Contatos: 
Site: www.henriquecorreia.com.br 
Twitter: @profcorreia 
Instagram: Prof_correia 
Periscope: @henrique_correia 
Facebook: 
Carreiras Trabalhistas: carreirastrabalhistascomElissoneHenrique 
 
 
01. O advogado Hércules pretende fundamentar uma tese na petição inicial de reclamatória trabalhista utilizando o 
ditame segundo o qual, ainda que haja mudanças vertiginosas no aspecto de propriedade ou de alteração da es-
trutura jurídica da empresa, não pode haver afetação quanto ao contrato de trabalho já estabelecido. Tal valor 
está previsto no princípio de Direito do Trabalho denominado 
 
A) razoabilidade. 
B) disponibilidade subjetiva. 
C) responsabilidade solidária do empregador. 
D) asserção empresarial negativa. 
E) continuidade da relação de emprego. 
 
02. As Comissões de Conciliação Prévia têm como atribuição tentar conciliar os conflitos individuais de trabalho, 
podendo ser constituídas por grupos de empresas ou ter caráter intersindical. Quanto à Comissão instituída no 
âmbito da empresa, 
 
A) será composta de, no mínimo, 4 e, no máximo, 12 membros. 
B) haverá na Comissão tantos suplentes quantos forem os representantes titulares. 
C) todos os membros da Comissão serão eleitos pelos trabalhadores da empresa, sendo a eleição fiscalizada pelo 
sindicato da categoria profissional. 
D) o mandato dos membros da Comissão, titulares e suplentes, é de dois anos, permitida uma recondução. 
E) o representante dos empregados ficará afastado de suas atividades normais para poder exercer as atribuições 
na Comissão. 
 
03. A empresa Infohoje Ltda. firmou contrato com Paulo, pelo qual ele prestaria consultoria e suporte de serviços 
técnicos de informática a clientes da empresa. Para tanto, Paulo receberia 20% do valor de cada atendimento, 
sendo certo que trabalharia em sua própria residência, realizando os contatos e trabalhos por via remota ou tele-
fônica. Paulo deveria estar conectado durante o horário comercial de segunda a sexta-feira, sendo exigida sua 
assinatura digital pessoal e intransferível para cada trabalho, bem como exclusividade na área de informática. 
Sobre o caso sugerido, assinale a afirmativa correta. 
 
A) Paulo é prestador de serviços autônomo, não tendo vínculo de emprego, pois ausente a subordinação, já que 
inexistente fiscalização efetiva física. 
B) Paulo é prestador de serviços autônomo, não tendo vínculo de emprego, pois ausente o pagamento de salário 
fixo. 
C) Paulo é prestador de serviços autônomo, não tendo vínculo de emprego, pois ausente o requisito da pessoali-
dade, já que impossível saber se era Paulo quem efetivamente estaria trabalhando. 
D) Paulo é empregado da empresa, pois presentes todos os requisitos caracterizadores da relação de emprego. 
 
04. Mario presta serviços com subordinação, mas sem continuidade, havendo alternância de períodos de presta-
ção de serviços e inatividade, determinados em horas, dias ou meses. Ênio assume os riscos de sua atividade 
econômica, não possui subordinação e presta serviços sem exclusividade, de forma contínua ou não. Finalmente, 
 
 
 
 
www.cers.com.br 
 
3 
Joaquim foi contratado verbalmente, possuindo subordinação, horário de trabalho a cumprir e salário fixo mensal, 
prestando serviços no local do contratante. 
Considerando a legislação vigente e as alterações introduzidas pela Lei n
o
 13.467/2017, as modalidades de traba-
lho de Mario, Ênio e Joaquim são classificadas, respectivamente, como sendo 
 
A) trabalho em regime de tempo parcial, avulsa e contrato individual de trabalho. 
B) autônoma, intermitente e contrato individual de trabalho. 
C) contrato individual de trabalho, intermitente e autônoma. 
D) avulsa, autônoma e intermitente. 
E) intermitente, autônoma e contrato individual de trabalho. 
 
05. Suely trabalha na casa de Rogério como cuidadora de seu pai, pessoa de idade avançada e enferma, compa-
recendo de segunda a sexta-feira, das 8:00 às 17:00 h, com intervalo de uma hora para refeição. 
De acordo com o caso narrado e a legislação de regência, assinale a afirmativa correta. 
 
A) O controle escrito não é necessário, porque menos de 10 empregados trabalham na residência de Rogério. 
B) A lei de regência prevê que as partes podem acertar, por escrito, a isenção de marcação da jornada normal, 
assinalando apenas a eventual hora extra. 
C) A Lei é omissa a respeito, daí por que a existência de controle deve ser acertado entre as partes envolvidas no 
momento da contratação. 
D) Rogério deve, por força de Lei, manter controle escrito dos horários de entrada e saída da empregada domésti-
ca. 
 
06. Sobre a legislação que regula o trabalho doméstico: 
 
A) é lícita a contratação por prazo determinado de empregado para substituir temporariamente outro com contrato 
interrompido ou suspenso, não podendo ser firmado por prazo superior a 1 ano. 
B) o acompanhamento do empregador em viagem pelo seu empregado deve ser previamente pactuado por es-
crito entre eles, sendo que a remuneração do salário-hora em viagem será de, no mínimo, 50% do salário-hora 
normal. 
C) o período de férias poderá, desde que haja acordo escrito entre empregado e empregador, ser fracionado em 
até 2 períodos, sendo 1 deles de, no mínimo, 14 dias corridos. 
D) é facultado ao empregador efetuar descontos no salário do empregado, mediante acordo escrito entre as par-
tes, para a inclusão do empregado em planos de previdência privada, não podendo a dedução ultrapassar 30% do 
salário. 
E) poderão ser descontadas do salário do empregado as despesas com moradia quando essa se referir a local 
diverso da residência em que ocorrer a prestação de serviço, desde que essa possibilidade tenha sido expressa-
mente acordada entre as partes. 
 
07. A empresa Gomes Sardinha Móveis Ltda. é procurada por um jovem portador de deficiência, que tem 30 anos, 
e deseja ser contratado como aprendiz de marceneiro. A empresa tem dúvida sobre a possibilidade legal dessa 
contratação. 
 
A partir do caso relatado, assinale a afirmativa correta. 
 
A) Não se aplica a idade máxima ao aprendiz portador de deficiência, de modo que a contratação é possível. 
B) A idade máxima do aprendiz é de 24 anos, não havendo exceção, pelo que não é possível a contratação. 
C) Havendo autorização da Superintendência Regional do Trabalho, o jovem poderá ser contratado como apren-
diz, haja vista sua situação especial. 
D) Não existe idade máxima para a contratação de aprendizes, daí porque, em qualquer hipótese, a admissão é 
possível. 
 
08. Jefferson, empregado da sociedade empresária Editora Século XIX, resolve adotar, sozinho, uma criança de 5 
anos de idade. 
 
Diante da hipótese, de acordo com a legislação em vigor, assinale a afirmativa correta. 
 
 
 
 
 
 
 
www.cers.com.br 
 
4 
A) Jefferson não terá direito à licença-maternidade, por falta de dispositivo legal. 
B) Jefferson receberá salário-maternidade, mas não terá direito à licença-maternidade, porque a regra aplica-se 
apenas às mulheres. 
C) Jefferson terá direito à licença-maternidade, pois este direito aplica-se à pessoa que adotar, independentemen-
te do gênero. 
D) Jefferson terá direito à licença-maternidade de 60 dias. 
 
09. Entre as diversas regras de proteção à mulher gestante e lactante estão as relativas a restrições para o exer-
cício de atividades em condições insalubres e a concessão de intervalos para amamentação do bebê, entre as 
quais: 
 
A) Para amamentar o próprio filho, até que este complete 6 meses de idade,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.