5 Banho de parafina
13 pág.

5 Banho de parafina

Pré-visualização1 página
BANHO DE PARAFINA

Eletrotermofototerapia

Prof Fábio Guedes

BANHO DE PARAFINA

• Normalmente restrito as extremidades;

• A maioria dos banhos de parafina são mantidos entre 42°C
e 52°C;

• O ponto de fusão da cera é aproximadamente 54°C;

• O calor latente da parafina é menor que o da água (libera

menos energia);

• A 1ª camada funciona como um isolante térmico;

• A parafina impede a perda de água da superfície da pele;

• A cera é mantida derretida em cubas de aço inox ou

esmaltadas que são aquecidas eletricamente; a

temperatura é mantida constantemente por meio de um

termostato

BANHO DE PARAFINA

EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS

• Banheira de parafina;

• Sacos Plásticos;

• Toalhas;

• Parafina;

• Óleo Mineral.

EFEITOS FISIOLÓGICOS

• Analgesia;

• Relaxamento;

• Umidificação;

• Flexibilidade;

• Vasodilatação local;

• “Redução do edema”;

•  da oferta de O2 e nutrientes

• Favorecimento no mecanismo de defesa

INDICAÇÕES

• Artrose;

• “Mialgias”;

• Fibrose e aderências;

• Pós – imobilização;

• Pré – cinético;

• “Artrite Reumatóide”;

CONTRA - INDICAÇÕES

• Distúrbios de sensibilidades;

• Hemorragias;

• Feridas abertas;

• Doenças dermatológicas;

• Inflamações agudas

VANTAGENS

• Meio de produção de calor reciclável e durável;

• Baixo custo = gabinete caro;

• Fácil aplicabilidade em MMSS e MMII

• Calor mais duradouro que a compressa quente e o forno de

bier

DESVANTAGENS

• Inviabilidade de ser trocada a cada paciente;

• Proliferação de fungos e bactérias;

• Acúmulo de fâneros (pele, pêlos, unhas,…);

• Não tem aplicação imediata (leva tempo para alcançar a
temperatura ideal)

PREPARAÇÃO

3 a 4 partes de parafina para 1 de óleo mineral. Aquecer a

mistura até ponto de fusão da parafina e após o

derretimento total da mesma, deixar esfriar até 50°C
(aproximadamente)

APLICAÇÕES

• Imersão e Enrolamento (mais utilizado);

• Imersão e Reimersão;

• Pincelamento.

RECOMENDAÇÕES

• Antes do tratamento, limpar com sabão, água e álcool;

• Preparar o paciente explicando o procedimento;

• Antes de iniciar o tratamento verificar a temperatura da

parafina