A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
projeto (2)

Pré-visualização | Página 1 de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL – UNINTER
CARLA TAIANI KONZEN DE AZEREDO – 813943 – 05/16
ESTÁGIO SUPERVISIONADO: OBSERVAÇÃO E PRÁTICA – PROJETO DE ARTES
SANTA CRUZ DO SUL
2017
CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL – UNINTER
CARLA TAIANI KONZEN DE AZEREDO – 813943 – 05/2016
ESTÁGIO SUPERVISIONADO: OBSERVAÇÃO E PRÁTICA – PROJETO DE ARTES
Relatório de Estágio Supervisionado – Observação e prática: projeto de artes apresentado ao curso de Licenciatura em Artes Visuais do Centro Universitário Internacional UNINTER.
SANTA CRUZ DO SUL
2017
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO
	
	A prática do estágio é onde o aluno pode vivenciar a sua futura prática, conhecer, e ter a experiência de como o processo de educação acontecem. Sendo assim foi o momento que permitiu que os alunos exercessem seus conhecimentos teóricos adquiridos no curso de graduação de Artes Visuais da UNINTER. 
	O presente estágio tem como objetivo coletar informações sobre a escola e o ambiente educativo, planejar, elaborar e aplicar um projeto de artes relacionando as experiências vivenciadas na prática docente da turma estagiada.
	Sobre essa perspectiva, o estágio oportuniza aos alunos do curso de artes, realizarem um trabalho baseado nas aulas observadas, mas que esteja relacionado à teoria e que se aproxima da realidade dos alunos.
	Esse estágio teve início no dia 08 de junho de 2017, sendo finalizado dia 17 de julho de 2017, tendo como local escolhido para observações o Colégio Estadual Barro Vermelho, localizada na cidade de Rio Pardo. 
	Após ter realizado a leitura do PPP da escola, entrevistado a diretora, foi à vez de entrar na sala para a observação das aulas.
	A turma estagiada é a 2º série do ensino fundamental - anos iniciais. A professora é a Silvia de Souza Rodrigues, com formação em pedagogia e pós – graduação em psicopedagogia.
	A faixa etária das crianças da turma é de 7 anos a 8 anos de idade. Todos foram muito receptivos e curiosos a respeito da nova estagiária, no início, sentiram-se um pouco invadidos, mas aos poucos, a turma foi se mostrando muito participativa e muito interessada em aprender e realizar as atividades propostas.
	Os procedimentos metodológicos incluíram um levantamento bibliográfico, para embasar o estudo; documentos oficiais como o Referencial Curricular Nacional foram utilizados.
	Durante as etapas do estágio, a estagiária buscou observar todo e qualquer aspecto que pudesse vir a contribuir para uma melhor atuação da prática docente em sala de aula. Analisando as principais necessidades e considerando a realidade dos alunos para a elaboração de um projeto que valorize a produção da criança e oportunize a troca de conhecimentos.
	Como a turma ainda não tem muito conhecimento sobre Arte, foi sugerido trabalhar com arte popular brasileira, ressaltando aos alunos a importância de reconhecer e valorizar nossos artistas. Como a festa junina se aproximava e em diálogo com a professora, foi decidido trabalhar com as crianças sobre a vida e obra do pintor Cândido Portinari evidenciando os seus trabalhos com espantalhos. Cândido Portinari pintou 111 quadros retratando espantalhos.
	As aulas foram expositivas permitindo que as crianças tivessem acesso às obras e conhecer um pouco sobre a vida de um dos pintores mais famosos de nosso país.
	Após a introdução parte-se para a primeira seção do relatório onde foi desenvolvido o texto sobre a rotina da escola onde foi feito o estágio. Em seguida vem à seção na qual se apresenta a identificação da escola estagiada, a seguir foram apresentadas as pesquisas que embasaram e observações que serviram como base para a elaboração do projeto de artes, e posteriormente, se falar das etapas em que foi aplicado. Finalizando o trabalho apresentam-se as considerações finais.
2. ROTINA DO COLÉGIO BARRO VERMELHO
2.1 IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA ESTAGIADA
	O estágio supervisionado: observação e prática projeto de artes foi realizado no Colégio Estadual Barro Vermelho localizado na Avenida dos Ferroviários, numero 2500, no bairro Ramiz Galvão, cep 96640-000, na cidade de Rio Pardo, no estado do Rio Grande do Sul.O contato com a escola pode ser feito através do telefone (51) 3731-7353 ou pelo email barrovermelho06cre@educacao.rs.gov.br.
	A escola oferece atendimento nas modalidades: ensino fundamental anos iniciais, ensino fundamental anos finais e ensino médio, nos turnos manhã e tarde.O horário de atendimento pela manhã tem início as 7:30 hs às 12:00, a tarde, inicia-se ás 13:30 hs até às 17:30 hs.
	A escola possui no total 500 alunos, alguns em processo de inclusão com deficiência auditiva.
	O estágio aconteceu no período de 08 de junho de 2017 a 17 de julho de 2017 no período da tarde sendo observadas as turmas de 1º e 2º series dos anos iniciais do ensino fundamental. Porém o foco foi com a turma da 2º série.
2.2 CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA DA ESCOLA
	O Projeto Político pedagógico da escola é formulado tendo como base suas concepções de sociedade, educação, inclusão, cidadania, aprendizagem e na democracia. A elaboração desse documento é feita de maneira coletiva ( por professores, alunos, pais, funcionários, diretores).
	A escola possui uma gestão democrática, que sempre busca estar em conformidade com a comunidade a qual oferta o ensino. Os profissionais da escola entendem que o PPP nunca estará pronto e acabado, pois faz parte de uma construção diária e permanente, que vai se moldando conforme as mudanças sociais e as necessidades da comunidade ao redor de seus muros. Ainda sobre o documento, segundo os profissionais da escola, estará sempre sendo alvo de novos questionamentos, problematizado e adaptado conforme as novas necessidades.
	Para a diretora, gestão democrática trata-se de uma postura necessária a instituição de ensino, pois se aprende no coletivo e no cotidiano da escola, e ninguém pensa sempre igual o tempo todo. A escola tem um importante papel social na vida de seus alunos e na construção da cidadania de cada aluno, e isso não se faz restringindo acesso à escola.
	A concepção pedagógica da escola resulta no fazer pedagógico que dá ênfase na figura do aluno, sendo que o conhecimento só terá sentido se esse for construído pelo próprio aluno aprendiz. Os procedimentos de ensino acontecem de uma forma dinâmica, contando com a participação ativa e responsável dos alunos. 	Dessa forma, se busca menos acumulo de informações e uma maior ênfase no que é relevante e de qualidade, tendo significado para o aluno.		
	A proposta é focada em desafios, desenvolvendo o senso critico e autônomo do aluno, proporcionando a otimização da aprendizagem. Sobre a avaliação, deve ser diária, sempre considerando o esforço e capacidade pessoal de cada aluno para a compreensão significativa do conteúdo.
	Cada professor sempre busca considerar a realidade sociocultural e econômica em que os alunos estão inseridos para buscar trabalhar de forma eficaz na sua prática docente. Os professores da escola, além da formação básica para a função da docência, fizeram cursos de educação continuada e pós-graduação.
	Para os profissionais da escola a disciplina de artes propicia o desenvolvimento da percepção estética e do pensamento artístico. Através dela, o aluno consegue desenvolver a sua sensibilidade, criatividade e imaginação.
	
2.3 DESCRIÇÃO E ANALISE REFLEXIVA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
2.3.1 Caracterização estrutural da escola
	A sala de aula da turma que foi estagiada possui tamanho adequado ao número de alunos, bem como a escola que também oferece uma estrutura em boas condições para os alunos que estudam lá. As salas têm boa ventilação e iluminação, também possui cadeiras e mesas em ótimo estado de conservação. A escola possui 11 salas, laboratório de informática, sala de professores, secretaria e sala dos diretores. 
	A escola também dispõe de um refeitório, uma quadra descoberta em processo de