A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Avaliação II  -  Legislação Trabalhista e Previdenciária

Pré-visualização | Página 1 de 2

Nota da Prova:  10,00 
Legenda: ​ ​Resposta Certa​ ​Sua Resposta Errada   
1.  Entre as diversas garantias previstas na CLT está a estabilidade provisória. O que antes da 
Constituição Federal de 1988 era praticado para todos os trabalhadores que completassem
dez anos de trabalho na mesma empresa, agora é atribuído apenas a casos específicos e 
servidores públicos. Sobre o tema, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as 
falsas: 
 
( ) Estabilidade provisória é o período em que o empregador é impedido de demitir o 
empregado, a não ser por justa causa. 
( ) O servidor público adquire estabilidade definitiva desde o ingresso em cargo público. 
( ) Os representantes dos empregados eleitos que integram a CIPA, possuem estabilidade 
provisória, visando à preservação da vida e à promoção da saúde. 
( ) A estabilidade do acidentado pressupõe afastamento superior a 15 dias e atestado 
emitido por médico do trabalho. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a alternativa CORRETA: 
 
 a) F - F - V - V. 
 b) V - F - V - F. 
 c)  V - F - F - V. 
 d) F - V - V - F. 
 
2.  O empregador é obrigado por lei a conceder ao empregado intervalos dentro das horas 
trabalhadas, que é o chamado intervalo intrajornada. Da mesma forma, existe a 
obrigatoriedade de concessão de intervalo entre uma jornada e outra, que é chamado de 
intervalo interjornada. A respeito dos intervalos intrajornada e interjornada, assinale a 
alternativa CORRETA: 
 
 a) Com jornada de trabalho superior a 4 horas e inferior a 6 horas, intervalo intrajornada 
obrigatório de 10 minutos. 
 b) Com jornada de trabalho superior a 6 horas, intervalo intrajornada de no máximo 1 hora. 
 c)  Com jornada inferior a 4 horas, não há obrigação legal de concessão de intervalo 
intrajornada. 
 d) Com jornada de trabalho de 8 horas, o intervalo intrajornada obrigatório é de 2 horas. 
 
3.  Sabe-se que salário e remuneração não se confundem, uma das distinções existentes entre 
os dois diz respeito ao fato de que o salário é pago diretamente pelo empregador ao 
empregado, já a remuneração pode ser paga por terceiro. Um exemplo claro disso são as 
gorjetas. Sobre as verbas que integram a remuneração, analise as seguintes afirmativas: 
 
I- A quebra de caixa é o valor descontado do empregado quando o caixa fecha com saldo 
negativo. 
II- Citam-se como exemplo de gueltas os valores pagos pelo comerciante ao guia turístico 
pela indicação de seu estabelecimento aos turistas. 
III- A gratificação é um valor pago pelo empregador de forma espontânea e eventual ao 
empregado. 
IV- As empresas com mais de 100 funcionários estão obrigadas por lei a distribuir entre 
seus funcionários os lucros obtidos no ano. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: 
 
 a) As afirmativas II e III estão corretas. 
 b) As afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 c)  Somente a afirmativa I está correta. 
 d) As afirmativas I e IV estão corretas. 
 
4.  Via de regra, não é possível descontar quaisquer valores do salário do empregado. 
Contudo, a lei autoriza algumas situações em que esse desconto é válido. Os descontos 
mais conhecidos são a contribuição previdenciária, sindical e Imposto de Renda. Sobre os 
descontos permitidos no salário, analise as seguintes afirmativas: 
 
I- Valores referentes a adiantamentos e vales concedidos anteriormente ao empregado. 
II- Pensão alimentícia, somente por ordem judicial. 
III- O aviso prévio não cumprido pelo empregado. 
IV- O vale transporte, na sua totalidade. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: 
 
 a) As afirmativas I e IV estão corretas. 
 b) As afirmativas III e IV estão corretas. 
 c)  Somente a afirmativa II está correta. 
 d) As afirmativas I, II e III estão corretas. 
 
5.  Salário mínimo, de acordo com o art. 76 da CLT, é ?a contraprestação mínima devida e 
paga diretamente pelo empregador a todo trabalhador, inclusive ao trabalhador rural, sem 
distinção de sexo, por dia normal de serviço, e capaz de satisfazer, em determinada época 
e região do país, as suas necessidades normais de alimentação, habitação, vestuário, 
higiene e transporte?. O recebimento de salário é um dos requisitos essenciais do contrato 
de trabalho e tem como função social trazer dignidade ao trabalhador, oportunizando 
acesso ao lazer, saúde, entre outras garantias previstas na Constituição Federal. Sobre 
salário, analise as seguintes afirmativas: 
 
I- Salário normativo é aquele fixado pelo Tribunal do Trabalho, através de sentença que 
julga o dissídio coletivo. 
II- Salário profissional é pago aos profissionais pertencentes a determinada categoria, 
como os engenheiros, por exemplo. 
III- Salário complessivo compreende a descrição de todas as verbas trabalhistas, 
detalhadas uma a uma. 
IV- O salário deve ser pago em moeda nacional, até o 5º dia útil do mês seguinte ao 
vencido. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: 
 
FONTE: BRASIL. Consolidação das Leis do Trabalho. Decreto Lei nº 5.452, de 1º de maio de 
1973. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del5452.htm>. 
Acesso em: 9 jul. 2014. 
 
 a) As afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 b) Somente a afirmativa IV está correta. 
 c)  As afirmativas I e IV estão corretas. 
 d) Somente a afirmativa III está correta. 
 
6.  O período diário em que o trabalhador está à disposição da empresa é chamado de jornada 
de trabalho. É importante a definição da jornada, a fim de que o empregado saiba em que 
momento começa o cômputo de eventuais horas extras. Quanto à jornada de trabalho, 
assinale a alternativa CORRETA: 
 
 a) O regime de tempo parcial na jornada de trabalho tem duração que não excede a 20 
horas semanais. 
 b) A jornada de trabalho normal prevista constitucionalmente é não superior a 8 horas 
diárias e 44 horas semanais. 
 c)  Não é permitida pela legislação trabalhista brasileira a compensação de horas 
trabalhadas. 
 d) O registro da jornada de trabalho é feito exclusivamente por meio manual. 
 
7.  Como regra geral, a prestação do trabalho é feita durante o dia, contudo, sabe-se que 
também é possível a jornada noturna. Por tratar-se de trabalho mais árduo, ao empregado 
o legislador preocupou-se em fixar alguns diferenciais que distinguem o trabalho diurno e 
noturno. Sobre jornada noturna, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as 
falsas: 
 
( ) É o trabalho prestado, via de regra, entre as 22 horas e 5 horas. 
( ) Caso o empregado seja transferido para o período diurno, este perde o adicional 
noturno. 
( ) A mulher não pode trabalhar no período noturno. 
( ) O adicional de trabalho noturno estende-se também aos trabalhadores rurais. 
 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 
 a) F - F - V - F. 
 b) F - F - F - V. 
 c)  V - F - V - F. 
 d) V - V - F - V. 
 
8.  A jornada de trabalho considerada normal é aquela que não ultrapassa as 44 horas 
semanais, o que for diferente disso deverá ser pactuado mediante acordo ou convenção 
coletiva. Como consequência das horas laboradas além das permitidas legalmente, existe 
o pagamento de horas extras. Partindo desse pressuposto, sobre o regime de prontidão e 
sobreaviso, analise as afirmativas a seguir: 
 
I- Pode ser considerado como sobreaviso quando o empregado permanece em sua 
residência aguardando ordens do empregador. 
II- Originalmente, esse regime foi criado para a categoria dos ferroviários, mas, com o 
passar dos anos, estendeu-se para outras categorias específicas. 
III- Será considerado regime de sobreaviso somente quando o empregado permanecer nas 
dependências da empresa, após seu horário normal. 
IV- O uso do aparelho BIP caracteriza o regime de prontidão, haja vista que a qualquer 
momento pode ser solicitado pela empresa. 
 
Agora, assinale a alternativa CORRETA: