A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
APOL HISTORIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA 2 NOTA 100

Pré-visualização | Página 1 de 1

APOL HISTORIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA 2 NOTA 100
A partir do século XVI, a direção do ensino público português desloca-se da Universidade de Coimbra para a Companhia de Jesus, que se responsabiliza pelo controle do ensino público em Portugal e, posteriormente, no Brasil. Praticamente, foram dois séculos de domínio do método educacional jesuítico, que termina no século XVIII, com a Reforma de Pombal, quando o ensino passa a ser responsabilidade da Coroa Portuguesa”.
Após a avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: MACIEL, Lizete Shizue Bomura; SHIGUNOV NETO, Alexandre. A educação brasileira no período pombalino: uma análise histórica das reformas pombalinas do ensino. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 465-476, dez. 2006, p. 469.
De acordo com o livro-base Constituição histórica da educação no Brasil, a reforma educacional pombalina foi um importante marco na história da educação brasileira. Sobre esse tema, assinale a alternativa correta:
	
	A
	O marquês de Pombal se inspirou no positivismo para empregar suas reformas educacionais,
 por isso, extinguiu as aulas régias do território português.
	
	B
	A educação no período pombalino manteve uma continuidade com o ensino proposto
 pelos jesuítas, pois aliaram o Estado à Companhia de Jesus.
	
	C
	A modernização educacional de Pombal foi facilmente instituída,
 pois havia abundância de recursos humanos e materiais, 
o que se comprovava pelo alto número de professores.
	
	D
	A reforma pombalina na Educação foi influenciada pelo Iluminismo buscando a modernização; estabeleceu o sistema de aulas régias e visava que os súditos legitimassem as leis e costumes do Estado.pg 75
 
	
	E
	A implantação das novas diretrizes pombalinas para a educação encontrou mais aderência
 na colônia brasileira, pois a população ficou satisfeita com a expulsão dos jesuítas,
 já que estranhavam seus métodos.
2 Leia o trecho a seguir:
“Nos últimos dois séculos, a escola pública tem dado um contributo fundamental para a construção do projeto de Estado-nação e para a reprodução da identidade nacional. [...] A intervenção do Estado teve assim papel importante e decisivo na gênese e desenvolvimento da escola pública de massas, e esta não deixou de ter também reflexos importantes na própria consolidação do Estado”.
Após a avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: AFONSO, Almerindo Janela; RAMOS, Emílio Lucio-Villegas. Estado-nação, educação e cidadanias em transição. Rev. Portuguesa de Educação, Braga, v. 20, n. 1, p. 77-98, jan. 2007, pp. 80-81.
O surgimento dos Estados-nação, a partir do século XVIII, impactou a escolarização e a educação. Considerando esses elementos e o livro-base Constituição histórica da educação no Brasil, assinale a alternativa correta:
	
	A
	Os Estados-Nação investiram em educação e para isso se aliaram à Igreja Católica,
 apostando em uma educação religiosa.
	
	B
	A maior atuação na instrução elementar pelos Estados a partir do século XVIII 
considerou desnecessário investir em infraestrutura ou em um novo sistema educacional.
	
	C
	Com a formação dos Estados-Nação houve uma gradativa atuação estatal
 na educação responsabilizando-se pela instrução elementar que era ligada à manutenção
 da ordem e à identidade nacional.pg 72 
	
	D
	A formação nacionalista era integrante da educação proposta pelos Estados-nação,
 aliada sempre ao pensamento religioso.
	
	E
	O investimento estatal na instrução elementar além de expandir o número de vagas
 para a população também gerou o fim do distanciamento social, pois as classes 
sociais tinham acesso aos mesmos níveis de ensino.
3 Leia o seguinte excerto:
“O processo de educação na Idade Média era de total responsabilidade da Igreja. As escolas funcionavam anexas às catedrais ou às escolas monásticas, muitas funcionavam nos mosteiros. A Igreja foi um instrumento essencial no processo da educação na Idade Média, a grande disseminadora do conhecimento”.
Após a avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: <http://www.brasilescola.com/historiag/educacao-na-idade-media.htm>. Acesso em: 12/ jul. 15. 
De acordo com o livro-base Constituição histórica da educação no Brasil, sobre a educação no Período Medieval, analise as afirmativas a seguir: 
I – As escolas elementares tiveram significativa expansão na Baixa Idade Média.
II – Uma das características mantida pelo método escolástico era de manter a oralidade e a memorização das obras estudadas.
III – A forma dominante de transmissão do conhecimento era a transmissão oral e a educação pautada na formação do homem de fé e nos valores cristãos.
IV – As propostas pedagógicas das instituições tiveram influência do humanismo.
São corretas as afirmativas:
	
	A
	I e III apenas.
	
	B
	II e III apenas.
	
	C
	I e IV apenas.
	
	D
	III e IV apenas.
	
	E
	I, II e III apenas. 
4 Analise o extrato de texto a seguir:
“As duas últimas décadas do século XX representaram um grande momento para os debates e elaboração das propostas curriculares, assim como novos materiais didáticos e práticas de ensino”.
Após a avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FONSECA, Selva Guimaraes. Didática e prática de ensino de história: experiências, reflexões e aprendizados. São Paulo: Papirus, 2003. p. 66. 
De acordo com o livro-base Constituição histórica da educação no Brasil, sobre o panorama educacional no século XIX e início do século XX, analise as afirmativas a seguir, assinalando V para as verdadeiras e F para as falsas.
(  ) No âmbito educacional, nem sempre mudanças políticas levaram a novos rumos para a escolarização.
(  ) A partir da República, em 1889, houve princípios que visavam à civilização, à moralidade e à modernidade, do país e de sua população.
(  ) Houve uma intensa discussão intelectual sobre a educação, que, apesar de heterogênea, considerava a escola como instituição fundamental.
(  ) A educação, nesse período, era considerada homogênea, e a escola era considerava como instituição seletiva.
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta:
	
	A
	V – V – V – F 
	
	B
	F – V – V – V
	
	C
	V – V – F – V
	
	D
	F – V – F – F
	
	E
	V – F – V – V
5 Leia o trecho a seguir:
“Na análise das origens das universidades na Idade Média, dois fatos históricos se destacam. O primeiro diz respeito ao conflito político entre os poderes laico e eclesiástico. O segundo liga-se à disseminação do pensamento aristotélico no Ocidente”.
Após a avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: OLIVEIRA, Terezinha. Origem e memória das universidades medievais: a preservação de uma instituição educacional. Varia História. Belo Horizonte, v. 23, n. 37, p. 113-129, Jan/Jun-2007, p. 120. 
A origem das universidades tem relação com a educação na Idade Média. De acordo com o livro-base Constituição histórica da educação no Brasil, assinale a alternativa correta:
	
	A
	Diversos acontecimentos influenciaram no surgimento das universidades, 
como o renascimento das cidades, fortalecimento do comércio 
e as disputas entre a realeza e o papado. 
	
	B
	O surgimento das universidades está relacionado ao fortalecimento da vida 
agrária e à manutenção exclusiva de sua organização pelos monastérios.
	
	C
	Os prédios e instalações das universidades foram construídos no
 período medieval, mas só foram utilizados enquanto ambiente educacional 
após o Renascimento.
	
	D
	O papado tinha pleno controle sobre as instituições universitárias, 
pois era a maior força política e a realeza estava focada no controle da terra.
	
	E
	O poder laico, materializado na realeza e nos nobres, 
controlava as universidades, pois no medievo a educação estava ligada
 ao ateísmo.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.