55714087 APOSTILA TGA 1
62 pág.

55714087 APOSTILA TGA 1


DisciplinaAdministração Legal11 materiais336 seguidores
Pré-visualização16 páginas
T.G.A. \u2013 Teoria Geral de Administração
Administração e Outras Palavras
1.	Administração
Do latim \u2013 Administratione:
Ação de administrar
Gestão de Negócios públicos ou particulares
Governo, regência
Conjunto de princípios, normas e funções que tem por fim ordenar os fatores de produção e controlar a sua produtividade e eficiência, para se obter determinado resultado.
Prática desses princípios, normas e funções
Função de administrador; gestão, gerência
Pessoal que administra; direção
2.	Gerência
Do latim \u2013 Gerentia, de gerere = fazer
Ato de gerir
As funções do gerente
3.	Gestão
a.	Do latim \u2013 Gestione \u2013 Ato de gerir, gerência
4.	Administratio, administrationis
Rerum curatio, tomar conta das coisas
Italiano = Amministrazione = governo
Francês = Gouvernement, administration
Espanhol = Dirección, gobierno
Inglês = Management, Administration
5.	Management
Ação ou maneira de administrar; manejo ( handling ), direção ou controle
Habilidade para administrar
Pessoa ou pessoas que controlam e dirigem os negócios de uma instituição ou empresa
Coletivo de executivos, considerados como classe distinta da mão-de-obra, labor
Derivado do latim = manus = mão
6.	Manejo
Do italiano = Maneggiare = Administração, gerência, direção, manejo: manejo de negócios
Administrar é...
1.	Ação!
Administração significa, em primeiro lugar, ação.
Administração é um processo de tomar decisões e realizar ações que compreende quatro processos principais interligados:
PLANEJAMENTO
ORGANIZAÇÃO
EXECUÇÃO
CONTROLE
Os processos administrativos são também chamados FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS ou FUNÇÕES GERENCIAIS.
Outros processos ou funções importantes contribuem para a realização dos quatro processos principais:
Coordenação
Direção
Comunicação
Participação
O Processo Administrativo
Funções ou Processos do Processo Administrativo
	Processo ou
Função
	Descrição
	PLANEJAMENTO
	Planejamento é o processo de definir objetivos, atividades e recursos
	ORGANIZAÇÃO
	Organização é o processo de definir o trabalho a ser realizado e as responsabilidades pela realização; é também o processo de distribuir os recursos disponíveis segundo algum critério.
	EXECUÇÃO
	Execução é o processo de realizar atividades e utilizar recursos para atingir os objetivos. O processo de execução envolve outros processos, especialmente o processo de DIREÇÃO, para acionar os recursos que realizam as atividades e os objetivos.
	CONTROLE
	Controle é o processo de assegurar a realização dos objetivos e de identificar a necessidade de modificá-los.
Henry Fayol, no início do século XX, cria o chamado:
Enfoque funcional ou
Abordagem funcional
Visando entender como a administração como processo se compõe de outros processos ou funções é a essência do enfoque ou abordagem funcional.
O mais importante enfoque funcional proposto por Fayol está em:
Separar a tarefa da administração das tarefas operacionais e técnicas
Como fazer as máquinas funcionar
Prestar serviços aos consumidores.
Essa distinção é particularmente importante para as pessoas que administram organizações.
2.	Um grupo de pessoas
As pessoas que administram qualquer conjunto de recursos são administradores ou gerentes.
Os gerentes:
Fazem o processo administrativo funcionar
Alguns gerentes são chefes de outras pessoas.
Os chefes têm autoridade sobre outros funcionários ( equipe de funcionários
A autoridade é um tipo especial de recurso, que dá aos gerentes a capacidade ou poder de tomar decisões e acionar o trabalho de seus funcionários e outros recursos.
A responsabilidade é um atributo que permite a outros gerentes, acionistas, clientes, funcionários ou sociedade, cobrar os gerentes pela forma como os recursos são utilizados e pelos resultados de suas decisões e ações.
Os gerentes formam um grupo, chamado a administração ou gerência. As pessoas que integram esse grupo desempenham um mandato ( têm autoridade e responsabilidade durante um período ), também chamado administração ou governo ( exemplo: administração Kennedy ).
3.	Uma arte que exige habilidades
Administrar é uma arte, no sentido de profissão ou área de ação humana.
Toda arte depende de habilidades
O desempenho dos gerentes depende de suas competências gerenciais, que incluem diversas habilidades gerenciais.
As habilidades, assim como as demais competências, podem ser adquiridas ou aprimoradas por meio de experiência e estudo.
Algumas pessoas revelam talento excepcional como administradores, nos mais variados tipos de organizações e empreendimentos humanos.
Henry Ford, Bill Gates, são algumas pessoas que, neste século, demonstram essa habilidade em alto grau
As grandes organizações despersonalizam as realizações individuais, mas sempre há talentos, muitas vezes anônimos, por trás das realizações coletivas.
4.	Uma disciplina
Embora seja uma arte ou prática antiga, a administração tem uma história recente como corpo organizado de conhecimentos.
Desde a mais remota antiguidade chegam ao presente os registros das tentativas de formular princípios de administração.
Nos dois últimos séculos, tornou-se necessário profissionalizar a formação de gerentes, para aprimorar o processo administrativo e tornar as organizações mais eficazes.
Surgiram:
Livros
Escolas
Pesquisadores
Consultores de administração.
O processo de administrar organizações transformou-se em disciplina.
A administração é objeto de estudo sistemático, que produz um corpo de conhecimentos organizados, chamados teorias.
Administração como corpo de conhecimentos
a.	A prática compreende as soluções criadas no mundo das organizações reais.
b.	A teoria compreende os conhecimentos abstraídos dessa prática e sistematizados
Somos todos Administradores
O processo de administrar é importante em qualquer escala de utilização de recursos.
Como pessoa, ou membro de uma família, seu dia-a-dia é cheio de decisões que têm conteúdo administrativo.
Definir e procurar realizar objetivos pessoais, como:
Planos de carreira
Elaborar e acompanhar orçamentos domésticos
Escolher a época das férias
Programar uma viagem
Todos são exemplos de decisões administrativas.
Com as profissões ocorre o mesmo. Estudos sobre cientistas e engenheiros mostram que as atividades desses profissionais requerem habilidades de:
Planejamento
Organização
Controle
Trabalho em equipe
O conteúdo administrativo no trabalho desses profissionais justifica o estudo da administração nas escolas de Engenharia, Medicina e outras disciplinas técnicas.
Toda atividade tem certo conteúdo administrativo, com importância proporcional a sua complexidade.
Em resumo, todos administram, nas mais variadas escalas de utilização para atingir objetivos.
Portanto, as habilidades administrativas são importantes para qualquer pessoa que tome decisões sobre a utilização de recursos para realizar objetivos, o que esteja em ambientes onde essas decisões são tomadas.
Embora a administração seja importante em qualquer escala de utilização de recursos, a principal razão para ter se desenvolvido como disciplina é sua importância para o desempenho de todos os tipos de organizações.
Nas organizações, os gerentes são as pessoas responsáveis pelo trabalho de outras pessoas.
Para que os gerentes possam cumprir essa responsabilidade, as organizações emprestam-lhes um atributo especial chamado autoridade. São também chamados chefes.
Em algumas organizações, os chefes compartilham sua autoridade com seus funcionários
Gerentes em Ação
1.	Atividades dos gerentes
O dia de um gerente é feito de atividades variadas, que não são padronizadas.
Tomar decisões e resolver problemas:
O fornecedor deixa de fazer a entrega e é preciso encontrar um substituto;
Um cliente importante pediu concordata e o