Atividade 04 - geografia
6 pág.

Atividade 04 - geografia


DisciplinaPrática Pedagóg em Geografia 117 materiais51 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Atividade 04 \u2013 geografia
PERGUNTA 1
Leia o trecho da matéria \u201cCenso 2010 aponta crescimento populacional nas regiões Norte e Centro-Oeste\u201d publicada no jornal O Estado de S. Paulo em 29 de abril de 2011: 
A Sinopse do Censo IBGE 2010 divulgado nesta sexta-feira, 29, mostrou que os dez Estados com maior crescimento populacional entre 2000 e 2010 encontram-se nas regiões Norte e Centro-Oeste. Isso pode ser interpretado como um reflexo das "novas fronteiras agrícolas", que expande os investimentos do agronegócio e provoca a migração de brasileiros. No entanto, estas são as regiões com a menor proporção de moradores do País. Também foi observado uma redução no número de habitantes em 25% das cidades brasileiras e o crescimento mais acentuado dos municípios médios. O número total de brasileiros apurado pela pesquisa, que foi realizada entre 1º de agosto de 30 de outubro do ano passado, é de 190.755.799.
Como podemos entender o crescimento populacional na Região Norte?
	
	a.
	O governo tem buscado formas para conter o crescimento da população do Norte do Brasil a todo custo. Esse crescimento é um dos maiores reesposáveis pelo desmatamento das áreas de floresta equatorial.
	
	b.
	O crescimento vegetativo ou natural da população do Norte do Brasil tem sido uma das preocupações do governo nas últimas décadas. O processo para reverter esse dado teve início a partir de 1970, quando os índices de crescimento vegetativo atingiam 2,6% anual.
	
	c.
	A Região Norte do Brasil tem destaque em relação ao número de pessoas que habitam o seu território, pois atualmente a região é a mais populosa do país.  Contudo, o seu povoamento ainda é precário, concentrando a maioria dos habitantes nos grandes centros urbanos.
	
	d.
	Esse crescimento se deve à falta de controle de natalidade na Região Norte, devido à ausência de programas educativos e campanhas do governo. Muitos casais vendem seus filhos para fazendas onde são submetidos a condições subumanas e análoga da escravidão.
	
	e.
	Esse crescimento populacional da região deveu-se a migrações de nordestinos e também de sulistas, paulistas e mineiros que foram atraídos, em grande parte, por programas de povoamento.
0,25 pontos   
PERGUNTA 2
Leia um trecho de uma reportagem de Manoela Meyer que aborda \u201c7 razões para aprender geografia\u201d. Em seguida, clique na afirmativa correta: 
\u201cPor ser uma ciência interdisciplinar, qualquer assunto referente ao nosso planeta, em qualquer escala, pode ser trabalhado dentro de uma perspectiva geográfica. Vários temas são importantes para as aulas, como por exemplo: o que é paisagem e quais elementos a compõem; o que são meio físico e cultural; como lidar com cartografia e interpretação de mapas; a questão ambiental; as cidades e suas funções; o meio rural, seus cultivos e sua modernização; a globalização e a formação de mercados regionais. 
O mais interessante, no entanto, é a possibilidade do aluno compartilhar o que observa em seu dia-a-dia, o que viu na TV, o que pesquisou na internet, o que os pais comentaram em casa. "Só assim ele vai criar também um senso crítico de sua realidade, o que hoje é um dos fundamentos da disciplina", conta o professor Robson Paulino da Silva.\u201d
Fonte: http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/7-razoes-seu-filho-aprender-geografia-641192.shtml
	
	a.
	Compreender as relações políticas é um ponto relevante no processo de ensino e aprendizagem da geografia, mas questões econômicas não são relevantes.
	
	b.
	O processo de ensino e aprendizagem da geografia deve buscar a formação de um cidadão com pensamento autônomo. 
	
	c.
	Compreender as relações econômicas é um ponto relevante no processo de ensino e aprendizagem da geografia, mas questões políticas não são relevantes.
	
	d.
	O ensino de aprendizagem é importante para capacitar o estudante no vestibular, mas não formá-lo como um cidadão crítico e com pensamento autônomo. 
	
	e.
	O processo de ensino e aprendizagem da geografia deve buscar a formação de um cidadão que aceite as ideias já fundamentadas na teoria.
0,25 pontos   
PERGUNTA 3
Observe a imagem a seguir. 
XXXXXXXXXXXX
 Fonte: http://ilady.info/wp-content/uploads/2011/10/igra-1.jpg
A imagem acima mostra um grupo de crianças trabalhando em uma atividade em grupo. Por meio dessa metodologia, os estudantes podem estar ligados à informação e construir o seu próprio conhecimento. Segundo especialistas, o trabalho cooperativo melhora a autoestima, as relações interpessoais, o pensamento crítico e o nível de aprendizagem.
Uma das principais questões no trabalho cooperativo é o fato de os indivíduos que formam os grupos trabalharem face a face. Por que essa interação é importante para a formação do estudante?
	
	a.
	Para a criação de um espírito de grupo que irá influenciar na interação e nos resultados do trabalho, promovendo o confronto de ideias e opiniões, fazendo com que os estudantes dialoguem uns com os outros, pensem e sejam críticos na defesa de suas opiniões e nas dos outros, para, ao fim, chegarem a um consenso.
	
	b.
	Esse tipo de atividade na escola irá possibilitar que todos os núcleos da equipe estejam bem preparados para agir, evitando assim ilhas de excelência de um lado e periferias de fracasso do outro.
	
	c.
	Para o desenvolvimento do capital humano na escola, o trabalho em grupo é, sem dúvida, o principal pilar de uma instituição, tendo em vista que é ele que realiza todas as ações que fazem uma organização crescer.
	
	d.
	Os estudantes se sentem bem mais confortáveis quando são lideradas por pessoas que admiram, do que quando são comandadas por alguém que suportam por obrigação.
	
	e.
	Esse tipo de trabalho é importante para que sejam encontrados líderes natos, prontos para gerenciar equipes e coordenar as atividades rumo a um objetivo compartilhado que beneficie a todos os envolvidos.
0,25 pontos   
PERGUNTA 4
A imagem abaixo apresenta pirâmides etárias em um período histórico e uma projeção futura no cenário brasileiro:  
Fonte: https://fernandonogueiracosta.wordpress.com/2010/12/16/piramide-etaria-brasileira/
Podemos afirmar corretamente que: 
	
	a.
	Analisar questões envolvendo diferenças sociais não é competência da geografia, consequentemente, a pirâmide etária é desnecessária no processo de ensino e aprendizagem. 
	
	b.
	O estudo de pirâmide etária não possibilita o estudante do ensino fundamental a compreender melhor como será o futuro do país e os problemas a serem enfrentados.
	
	c.
	O uso de pirâmide etária em aulas de geografia não facilita o debate quanto a temas como aumento de escolas ou o mercado de trabalho no Brasil.
	
	d.
	É importante o professor trabalhar com pirâmide etária na disciplina de geografia, pois permitirá o estudante discutir cenários sociais, políticos e econômicos. 
	
	e.
	A pirâmide etária é um recurso relevante no ensino e aprendizagem da geografia, mas deve ser utilizada somente em sala de estudantes do ensino médio. 
0,25 pontos   
PERGUNTA 5
Abaixo você tem a descrição do livro \u201cA Aprendizagem Cooperativa na Sala de Aula - Um Guia Prático para o Professor\u201d, de autoria de José Lopes, Helena Santos. 
\u201cEste livro é fruto da experiência dos autores enquanto formadores e também da sua investigação desenvolvida, durante vários anos, com o objectivo de aprofundar a fundamentação teórica da aprendizagem cooperativa. Esta permitiu-lhes conhecer um número significativo de estudos de todo o Mundo, que demonstram que a aprendizagem cooperativa pode ser, e é, uma ferramenta pedagógica extremamente eficaz na sala de aula. O entusiasmo que os professores em formação inicial, contínua e pós-graduada manifestam quando se apercebem das diferenças entre o trabalho de grupo cooperativo e o trabalho de grupo que mais tradicionalmente se utiliza nas salas de aula e de como essas diferenças se repercutem na melhoria do rendimento escolar, do autoconceito e da motivação dos seus alunos, foi igualmente um enorme incentivo