A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
144 pág.
Ozônioterapia na reprodução e reabilitação equina

Pré-visualização | Página 1 de 5

Haroldo Vargas L. Jr.
Medicina Equina, Biotecnologias da Reprodução e 
Fisioterapia Equina
Membro da ABRAVEQ
Professor do IBVET 
Ozonioterapia na
Clínica, Reprodução e 
Reabilitação de Equinos
São Paulo, maio 2018
Ozonioterapia na Medicina Equina
• Experiência no uso no início da década de 1990
principalmente em feridas
• Histórico de uso pessoal da Ozonioterapia
Ozonioterapia na Medicina Equina
• Utilização de equipamentos simplórios para
tratamento de água e utilizando O2 não
medicinal na década de 90;
• Soluções tópicas de água+O3 para assepsia de
feridas demonstravam grande diferencial qdo
comparadas com sols. KMnO4, Líquido Dakin,
Iodopovidona e sabões medicinais.
Ozonioterapia na Medicina Equina
Principais problemas hoje: 
- Exterminar as crenças das “receitas de bolo” para o
uso na clínica e reprodução equina.
- Consolidar a importância de uma ótima anamnese,
um exame clínico acurado;
Principais entraves até 2-3 anos atrás:
- Ceticismo tanto de criadores da área médica como de
colegas da clínica de equinos;
- Dificuldade em convencer as pessoas que a
ozonioterapia não é um “procedimento mágico” e sim
uma importante opção de terapia coadjuvante para
diversas patologias e seus benefícios.
Ozonioterapia na Medicina Equina
Ozonioterapia na Medicina Equina
Principais problemas hoje: 
- Conscientização de colegas de classe, atuantes na
equinocultura, quanto ao uso responsável da
ozonioterapia;
- Conscientização da importância dos profissionais
participarem de cursos e ESTUDAREM sobre o tema;
Mercado do Agronegócio Cavalo no Brasil:
- Movimentação financeira atual:
R$ 16,15 bilhões
- Empregos Gerados:
3 milhões de empregos
Ozonioterapia na Medicina Equina
CNA 2016: Revisão do estudo do Complexo do Agronegócio Cavalo
Ozonioterapia na Medicina Equina
EXAME CLÍNICO
↓
AVALIAÇÃO DO ESTADO GERAL
↓
PROCESSO PATOLOGICO
INFLAMATÓRIO
INFECCIOSO
DEFINIR: DOSES – VIAS DE APLICAÇÃO – NÚMERO DE APLICAÇÕES
Ozonioterapia
Ozonioterapia
Principais áreas de aplicação da 
ozonioterapia na equideocultura
Ozonioterapia na Equinocultura
- Medicina Equina
- Reprodução Equina
- Fisiologia do Exercício
- Reabilitação / Fisioterapia
- Odontologia Equina
- Esterilização de materiais e equipamentos
Ozonioterapia
APLICAÇÕES NA 
MEDICINA EQUINA
Ozonioterapia na Medicina Equina
- Pré e Pós operatórios de cirurgias diversas 
como orquiectomias, drenagens de 
abcessos, artroscopias, peritonites, 
enucleações, etc...
- Tratamentos de lesões dos sistema 
locomotor como desmites, tendinites e 
lombalgias;
Ozonioterapia na Medicina Equina
Controle de processo infeccioso pré enucleação
Ozonioterapia na Medicina Equina
Controle de processo infeccioso pré enucleação
Ozonioterapia na Medicina Equina
Aplicações perilesionais em tendinites e desmites
Assepsia com Clorexidine Degermante 3 X Assepsia com Álcool 70 G 
Ozonioterapia na Medicina Equina
Aplicações perilesionais em tendinites e desmites
Aplicação peri e intralesional em tendões guiada por ultrasonografia
Ozonioterapia na Medicina Equina
- Lavagens articulares;
- Síndromes hipoxêmicas de neonatos;
- Septicemias e doenças infecciosas na fase 
aguda; 
- Perfusão regional: ex: Linfangites e edemas 
de membros;
Ozonioterapia na Medicina Equina
Auxiliar no tratamento de artrites infecciosas
Lavagens articulares: SF ozonizada e uso direto do gás O2-O3 em alta concentração
Ozonioterapia na Medicina Equina
Tratamento de doenças infecciosas de potros e neonatos 
Ozonioterapia na Medicina Equina
- Pós operatório de Cólicas
- Miosites
- Dermatites diversas
- Úlceras de córnea e conjuntivites
 ALVES et al, 2004, comprovaram a eficiência da
ozonioterapia na atenuação das lesões de reperfusão do
jejuno de eqüinos. Os efeitos de estresse oxidativo
produzido pelo O3, induzindo sistemas enzimáticos,
podem atenuar lesões de reperfusão que aliadas aos
efeitos antinflamatórios e liberação de óxido nítrico
induzindo a vasodilatação podem colaborar na
recuperação de eqüinos.
Ozonioterapia
Síndrome do Abdome Agudo Equino
20
Ozonioterapia
Síndrome do Abdome Agudo Equino
Ozonioterapia na Medicina Equina
Tratamento de Miosites
Ozonioterapia na Medicina Equina
- Laminites
- Pododermatites
- Doenças com sintomatologia nervosa
- Herpes Vírus
20
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Número de animais tratados: 5
• 2 éguas PSA na fase aguda que não aceitavam a crioterapia
• 1 éguas PSA na transição da fase aguda para a fase crônica
Tratamento:
Auto Hemo Terapia menor 48/48 hs 240 ml, 3 aplicações
20 ml SC na região falangiana 24 / 24 hs, 5 dias
O3 Retal, 1 litro / 100 Kgs, [ 33 mcg ] 48 / 48 hs, 5 aplicações
AINES BID
AAS SID
Acepromazina BID
PAD de EVA
Tamanco na égua da fase crônia
Avaliação por RX com e sem venografia
• RESULTADO: 100 % CURA, SEM SEQUELAS
Número de animais tratados: 5
• 2 cavalos Mangalarga Marchador, Castrados, na transição da fase aguda para a
fase crônica, sem rotações de falanges, em propriedade sem condições para a
crioterapia
Tratamento:
20 ml gas O2-O3, 17 mgs, SC na região falangiana , MTE e MTB, 24 / 24 hs, 5 dias
3 litros de SF Ozonizado 15 min, 50mcs, via IV, SID
AINES – Firocoxib 0,01mg / Kg, SID
Acepromazina BID
PAD de EVA
Avaliação por RX sem venografia
• RESULTADO: 100 % CURA, SEM SEQUELAS
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Infiltração gás O2-O3 região NDP, bilateral, SC, 10 cm3, [15 mcg ] 3 a 5 dias 
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Auto Hemoterapia Menor + Retal - Dias alternados 
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
Ozonioterapia
Tratamento de Laminites
VENOGRAFIA PARA AVALIAÇÃO GRAU DE LESÃO
Experimento em andamento:
 Avaliação das alterações circulatórias através da
venografia no casco de equinos pré e pós aplicação do
gás O2-O3
 Região: F1 – F2 – próximo ao NDP
 Concentrações: 15 e 23 mcg
 Volume: 10 cm3 medial e 10 cm3 lateral
 Autores: Prof Leonardo R. de Lima (UFRF), Dr Haroldo
Vargas.
Ozonioterapia
Experimento Laminites
Ozonioterapia
HERPES VÍRUS
Ozonioterapia
HERPES VÍRUS
 Experiência pessoal
 Perspectivas da Ozonioterapia para um dos maiores
problemas da criação de equinos
- Problemas reprodutivos
- Problemas neurológicos
Ozonioterapia na Medicina Equina
- Processos inflamatórios diversos com ou 
sem associação aos AIES e AINES
- Associação com PRP e Ácido Hialurônico
Ozonioterapia
Aplicações com objetivos antinflamatórios
Aplicações Peri Articulares e Intra Articulares
Ozonioterapia na Medicina Equina
Publicações diversas comprovam sua
eficiência na Clínica de Equinos
 O ozônio atua diretamente sobre os mediadores químicos do
processo inflamatório. Inibe a produção de prostaglandinas, a
formação do ácido aracdônico e atua indiretamente sobre as
citocinas, bloqueando o processo inflamatório. (VIGLINO, 2008)
 A ozonioterapia pode ativar monócitos e linfócitos e induzir a
formação de citocinas tais como interleucinas, inteferon e fator
de necrose tumoral (TNF). Fundamental no tratamento de
doenças imunosupressoras (Chow, 2001; Bocci et al, 1993; Bocci &
Paulesu, 1990).
 No uso em problemas na coluna vertebral Lineiro et al,
2008, observou analgesia pela liberação de endorfinas no
local da infiltração, melhora na microcirculação sanguínea
através de maior concentração de óxido nítrico, aumento
das concentrações de IL10 inibindo a citocina IL6 (que uma
precursora