A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Método mckenzie, método klapp, série de williams.

Pré-visualização | Página 1 de 1

SÉRIE DE WILLIANS
PARA LOMBALGIAS E DOR EM EXTENSÃO.
FOTALECIMENTO E ALONGAMENTO
EXERCE AFASTAMENTO DOS PROCESSOS ESPINHOSOS
*Com as costas apoiadas sobre uma superfície dura, com quadris e os joelhos dobrados, encolha a barriga e contraia os glúteos;
*permaneça por 20 segundos e relaxe
*repita o exercício 10 vezes
POSIÇÃO DO PACIENTE
OBJETIVO
REALIZAÇÃO
ALONGAMENTO UNILATERAL DE UM DOS QUADRANTES POSTERIORES
*Deitado na posição inicial, levante um joelho em direção ao tórax, alternadamente (direito e esquerdo).
*Ao mesmo tempo, levante a cabeça e os ombros do chão
*repita 10 vezes de 20 segundos em cada joelho.
OBJETIVO
REALIZAÇÃO
POSIÇÃO DO PACIENTE
EXERCÍCIO 4 ALONGAMENTO BILATERAL DOS DOIS QUADRANTES POSTERIORES
* Deitado na posição inicial, puxe os dois joelhos em direção ao tórax e, ao mesmo tempo, levante a cabeça e o ombro do chão
* Mantenha esta posição durante 20 segundos. 
*Relaxe. 
*Repita esse exercício até 10 vezes. 
MÉTODO MCKENZIE
Uso da ADM máxima da musculatura extensora com foco em hérnia de disco e dor lombar aguda
Exercício 1: Deitado de bruços
deite de bruços com os braços ao lado do corpo e com a cabeça voltada para um dos lados
permaneça nessa posição, inspire profundamente e então expire , repita esse procedimento por pelo menos 25 ou 30 segundos e então relaxe.
Sem um relaxamento completo não há chance de eliminar deformações que possam estar presentes na articulação.
Faça um esforço consciente para retirar toda a tensão dos músculos em suas costas, quadril e pernas.
Esse exercício é usado principalmente no tratamento de dor lombar aguda e é um dos exercícios de emergência para dores na coluna.
Deve ser executado uma vez no início de cada sessão de exercícios
EXERCÍCIO 2: DEITADO DE BRUÇOS COM EXTENSÃO
É usado principalmente no tratamento de dor lombar intensa e é um dos exercícios de emergência para dor na coluna.
Mesma posição do exercício 1, porém deve-se estender o tronco olhando para frente.
Repetir 10 vezes de 25 segundos.
EXERCÍCIO 3: DEITADO DE BRUÇOS COM EXTENSÃO E ANTEBRAÇOS APOIADOS
continue deitado de bruços.
coloque os cotovelos abaixo dos ombros de modo a se apoiar nos antebraços.
Estenda o tronco olhando sempre para frente.
É usado principalmente no tratamento de dor lombar intensa e é um dos exercícios de emergência.
Repetir 10 vezes de 25 segundos.
EXERCÍCIO 4: EXTENSÃO DEITADO COM APOIO DA PALMA DAS MÃOS.
permaneça de bruços (Fotografia 38) e, em seguida, coloque as mãos sob os ombros como se fosse erguer o corpo apoiando-se nas palmas das mãos (Fotografia 39).Você está pronto para iniciar o Exercício
Esse é o procedimento de emergência mais útil e eficaz para o tratamento de dor lombar aguda
O exercício pode ser utilizado também no tratamento da rigidez da coluna lombar e para prevenir a recorrência de dor lombar, depois de uma recuperação completa.
Repetir 10 vezes de 25 segundos
Exercício 5: Extensão de pé olhando para frente
Se você estiver passando por um episódio agudo de dor, esse exercício pode substituir Exercício 4, se as circunstâncias o impedirem de se exercitar deitado. Esse exercício, entretanto, não é tão eficiente quanto o Exercício 4
Repetir 10 vezes de 25 segundos
Depois que estiver inteiramente recuperado, sem dores na coluna lombar, esse exercício será sua principal ferramenta para a prevenção de mais problemas na coluna lombar. Sempre que você se surpreender trabalhando em posição relaxada ou curvada para frente, interrompa regularmente a atividade e faça o Exercício como medida preventiva, antes que as dores apareçam ou logo no início da primeira pontada de dor.
Exercício 6: Extensão de pé olhando para frente
O mesmo que o exercício 5, porém olhando para cima.
Repetir 10 vezes de 25 segundos
MÉTODO KLAPP
Exercícios baseiam- se no treinamento e fortalecimento da musculatura do tronco na posição de gato e joelhos . O exercício de 4 apoios trabalha tanto alongamento como fortalecimento.
É indicado para deformidades da caixa torácica e da coluna vertebral, principalmente escoliose
Contra-indicações:
Limitação de movimento 
Hiperfrouxidão ligamentar
Quadro álgico aumentado
Cervicalgia aguda
POSIÇÃO INICIAL:
Deixar o paciente alinhado em 4 apoios.
Exercício 1, engatinhar
Para desvio lateral da coluna.
Alonga o lado côncavo e fortalece o lado convexo.
Deslocamento feito em marcha cruzada em avanço alternando mão e joelho do lado oposto.
Ao avançar, o joelho deverá estar inteiramente ao lado da mão
O deslizamento ocorre sem deixar o chão
Realiza movimento de hipercifose torácica e hiperlordose lombar
Os cotovelos permanecem estendidos
Pelo menos 3 séries de 10 repetições
Musculatura: •Trapézio 
•Paravertebrais Profundos 
•Rombóides 
•Trapézio 
•Psoas Maior e Menor 
•Quadrado Lombar 
•Quadriceps 
•Peitorais 
•Intercostais Internos 
•Quadrado Lombar 
•Oblíquos abdominais 
EXERCÍCIO 2, DELIZAMENTO HORIZONTAL
o paciente fica na posição de gatas, com o quadril e joelho a 9 0 º de flexão, é pedido a o paciente a estender o tronco e os membros superiores à frente sem tocar os cotovelos no chão, a manter a cabeça erguida e a manter a distância entre as mãos igual à largura dos ombros.
Realizar pelo menos 3 séries de 10 segundos.
EXERCÍCIO 3, DELIZAMENTO LATERAL
Pedir ao paciente para deslizar o tronco e os membros superiores em direção ao lado convexo da escoliose.
Pelo menos 3 séries de 10 repetições
EXERCÍCIO 4, GATO ARREPIADO
Exercício do gato é para alongamento da cadeia posterior, aliviando a compressão no disco
Realizar pelo menos 3 séries de 10 segundos.
EXERCÍCIO 5, CACHORRO
Braço para frente e perna contralateral para trás
Exercício do cachorro é para fortalecimento dos músculos intervertebrais
Realizar pelo menos 3 repetições de 10 segundos
EXERCÍCIO 6, CACHORRO
Braço para frente e perna homolateral para trás
para fortalecimento dos músculos intervertebrais
o exercício é realizado no lado da concavidade da escoliose
pelo menos 3 repetições de 10 segundos
Musculatura: 
•Trapézio 
•Paravertebrais Profundos 
•Glúteos 
•Quadríceps
EXERCÍCIO 7
paciente com desvio lateral
posiciono o paciente em pé, coloco um travesseiro entre mim e o paciente, posiciono minhas pernas
se o paciente tem curvatura para a esquerda, puxo ele para a direita pelo quadril e vice versa.