A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Atividade no Portfólio 01

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividade no Portfólio
Descrição da atividade:
Considerando os conteúdos estudados, responda às seguintes questões, apresentando as no Portfólio.
1). Conceitue Ergonomia, seus objetivos e suas formas de intervenção.
Res: 
Ergonomia consiste no conjunto de disciplinas que estuda a organização do trabalho no qual existem interações entre seres humanos e máquinas.
O principal objetivo da ergonomia é desenvolver e aplicar técnicas de adaptação de elementos do ambiente de trabalho ao ser humano, com o objetivo de gerar o bem-estar do trabalhador e consequentemente aumentar a sua produtividade.
Os tipos de intervenções da ergonomia são, Conceção de postos e métodos de trabalho, ferramentas, máquinas e mobiliário, correção de problemas identificados através de metodologias próprias, sensibilização, informação e formação sobre os métodos e técnicas mais adequados para realizar as suas tarefas
2). Descreva as variáveis analisadas e pesquisadas pela Ergonomia.
Res:
Na máquina: nível tecnológico, dimensões, display, controles, arranjos e ferramentas manuais. 
Ambientes físicos: psicossocial, organização do trabalho. 
Sistema: subsistemas, postos de trabalho, produção e confiabilidade. 
 No homem, antropometria e biomecânica, índices fisiológicos, percepções e cognição, desempenho, acidentes, variáveis clinicas e subjetivos. 
3). Diferencie a macroergonomia da microergomia.
Res:
A Macroergonomia é baseada em um método participativo, no qual o público envolvido no processo de trabalho contribui para que as intervenções que se façam necessárias tenham uma maior assertividade, pois reduz a margem de erros na sua criação e tem melhora e aceitação porque foi construído junto com os trabalhadores.
A Microergonomia realiza os trabalhos em postos individuais em postos de trabalhos isolados.
Obs: Na macroergonomia avalia a empresa como um todo na mecroergonomia avalia-se um local posto de trabalho individual.
4). As etapas da Análise Ergonômica, segundo Mores e Mont.Alvão, 2009, são:
Apreciação ergonômica; diagnose ergonômica, avaliação, validação e testes ergonômicos; detalhamento ergonômico e otimização. Explique cada uma destas etapas.
Res:
Apreciação ergonômica: A apreciação ergonômica é a fase de exploração, em que se verifica o posto de trabalho de forma assistemática. O levantamento das informações é obtido por meio de conversas informais com os funcionários, verificando o sistema homem-tarefa-máquina, bem como os problemas ergonômicos posturais, informacionais, acionais, cognitivos, comunicacionais, físico-ambientais e outros, chegando-se a um parecer ergonômico. A apreciação é caracterizada pela sistematização do homem-tarefa-máquina e pela delimitação dos problemas ergonômicos.
Diagnose ergonômica: A etapa de diagnose ergonômica consiste em aprofundar o estudo dos problemas verificados na fase anterior, realizando análises da macroergonomia, da tarefa, dos aspectos ambientais e das entrevistas. Entende-se por análise de macroergonomia a verificação de toda a organização do trabalho.
Avaliação, validação e/ou testes ergonômicos: Trata-se de retornar aos trabalhadores as propostas e alternativas projetadas.
O detalhamento e a otimização ergonômica: Compreendem a revisão do projeto, após sua avaliação pelo contratante e validação pelos operadores, conforme as opções do decisor, segundo as restrições de custo, as prioridades tecnológicas da empresa solicitante, a capacidade instalada do implementador e as soluções técnicas disponíveis.
5). Quais os tipos de enfoques na projetação de postos de trabalho? Descreva-os.
Res:
Enfoque Taylorista: é baseado no estudo dos movimentos corporais para realizar uma tarefa e no tempo gasto em cada um desses movimentos. O melhor método de trabalho é escolhido pelo menor tempo consumido na realização das tarefas. O enfoque taylorista não leva em consideração as características físicas e psicológicas dos usuários / operadores, muito menos, as necessidades individuais dos mesmos.
Enfoque Ergonômico Tradicional: é baseado no princípio da redução das exigências biomecânicas no intuito de minimizar a fadiga física, ou seja, leva em consideração os limites e capacidades do indivíduo do ponto de vista da biomecânica ocupacional e, as características antropométricas dos usuários / operadores. No enfoque ergonômico tradicional, o posto de trabalho é considerado um prolongamento do corpo humano, visto que este trata apenas dos fatores físicos do posto de trabalho. O enfoque ergonômico tradicional é aplicado na concepção e/ou adaptação de postos de trabalhos tradicionais.
Enfoque Ergonômico Global: segue os mesmos princípios do enfoque ergonômico tradicional, abrangendo ainda os aspectos psicológicos e cognitivos do indivíduo, bem como, os sistemas de produção (incluindo os hardwares e softwares).
6). Baseado no protocolo da Análise Ergonômica do Trabalho (AET) da Universidade de São Carlos, o manual Análise Ergonômica do Posto de Trabalho, você deverá registrar por meio de fotos uma situação simples de trabalho na posição sentada em que esteja digitando e analisar os seguintes itens: área de trabalho, distância visual e o ângulo de visão, espaço para pernas, tipo de cadeira e assento.
Res: Área de trabalho, altura do plano de trabalho, visão, espaço para as pernas, assento, ferramentas manuais, outros materiais, posturas de trabalho e movimentos, risco de acidentes, conteúdo do trabalho, restrições no trabalho, iluminação, ambiente térmico, ruído. 
Levantamento ergonômico em posto de trabalho. A posição do monitor está incorreta como mostra na figura 1. A cadeira está de acordo com a NR-17 faltou apoio para pé, mouse e teclado. Possuem apoio para punho. A temperatura e iluminação no local mostra que está adequada. 
POSTURA ERRADA
POSTURA CORRETA

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.