A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
A Primeira Lei de Newton

Pré-visualização | Página 2 de 5

figura, estivesse em 
movimento e repentinamente freasse, o indivíduo cairia para frente. Graças à 
inércia, o passageiro exibe, nesse caso, sua tendência de continuar em movimento 
em relação ao solo terrestre: o ônibus para, o indivíduo não. 
04 
Interpretando a inércia – movimento para frente. 
 
Por conta disso, o cinto de segurança nos veículos automotivos tem a função 
de proteger o indivíduo da inércia de seu movimento, no caso de uma freada ríspida 
ou colisão. 
 
3. A 1ª Lei de Newton ou Princípio da Inércia 
Sumarizando a argumentação sobre inércia de Galileu, Newton enunciou sua 
primeira Lei com os seguintes dizeres: Todo corpo continua no estado de repouso 
ou de movimento retilíneo uniforme, a menos que seja obrigado a modificá-lo 
por forças a ele empregadas. 
 Observamos, na descrição anterior, o claro intuito de se conceituar força 
como o agente que modifica a velocidade vetorial do corpo, sobresaindo assim a 
inércia (tendência natural de manter velocidade vetorial inalterada). Podemos 
concluir, portanto, que um objeto livre de ação de forças, ou com resultante de 
forças nula, conservará (por inércia) sua velocidade vetorial constante. 
 
 
6 
 
IMPORTANTE! 
 
 
 
Sumarizando, podemos estruturar o princípio da inércia do seguinte modo: 
FR = 0 → constante → {
𝑅𝑒𝑝𝑜𝑢𝑠𝑜
𝑀𝑅𝑈
 
 Um ponto material em equilíbrio mostra variação de velocidade nula, ou 
seja, ele não tem aceleração. Salienta-se que o equilíbrio pode ser estático ou 
dinâmico, sendo que o equilíbrio estático acontece quando o corpo se encontra em 
repouso e o equilíbrio dinâmico acontece quando o corpo está em movimento sem 
aceleração. Isso só ocorre no movimento retilíneo uniforme (MRU). 
Um objeto em repouso tende a permanecer em repouso e um objeto em 
movimento tende a permanecer em movimento retilíneo uniforme. A tendência de 
um corpo de permanecer em equilíbrio (repouso ou MRU) é o que conhecemos 
como inércia. 
Desta maneira, afirmamos com base na primeira Lei de Newton que: Se a 
resultante das forças aplicadas em um corpo for nula, então ele estará em 
equilíbrio estático ou dinâmico. 
O que nos leva a: 
FR = 0 → constante → {
𝐸𝑠𝑡á𝑡𝑖𝑐𝑜
𝐷𝑖𝑛â𝑚𝑖𝑐𝑜
 
 
 
4. Interpretação do Referencial Inercial 
Os referenciais determinados com alicerce na primeira Lei de Newton (Lei da 
inércia) são denominados de referenciais inerciais. Logo, todo referencial que se 
move com velocidade vetorial constante, em relação a um referencial inercial, 
também é categorizado como um referencial inercial. 
Assim sendo, entendemos por sistema de referência inercial como sendo 
aquele relativo a um objeto que permanece em repouso ou em movimento retilíneo 
uniforme, quando nenhuma força (ou resultante) age sobre ele. Ou seja, um 
Qualquer objeto em equilíbrio mantém, por inércia, sua 
velocidade vetorial constante, ou seja, inalterada. 
 
 
7 
 
referencial inercial é aquele em que a primeira Lei de Newton relata acertadamente 
o movimento de um corpo em equilíbrio. 
Costumeiramente, toma-se como sistema de referência inercial qualquer 
sistema de referência em repouso ou em translação em linha reta e uniforme em 
associação às estrelas fixas, que são as que demonstram manter fixas suas posições 
no céu após muitos séculos de considerações astronômicas. 
 
Exercícios 
1- (Autor, 2019) Um corpo se encontra em equilíbrio (1ª Lei de Newton) 
apoiado numa superfície horizontal. Com relação a essa situação: 
I - Esse corpo só pode estar em repouso. 
II - Esse corpo só pode estar em movimento retilíneo e uniforme. 
III - Esse corpo pode estar em repouso ou em movimento retilíneo e uniforme; 
IV - O corpo pode ter aceleração tangencial. 
 
Desta forma, assinale a alternativa correta. 
a) ( ) Existe um item falso. 
b) ( ) Existem dois itens falsos. 
c) ( ) Existem três itens falsos. 
d) ( ) Existem quatro itens falsos. 
e) ( )Todos os itens são verdadeiros. 
É melhor colocar alternativas do tipo Somente I é correto, Somente I e II está 
correto, etc... Esse tipo de alternativa pode levar a uma resposta correta as com o 
raciocínio errado, ou seja, não avalia o aprendizado do estudante. 
 
2- (Autor, 2019) A partir de um dado momento, o somatório das forças 
que agem sobre uma partícula se torna equivalente à zero ( ΣF = 0). Nesse momento, 
a velocidade da partícula é não nula. Podemos então afirmar que: 
a) ( ) A partícula para instantaneamente. 
b) ( ) A partícula vai sendo retardada até parar. 
c) ( ) A partícula passa a se mover em movimento retilíneo e uniforme com 
velocidade constante. 
d) ( ) A velocidade da partícula aumenta. 
 
8 
 
e) ( ) Não podemos concluir nada. 
 
3- (Autor, 2019) A situação de um indivíduo no estribo de um trem “ser 
lançado para fora” em uma curva é evidenciada pelo? Evidenciar que a pessoa não 
tem como se segurar durante a curva 
a) ( ) Princípio da inércia. 
b) ( ) Princípio da ação e reação. 
c) ( ) Princípio fundamental da dinâmica. 
d) ( ) Princípio de Galileu. 
e) ( ) Teorema do impulso. 
 
Gabarito 
1- Letra (c). Notemos que alicerçado a Primeira Lei de Newton (Princípio 
da Inércia) a conceituação de Equilíbrio é repouso ou movimento retilíneo e 
uniforme, portanto, somente o item III é verdadeiro. 
 
2- Letra (c). Notemos que pela Primeira Lei de Newton ou Princípio da 
Inércia, que um corpo tende a permanecer em seu estado de equilíbrio, quando a 
força resultante que age sobre ele for nula. 
 
3- Letra (a), já que com base na conceituação de inércia, podemos 
perceber que a pessoa tende a manter o movimento retilíneo e uniforme. 
 
 
Resumo 
Nesta apostila vimos que a primeira lei de Newton tem como pontapé inicial a 
conceituação de inércia. Os primeiros pesquisadores a tratarem da questão da 
formalização da movimentação dos corpos foi Galileu Galilei e Isaac Newton. 
Grosso modo, inércia significa a tendência natural que os corpos possuem de 
manter sua velocidade constante, ou seja, inalterada. Neste sentido, a primeira lei de 
Newton afirma que qualquer objeto em equilíbrio mantém, por inércia, sua 
velocidade vetorial constante. 
 
9 
 
É importante pontuarmos que tal tratativa teórica acerca da primeira lei de 
Newton, é o alicerce básico para respondermos questões bem usuais do nosso dia a 
dia, como por exemplo: Por qual motivo um corpo se move? Qual o ponto de partida 
de um dado movimento de um corpo? Como um movimento qualquer se mantém? 
Adicionalmente falando, descrevemos que os referenciais caracterizados por 
intermédio da primeira lei de Newton são chamados por referenciais inerciais, bem 
como salientamos que um sistema de referência inercial é aquele relativo a um 
objeto que permanece em repouso ou em movimento retilíneo uniforme, quando 
nenhuma força (ou resultante) age sobre ele. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
10 
 
Referências bibliográficas 
ALONSO, Marcelo; FINN, Edward. Física: um curso universitário.São Paulo: Edgard Blucher, 2009. Vol. – 1 
CAMPOS, Agostinho Aurélio; ALVES, Elmo Salomão; SPEZIALI, Nivaldo L.. Física experimental básica na 
universidade. 2. ed.. Belo Horizonte: UFMG, 2008. 
NUSSENZVEIG, H. M. Curso de Física Básica. 4ª ed. São Paulo: Edgard Blucher, 2002. Vol. 1 
RESNICK, Robert; HALLIDAY, David; KRANE, Kenneth.. Física 1. 5. ed.. Rio de Janeiro: LTC, 2008. v. 1 
TIPLER, Paul A. Física para cientistas e engenheiros: Volume 1: mecânica, oscilações e ondas, 
termodinâmica.. Rio de Janeiro: LTC, 1995. v.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.