Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
ROTINAS DE PESSOAL - ATIVIDADE 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

Pergunta 1
0,25 em 0,25 pontos
	
	
	
	O aviso-prévio tem como finalidade indicar a data de término do contrato de trabalho. O período do aviso possibilita, ao trabalhador, procurar um outro emprego e, ao empregado, buscar um substituto para o cargo vago.
 
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm >. Acesso em: 26 ago. 2019.
 
Assinale a alternativa correta, que indica a duração mínima do aviso-prévio.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
30 dias.
	Resposta Correta:
	 
30 dias.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois a parte que decidir colocar fim ao contrato deverá avisar a outra parte com antecedência de 30 dias, no mínimo. Nesse sentido, estabelece o artigo 7º, XXI, da CF.
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 26 ago. 2019.
	
	
	
Pergunta 2
0,25 em 0,25 pontos
	
	
	
	O salário-família é um benefício previdenciário concedido aos segurados de baixa renda, em razão dos filhos menores de 14 anos ou inválidos de qualquer idade, cuja finalidade é ajudar os pais a custearem a educação de seus filhos.
 
Com base no excerto, indique a alternativa correta, correspondente aos outros trabalhadores que têm direito ao benefício.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Os empregados rurais, urbanos, avulsos e empregados domésticos.
	Resposta Correta:
	 
Os empregados rurais, urbanos, avulsos e empregados domésticos.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta. Os empregados urbanos e rurais e trabalhadores avulsos têm direito a esse benefício; os empregados domésticos passaram a tê-lo após a lei complementar 150/2015, que alterou a Lei 8213-1991.
	
	
	
Pergunta 3
0,25 em 0,25 pontos
	
	
	
	Leia o artigo a seguir:
“Art. 239 - A arrecadação decorrente das contribuições para o Programa de Integração Social, criado pela Lei Complementar nº 7, de 7 de setembro de 1970, e para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, criado pela Lei Complementar nº 8, de 3 de dezembro de 1970, passa, a partir da promulgação desta Constituição, a financiar, nos termos que a lei dispuser, o programa do seguro-desemprego e o abono de que trata o § 3º deste artigo”.
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 26 ago. 2019.
 
Após a Constituição Federal de 1988, o abono salarial (PIS), no valor de um salário mínimo por ano, é devido aos trabalhadores urbanos, rurais e avulsos, cadastrados há cinco anos no PIS/PASEP ou no cadastro nacional de trabalho.
 
Com base no excerto, assinale a alternativa correta, que explica como o PIS é calculado.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O PIS é calculado sobre o faturamento da empresa, e não sobre o lucro, o que se diferencia da PLR (participação nos lucros e resultados).
	Resposta Correta:
	 
O PIS é calculado sobre o faturamento da empresa, e não sobre o lucro, o que se diferencia da PLR (participação nos lucros e resultados).
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta, pois o PIS é calculado sobre o faturamento da empresa, e não sobre o lucro, o que se diferencia da participação nos lucros e resultados (PLR).
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 26 ago. 2019.
	
	
	
Pergunta 4
0,25 em 0,25 pontos
	
	
	
	Sabemos que a demissão ocorre quando o empregado decide colocar fim ao contrato de trabalho e independe de qualquer motivação. O empregador não poderá se opor à decisão do trabalhador.
 
Nessa hipótese de pedido de demissão, assinale a alternativa correta, que indica a situação em que o empregado terá direito às verbas rescisórias.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Saldo de salário (dias efetivamente trabalhado), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas, se houver, férias + 1/3 proporcionais.
	Resposta Correta:
	 
Saldo de salário (dias efetivamente trabalhado), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas, se houver, férias + 1/3 proporcionais.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta. A alternativa está correta. No caso de pedido de demissão, o empregado tem o direito do saldo de salário (dias efetivamente trabalhados), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas, se houver, férias + 1/3 proporcionais. Ainda, o empregado não saca os depósitos do FGTS e deverá conceder aviso-prévio de 30 dias ao empregador.
	
	
	
Pergunta 5
0 em 0,25 pontos
	
	
	
	A reforma trabalhista possibilitou uma nova modalidade de rescisão contratual: o distrato, que é a resilição bilateral. Compreende o acordo entre as partes contratantes, que colocam fim ao contrato de trabalho.
 
Na hipótese de celebração do distrato, os trabalhadores terão direito de receber as verbas rescisórias. Assinale a alternativa correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O empregador tem direito a receber 50% do aviso-prévio, se for indenizado. Na hipótese de aviso-prévio trabalhado, terá direito ao recebimento do seu valor integral, 20% de multa sobre os depósitos do FGTS, saldo de salário (dias efetivamente trabalhados), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas se houver, férias + 1/3 proporcionais e não terá direito ao seguro-desemprego.
	Resposta Correta:
	 
O
empregador tem direito de receber 50% do aviso-prévio, se for indenizado. Na hipótese de aviso-prévio trabalhado, terá direito ao recebimento do seu valor integral, 80% de multa sobre os depósitos do FGTS, saldo de salário (dias efetivamente trabalhados), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas se houver, férias + 1/3 proporcionais e não terá direito ao seguro-desemprego.
	Feedback da resposta:
	Sua resposta está incorreta. A alternativa está incorreta. O valor sobre o FGTS será sempre de 80%, o empregador tem direito a receber 50% do aviso-prévio, se for indenizado. Na hipótese de aviso-prévio trabalhado, terá o direito ao recebimento do seu valor integral, 80% de multa sobre os depósitos do FGTS, saldo de salário (dias efetivamente trabalhados), 13º salário proporcional, férias + 1/3 vencidas se houver, férias + 1/3 proporcionais e não terá direito ao seguro-desemprego. 
	
	
	
Pergunta 6
0,25 em 0,25 pontos
	
	
	
	“Art. 479 - Nos contratos que tenham termo estipulado, o empregador que, sem justa causa, despedir o empregado será obrigado a pagar-lhe, a título de indenização, e por metade, a remuneração a que teria direito até o termo do contrato”.
 
BRASIL. Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943. Aprova a Consolidação das Leis do Trabalho. Diário Oficial da União . Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del5452.htm >. Acesso em: 26 ago. 2019.
 
Com base nas informações do fragmento, assinale a alternativa correta, referente aos direitos das verbas rescisórias.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Os direitos, em caso de término antecipado por iniciativa do empregador, são: saldo do salário, 13º salário proporcional ao tempo trabalhado, direito de levantar os depósitos do FGTS + multa de 40% sobre os depósitos efetuados, indenização (metade da remuneração a que teria direito até o fim do contrato por prazo determinado).
	Resposta Correta:
	 
Os direitos, em caso de término antecipado por iniciativa do empregador, são: saldo do salário, 13º salário proporcional ao tempo trabalhado, direito de levantar os depósitos do FGTS + multa de 40% sobre os depósitos efetuados, indenização (metade da remuneração a que teria direito até o fim
Página12