Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
43 pág.
Mercado-internacional-de-capitais

Pré-visualização | Página 1 de 3

Mercado Internacional de Capitais 
Nesta aula veremos o que é e como funciona o mercado internacional de capitais. Além dos
temas norteadores interativos disponibilizados nos tópicos abaixo, você terá acesso
exclusivo a entrevista realizada pelos renomados  Mauro Miranda (Panda
Investimentos)  e  Marcos Vinicius (Franklin Templeton Investments)  sobre mercado
internacional de capitais e as possibilidades que o investidor brasileiro tem ao acessar esse
mercado.
Entrevista exclusiva
Propósito do mercado internacional de capitais
Principais constituintes do mercado global
O papel das instituições �nanceiras
A economia global
Principais blocos econômicos
Mercado Internacional de Capitais
Principais conceitos
Universo de investimentos
Encerramento
Mauro Miranda, da Panda Investimentos, bate um papo com o Marcos Vinicius, da Franklin Templeton
Investments, sobre mercado internacional de capitais e as possibilidades que o investidor brasileiro tem
ao acessar esse mercado.
Prepare o fone de ouvido e assista ao vídeo com conteúdo exclusivo na aula! 
When
TEMA 1 de 9
Entrevista exclusiva
É basicamente um sistema no qual pessoas, empresas e governos transferem entre si recursos �nanceiros
excedentes em alguns desses agentes para aqueles onde eles são escassos. Esse  mecanismo de
transferência fornece uma maneira e�ciente para aqueles que desejam tomar emprestado ou
emprestar (investir) dinheiro. 
TEMA 2 de 9
Propósito do mercado internacional de capitais
O que é mercado de capitais?
 Por exemplo 
toda vez que alguém toma um empréstimo para comprar um carro ou uma casa, está acessando o mercado
de capitais.
Os mercados de capitais desempenham a função econômica desejável de direcionar capital para usos
produtivos.
Existem basicamente duas maneiras de alguém acessar o mercado de capitais. São duas categorias amplas
de títulos disponíveis. Clique no ícone + (mais) para expandir as informações:
Embora existam muitas formas de se de�nir cada uma delas, de forma simpli�cada, podemos dizer que: 
Títulos de patrimônio –
que representam a propriedade de parte de uma empresa – ações.
Títulos de dívida –
que representam um empréstimo do investidor para uma empresa ou entidade
governamental.
“ instrumento de dívida é um dinheiro que é emprestado e
deve ser reembolsado acrescido de juros remuneratórios ao
�nal do prazo acordado, enquanto ações representam o
dinheiro que é investido em troca de uma participação
societária que podem remunerar o investidor por meio de
ganhos de capital e/ou dividendos; porém, ele participa do
risco idiossincrásico da empresa investida.”
 Em essência 
Governos, empresas e pessoas que poupam parte de sua renda ou receita investem seu dinheiro nos
mercados de capitais em ações ou títulos de renda �xa. Os tomadores (governos, empresas e pessoas que
gastam mais do que sua renda) tomam emprestado os investimentos dos poupadores através dos
mercados de capitais. Quando os poupadores fazem investimentos, eles convertem ativos considerados
livres de risco, como dinheiro ou poupança, em ativos de risco, com a esperança de receber um benefício
futuro. 
 Mercado de Capitais Internacionais 
Funcionam pelo mesmo mecanismo, mas com atuação na esfera global, em que governos, empresas e
pessoas emprestam e investem além das fronteiras nacionais. Além dos benefícios e propósitos de um
mercado de capitais doméstico, os mercados internacionais de capital oferecem alguns outros benefícios.
Mercados de capitais promovem e�ciência econômica. Pode haver um grande número
de empresas ao redor do mundo ávidas por captar recursos emitindo um título de dívida ou ações para que
possam implementar uma grande ideia de negócio. Se as empresas não emitissem dívidas ou ações elas não
teriam como desenvolver novos negócios. Se não houvesse mercados de capitais, as empresas manteriam
seu excedente �nanceiro em dinheiro ou em uma conta de poupança de baixo rendimento e, por
consequência, empresas que necessitam de dinheiro teriam que adiar ou cancelar seus planos de negócios.
 Benefícios 
Entre os benefícios dos mercados de capitais internacionais destacam-se:
E�ciência –
maiores retornos para os poupadores e custos mais baixos para os tomadores.
Empresas, governos e/ou indivíduos podem explorar mercados estrangeiros e
acessar novas fontes de recursos. Muitos mercados domésticos podem ser
muito pequenos, ine�cientes ou pouco so�sticados para as necessidades de
�nanciamentos de empresas locais. Ao usar os mercados de capitais
internacionais, empresas, governos e até indivíduos podem contrair
empréstimos ou investir em outros países para obter taxas mais altas de retorno
ou menores custos de empréstimos.
Diversi�cação de risco –
os mercados internacionais de capitais permitem que indivíduos, empresas e
governos acessem mais oportunidades em diferentes países para tomar
 Estrutura 
A estrutura do mercado de capitais se divide em dois componentes:
empréstimos ou investir, o que, por sua vez, reduz o risco. A teoria é de que, ao
acessar o mercado global, o investidor reduza o risco especí�co de um mercado
regional, dado que nem todos os mercados experimentarão contrações ao
mesmo tempo.
Mercado primário –
é o local onde novos títulos (ações e títulos de dívida) são emitidos. Se uma
empresa ou agência governamental precisar de recursos, ela emite (vende)
títulos para compradores no mercado primário. Os grandes bancos de
investimento auxiliam nesse processo de emissão, atuando como intermediários.
Uma vez que o mercado primário está limitado à emissão apenas de novos
valores mobiliários, é valioso, mas não menos importante que o mercado
secundário.
Mercado secundário –
O maior volume de transações no mercado de capitais ocorre no mercado
secundário. O mercado secundário inclui as bolsas de valores (a Bolsa de Nova
York, a Bolsa de Valores de Londres e a de São Paulo, por exemplo), os mercados
When we show up to the present
de títulos de renda �xa, os mercados de futuros e opções, entre outros. Todos
esses mercados secundários lidam com a negociação de valores mobiliários em
circulação.
Acesse o infográ�co sobre as principais constituintes do mercado global:
TEMA 3 de 9
Principais constituintes do mercado global
-CENTROS
FINANCEIROS 
OFFSHORE 
Vejamos o objetivo principal de cada uma dessas instituições e como elas mudaram, já que muitas se
fundiram para se tornarem potências �nanceiras globais. 
TEMA 4 de 9
O papel das instituições �nanceiras
O papel dos bancos internacionais e bancos de
investimento evoluiu nas últimas décadas. 
Bancos internacionais
Tradicionalmente, os bancos internacionais estenderam seu papel doméstico à
arena global, atendendo às necessidades e seguindo os passos das grandes
Em linhas gerais, existem diferentes tipos de bancos, e eles podem ser divididos em vários grupos com base
em suas atividades, tais como:
empresas multinacionais. Esses bancos não apenas recebem depósitos e
concedem empréstimos, mas também fornecem instrumentos para �nanciar
exportações e importações e oferecem produtos e serviços �nanceiros
so�sticados. Por exemplo, uma empresa comprando produtos de outro país pode
precisar de �nanciamento de curto prazo, de transferências eletrônicas de
fundos e de transações cambiais. Os bancos internacionais fornecem esses e
outros serviços. 
bancos de varejo:  que lidam diretamente com os consumidores e geralmente se
concentram em produtos e serviços para o mercado de massa, como contas-correntes e de
poupança, empréstimos e cartões de crédito;
1
bancos Private: que normalmente prestam serviços de gestão de patrimônio a famílias
e indivíduos de alto patrimônio;
2
bancos corporativos: que podem fornecer serviços tanto para pequenas e médias
empresas quanto para grandes corporações;
3
bancos de investimento:  que prestam serviços relacionados aos mercados de
capitais, tais como emissão de títulos ou ações e fusões e aquisições.
4
Originalmente,
Página123