A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
34 pág.
ASSISTÊNCIA+NUTRICIONAL+NAS+DOENÇAS+DO+ESTÔMAGO

Pré-visualização | Página 2 de 2

nas patologias das doenças do esôfago
26
Terapia Nutricional no Câncer de Esôfago
As recomendações nutricionais para o tratamento do câncer devem ser específicas para cada caso; 
Devem considerar o estado nutricional pré e pós diagnóstico, tipo e localização do tumor, tipo de tratamento proposto e executado avaliação bioquímica, avaliação dietética, complicações clínicas da doença e do tratamento; 
Também deverá ser considerado se o tratamento apresenta caráter paliativo, pois nesses casos, as recomendações nutricionais são distintas.
Aula: Assistência Nutricional nas patologias das doenças do esôfago
27
Terapia Nutricional no Câncer
Aula: Assistência Nutricional nas patologias das doenças do esôfago
28
Caso Clínico 
Paciente N.A.N., sexo masculino, 56 anos procurou você na clínica Nossa Senhora da Paz, comorbidade: HAS. O mesmo relatou perda de peso nos últimos 3 meses, refere pirose, dor restroesternal e epigástrica, veio encaminhado pelo gastroenterologista com diagnóstico de Acalasia e consequente Refluxo. Na avaliação nutricional você verificou peso atual de 63kg, altura de 1,86 m, peso anterior era 72 kg. Na anamnese o mesmo refere consumo inadequado de alimentos, etilismo social e fuma sempre que bebe.
29
RESPONDA
1. Determine o estado nutricional; 
2. Determine as necessidades de nergia; 
3. Faca a distribuição de macronutrientes ( utilize as seguintes recomendações Nutricionais: proteína 0,8 g a 1,5g /kg/ dia, carboidratos 50 a 55% e lipídeos 25 a 35%);
4. Redija orientações nutricionais para o paciente.
30
RESOLUÇÃO CASO CLÍNICO
1. IMC = 63/3,45 – 18,26 kg/m². DESNUTRIÇÃO
2. FÓRMULA DE BOLSO PARA GANHO DE PESO (DESNUTRIÇÃO – 35 kcal/kg/dia) 
1 kg _____ 35 kcal
63 kg _____ X 
X = 35 x 63 = 2205 kcal/dia (VET -100% DAS NECESSIDADES DIÁRIAS DE ENERGIA)
3. Necessidade de proteína (0,8 1 1,5 g/kg/dia)
1 kg ----1,5 g de proteína
63 kg --- x = 63 x1,5 = 94,5 g de prot/dia ( para achar a quantidade de calorias multiplica-se por 4 = 378 kcal
31
Resolução do caso clínico
Para estabelecer o percentual de proteína em relação ao VET, utilizaremos uma regra de 3, onde o VET corresponde a 100%;
2205 ---- 100%
378 ------ X 
X = 100 x 378/ 2205 = 17,14 %.
 A soma dos percentuais dos três macronutrientes – cho, prot e líp. Devem fechar os 100;
Já temos 17 % de proteína, então para 100 %falta 83 que deve ser distribuído entre carboidrato e lipídio )
CHO – 50 a 55 % - iremos usar 55 %
2205 kcal – 100%
 X ---------- 55% - X= 55 x 2205 /100 = 1212,57 kcal : 4 = 303 g de CHO
32
Resolução do caso clínico
Se somarmos os 17% da proteína + 55% de Carboidrato temos um total de 72%, então para fecharmos os 100% teremos que usar 28% de Lipídio para esse pacientes;
Logo: 2205 ----- 100%
 X -------- 28% -
 X = 28 x 2205 /100 = 617,4 kcal do lipídio : 9 – 68,6 g de lipídio.
33
Aula: Introdução ao funcionamento do trato gastrintestinal
34

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.