Ensino de lingua portuguesa para surdos - Volume 1
134 pág.

Ensino de lingua portuguesa para surdos - Volume 1


DisciplinaLibras23.519 materiais180.471 seguidores
Pré-visualização27 páginas
Presidente da República 
Luiz Inácio Lula da Silva 
Ministro da Educação 
Tarso Genro 
Secretário Executivo 
Fernando Haddad 
Secretária de Educação Especial 
Claudia Pereira Dutra 
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 
Secretaria de Educação Especial 
 ENSINO DE LÍNGUA 
PORTUGUESA PARA 
SURDOS 
Caminhos para a 
Prática Pedagógica 
Heloísa Maria Moreira Lima Salles 
Enilde Faulstich 
Orlene Lúcia Carvalho 
Ana Adelina Lopo Ramos 
Programa Nacional de Apoio à Educação dos Surdos 
Brasilia 
2004 
Ensino de língua portuguesa para surdos : caminhos para 
a prática pedagógica / Heloísa Maria Moreira Lima 
Salles ... [et al.] . _ Brasília : MEC, SEESP, 2004. 
2 v. : il. . _ (Programa Nacional de Apoio à Educação 
dos Surdos) 
1. Educação especial. 2. Educação dos surdos. 3. Ensino da 
língua portuguesa. I. Salles, Heloísa Maria Moreira Lima. IL 
Brasil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação 
Especial. III. Série. 
CDU 376.33 
EQUIPE TÉCNICA 
Autoras 
Heloísa Maria Moreira Lima Salles 
Doutora em Lingüística 
Professora da Universidade de Brasília 
Coordenadora do Projeto 
Enilde Faulstich 
Doutora em Filologia e Língua Portuguesa 
Professora da Universidade de Brasília 
Orlem Lúcia Carvalho 
Doutora em Lingüística 
Professora da Universidade de Brasília 
Ana Adelina Lopo Ramos 
Mestre em Lingüística 
Professora da Universidade de Brasília 
Consultores Surdos de LIBRAS 
Gláucia Rosa de Souza 
Professora de Língua Brasileira de Sinais - FENE1S 
Isaías Leão Machado Felix 
Professor de Língua Brasileira de Sinais - APADA 
Assistentes de Pesquisa 
Adriana Chan Viana 
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Lingüística - UnB 
Técnica Educacional - Ministério das Relações Exteriores 
Sandra Patrícia de Faria do Nascimento 
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Lingüística - UnB 
Professora da Secretaria de Educação do Distrito Federal 
Rosana Cipriano lacinto da Silva 
Especialista Lato Sensu em Língua Portuguesa Professora da 
Secretaria de Educação do Distrito Federal Professora da 
CESUBRA - Faculdade Objetivo 
Ilustrador 
Isaías Leão Machado Felix 
APRESENTAÇÃO 
Esta publicação faz parte do Programa Nacional de Apoio à Educação 
dos Surdos, que tem como objetivo apoiar e incentivar a qualificação 
profissional de professores que com eles atuam. 
Pela primeira vez, os professores terão acesso a materiais que tratam 
do ensino da Língua Portuguesa a usuários de LIBRAS. 
Trata-se de um trabalho inédito, muito bem fundamentado e com 
possibilidades de viabilizar oficinas, laboratórios de produção de 
material por parte dos professores, relacionando, de fato, teoria e 
prática. 
Estamos certos de que a formação adequada de professores 
contribuirá para a melhoria do atendimento e do respeito à diferença 
lingüística e sociocultural dos alunos surdos de nosso país. 
Secretaria de Educação Especial 
PREFACIO 
Este livro é o resultado da articulação de diversos esforços. É parte 
integrante do Programa Nacional de Apoio à Educação dos Surdos, 
que pode ser considerado um avanço na luta pelo desenvolvimento 
acadêmico da pessoa surda e pela valorização de sua condição 
multicultural. É uma tentativa de reunir informações colhidas em 
diversas fontes, que generosamente se desvendaram para nós, sob a 
forma de trocas de experiências, discussões, leituras, experimentos, 
em que se destacam os consultores surdos do projeto, conscientes 
de seu papel social na promoção da cultura surda, e as professoras/ 
pesquisadoras ouvintes, que prestaram consultoria na questão 
educacional do surdo, em diferentes etapas do projeto. É enfim uma 
contribuição de pessoas que há pouco tempo voltaram o olhar para 
os surdos, em face de um chamado profissional, que logo se 
transformou em entusiasmo e desejo de conhecer mais e participar 
das discussões e ações em benefício da comunidade surda, na tarefa 
de construir uma sociedade multicultural e fraterna. 
Concebido como material instrucional para a capacitação de profes-
sores de língua portuguesa da Educação Básica no atendimento às 
pessoas com surdez, o livro Ensino de Língua Portuguesa para Surdos: 
Caminhos para a Prática Pedagógica parte do pressuposto de que a mo-
dalidade vísuo-espacial é o canal perceptual adequado à aquisição e 
utilização da linguagem pelas pessoas surdas, tendo implicações 
cruciais para seu desenvolvimento cognitivo, sua afirmação social e 
realização pessoal, do que decorre ainda o entendimento de que, na 
adoção do bilingüismo, a língua portuguesa é segunda língua para o 
surdo. 
Nossa proposta de reflexão é formulada em duas partes: a primeira 
compreende três unidades e aborda a situação lingüística e cultural 
do surdo, considerando a aquisição da linguagem em uma perspecti- 
va biológica e psicossocial, situando o ensino de português como 
segunda língua para os surdos no âmbito de políticas de idioma e da 
legislação vigente da educação nacional; e propondo a aplicação 
dessas concepções na definição de abordagens, métodos e técnicas 
a serem adotados no ensino de português (escrito) para surdos, em 
face das necessidades colocadas pelas características de sua produ-
ção escrita. 
A segunda parte consiste de oficinas temáticas de projetos educaci-
onais voltados para o ensino de língua portuguesa para surdos, em 
que se exemplificam algumas etapas dessa elaboração, em particular 
a revisão teórica do tema, a coleta de materiais ilustrativos dos te-
mas examinados (situações reais de fala, imagens, desenhos e ou-
tros) e a aplicação de fundamentos teóricos e metodológicos, na 
formulação de atividades didático-pedagógicas e no desenvolvimento 
de tecnologias educacionais. Partindo da simulação de situações de 
ensino-aprendizagem orientadas para alunos com nível interme-
diário de português, os projetos abordam questões de gramática e 
de leitura e produção de textos. 
Não se trata, portanto, de um curso de língua portuguesa para sur-
dos com conteúdo e progressão fixos. Assumindo-se que os projetos 
educacionais devem estar voltados para o desenvolvimento de com-
petências e habilidades no educando, entendemos as sugestões e 
propostas formuladas neste livro como temas para reflexão, a serem 
adaptadas, recriadas e mesmo descartadas, em face das 
especificidades de cada situação de ensino-aprendizagem, das exi-
gências de contextualização e da abordagem interdisciplinar do co-
nhecimento, requisitos para a aprendizagem significativa. 
Nosso desejo é que essa reflexão se amplie, abrindo caminhos para 
o intercâmbio de idéias, contribuindo para sensibilizar a sociedade 
em relação às necessidades educacionais do surdo, o que supõe res-
peitar sua situação (multi)cultural, promover o estudo científico de 
sua problemática, propor projetos e ações educacionais, desenvol- 
ver tecnologias que venham atender suas necessidades especiais, 
em uma perspectiva de divulgação do conhecimento e disponibilização 
democrática dos resultados alcançados. 
Animadas por esses sentimentos idealistas, tão presentes na atitude 
dos educadores, apresentamos nossa contribuição, singela, se con-
sideramos que se inscreve em um cenário de esforços de pessoas 
que acumulam vasta experiência no assunto e que tivemos a oportu-
nidade e a alegria de conhecer, mas também sincera, no desejo de 
participar, aprender, contribuir para a promoção da pessoa humana, 
no exercício de nossa função social de professoras universitárias, 
responsáveis pela formação e capacitação dos educadores que vão 
integrar as comunidades acadêmicas de nosso país. 
Heloísa Maria Moreira Lima Salles 
Coordenadora do Projeto 
Brasília, 17 de outubro de 2002. 
SÚMARIO 
Sistema de Transcrição de LIBRAS......................................... 17 
Unidade I..................................................................................