Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
A2 SIG (1)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Atividade A2
Alunos: 
Fillipe Dantas de Melo, 032171068 
Micaela Santos de Oliveira, 006171002        
 Paulo Emanuel Lemos da Silva, 006171041
1. Quais tecnologias Nova York vem empregando para melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos? 
A cidade de Nova York para melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos, utiliza o big data para armazenar dados, e vem implementando vários aplicativos, a exemplo aplicativo que fornece o nível de ruídos emitido por carros, (com a ajuda de sensores nos semáforos e nas janelas de prédios), aplicativo para melhorar a coleta de lixo, aplicativo com a localização dos banheiros públicos e rotas mais seguras para os ciclistas,  programas de modelagem predial (habitacional) , programas que filtram dados para evitar catástrofes em trânsito, entre outros.
 
2. Quais questões humanas, organizacionais e tecnológicas devem ser consideradas pelas iniciativas da “cidade inteligente”?
Questões Humanas: O nível de invasão da privacidade de pessoas e seus comportamentos, estabelecimentos e como isso afetará este ciclo envolvido nos projetos apresentados, assim como a disponibilidade e aceitação por parte da população destas leis impostas e convidativas, visto que não há uma prática dos deveres do cidadão nova-iorquino perante o bem estar e saúde como um todo. 
Questões Organizacionais: Transformações nos controles fiscais, devido a necessidade de integração dos processos e sistemas para atingir resultados esperados e citados no case, como alinhamento das atividades do governo com o Centro para Ciência e Progresso Urbano.
Questões Tecnológicas: Programas que filtram dados de pessoas em suas atividades pela cidade, como ruídos dos carros, movimentação dos motoristas, sistema de segurança de tráfego de veículos na cidade, terabyte de informações para unificar vários dados sobre os edifícios habitados e saber se há risco para essas moradias, dentre outros. 
 
3. Que problemas são resolvidos pelas “cidades inteligentes”? Quais são as desvantagens?
As “cidades inteligentes” procuram proteger os seus cidadãos , de maneira que suas atividades não sejam prejudicadas no seu dia a dia,  principalmente em relação à segurança, habitação (especialmente com melhorias do sistema de água e esgoto), sistema de transporte urbano e rodoviário, e serviços de um modo geral (principalmente higienização dos restaurantes). Por outro lado, existem desvantagens e consiste na  liberação dos dados públicos que se  torna  uma questão delicada para os defensores da privacidade, como grupos do tipo União Civil de Libertadores de Nova York.
4. Dê exemplos de quatro tomadas de decisão que seriam melhoradas em uma “cidade inteligente”. 
Brainstorming entre os usuários dos sistemas citados para possíveis melhorias e ampliações, seja através de questionários ou testes práticos; Alerta de aplicativo aos motoristas sobre as melhores rotas de trânsito; Procurar meios de informar aos moradores e estabelecimentos sobre os horários de coleta dos lixos; criação de alerta dos sistemas aos órgãos municipais sobre os dados mais relevantes extraídos das redes sociais sobre reclamações de cliente quanto a falta de higiene em restaurantes.
 
5. Você estaria preocupado se os dados de mídia social fossem utilizados para complementar os dados públicos de forma a ajudar a melhorar a prestação de serviços municipais? Justifique.
Não. As mídias sociais são os meios mais utilizados de comunicação no cenário tecnológico atual e as informações estão mais escancaradas do que nunca, facilitando a análise e interpretação dos dados para possíveis melhorias nos serviços municipais.