Guia de Estudos da Unidade 4 - Metodologia da Pesquisa
24 pág.

Guia de Estudos da Unidade 4 - Metodologia da Pesquisa


DisciplinaMetodologia Científica69.251 materiais1.484.667 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Metodologia Científica
UNIDADE 4
 1
Metodologia Científica
Unidade 4 
 palavras do professor
Olá, bem-vindo(a) ao nosso GUIA DE ESTUDO \u2013 UNIDADE 04 \u2013 DA UNINASSAU\u2013EAD, da disciplina Metodologia 
Científica. Nesta unidade, vamos estudar os principais aspectos sobre a estrutura do texto científico em suas di-
mensões gráficas e textuais. Vamos ver como podemos desenvolver nossos trabalhos acadêmicos a partir de seus 
elementos textuais e gráficos, pois todos estes trabalhos serão requeridos a você como exigência das disciplinas 
constitutivas do seu curso, ok?
Preciso lembrar a você que, também nesta unidade 4, faz-se necessária a leitura prévia do seu livro-texto, da página 
89 à página 122, para uma melhor aprendizagem sobre este conteúdo. Os objetivos da unidade 4 também devem ser 
lembrados a você: conhecer diretrizes gerais quanto aos aspectos gráficos do texto científico; entender como são 
elaborados os elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais; aprender a usar as citações corretamente e, por fim, 
conhecer as principais normas elaboradas de referências bibliográficas.
Desse modo, caro(a) aluno(a), a unidade 4 encerra nossos estudos sobre metodologia científica, não somente se-
guindo e complementando o livro-texto, como permitindo a você uma visão mais ampla de como construir textual 
e graficamente seus trabalhos acadêmicos, cumprindo as exigências científicas e normatizações defendidas pela 
Associação Brasileira de Normas Técnicas \u2013 ABNT, ok?
Vamos, então, aos nossos estudos! Bem, para começar nossa conversa, vamos esclarecer mais, para você, o que é 
a ABNT e como esta Associação pode nos ajudar a nos organizarmos melhor para as nossas produções acadêmicas 
e científicas. A famosa ABNT \u2013 Associação Brasileira de Normas Técnicas \u2013 é uma entidade brasileira que fornece 
uma série de normatizações e padrões para definir critérios técnicos sobre produtos e serviços produzidos no Brasil, 
como forma de garantir a qualidade e a segurança desses produtos e serviços para a população brasileira. Ora, preza-
do(a) aluno(a), a educação, de uma maneira geral, e a educação superior, no nosso caso, é um dos principais serviços 
que podemos prestar a uma sociedade. Eu diria mesmo que a educação é a base de uma sociedade desenvolvida 
econômica e socialmente. Assim, definir padrões e normas para uma educação superior mais eficiente e eficaz é de 
fundamental importância para garantir da qualidade na prestação deste serviço.
Então, cabe a ABNT a definição destas normas e padrões que exigem e garantem a organização das nossas produções 
acadêmicas. Estas normas definidas pela ABNT chamam-se NORMALIZAÇÕES ou NBR \u2013 normalização brasileira, e 
dizem respeito aos aspectos textuais, gráficos e, de certa forma, metodológicos dos trabalhos acadêmicos. 
Antes mesmo de entramos nos estudos destes aspectos textuais e gráficos da produção acadêmica, vamos apresen-
tar a você uma tabela-resumo sobre as principais normalizações da ABNT, para que você possa compreender melhor 
porque, no ensino superior, são feitas as exigências textuais e gráficas de um trabalho acadêmico:
 2
Metodologia Científica
Bem, vamos lembrar que, em seu livro-texto, na página 94, o autor sugere a você uma visita ao site da ABNT, para 
que você saiba mais sobre este assunto, ok? O site da ABNT é www.abnt.org.br. A qualquer momento, você poderá, 
então, acessar o site e complementar seus estudos, se familiarizando mais com as normas da ABNT! Por outro lado, 
é importante frisar que as normalizações da ABNT, as chamadas NBR´s são propriedade privada da PETROBRÁS e 
sua aquisição é remunerada, paga. No entanto, no buscador GOOGLE, vários links disponibilizam estas NBR´s, ok?
Já fizemos este importante esclarecimento para você! Agora, vamos percorrer nosso caminho de estudos, seguindo o 
seu livro-texto. Você pode observar que o primeiro tema destacado na unidade 4 diz respeito aos aspectos gráficos de 
um trabalho acadêmico, como tamanho, tipo de papel, numeração das seções que compõem o trabalho, a paginação, 
a formatação do texto e à sua impressão. Estes critérios e padrões não são uma exigência pessoal dos professores 
ou das professoras de cada disciplina. Na verdade, são critérios e padrões técnicos que estão previstos na NBR 
14.724/2011, conforme vimos na tabela acima, e que nos orientam na construção dos trabalhos acadêmicos.
 
Fonte: http://sereduc.com/JCYa8k
 3
Metodologia Científica
aspeCTos GrÁfICos
Na leitura prévia do seu livro-texto, você observou que o autor faz algumas importantes considerações sobre a apa-
rência e qualidade de apresentação de um trabalho acadêmico e científico, no mundo do ensino superior e no mundo 
universitário. De fato, a qualidade desta apresentação e desta aparência está ligada diretamente a própria organiza-
ção do seu trabalho acadêmico. Esta organização deverá refletir e mostrar não somente sua competência em construir 
seus trabalhos, bem como o seu compromisso em organizar seus estudos da melhor maneira possível, demonstrando 
sua competência intelectual e operacional para sua formação acadêmica. Guimarães (2012) vai mais longe afirmando 
que, quando um professor ou professora está diante de um trabalho organizado, fica com uma impressão positiva 
sobre as habilidades intelectuais e acadêmicas do(a) aluno(a).
Mas antes de entrarmos nos aspectos gráficos, devemos lembrar a você que todo trabalho acadêmico é dividido em 
uma parte externa e uma parte interna, cada uma delas com seus respectivos elementos. Considere a figura abaixo 
que define estes elementos:
 4
Metodologia Científica
Desse modo, vamos aos aspectos gráficos do trabalho acadêmico. Para uma melhor aprendizagem, e baseados na 
NBR 14.724/2011, podemos apresentar a você, em tabelas, as principais dimensões da parte gráfica do trabalho 
acadêmico, melhorando a sua visualização e sua compreensão sobre o assunto:
papel: Tamanho e Tipo
Em seu livro-texto, no tópico \u201cPapel: tamanho e tipo\u201d, nas páginas 91-92, o autor dá algumas dicas sobre este aspec-
to. Vamos a elas:
1. O mesmo tipo de papel deve ser utilizado em todo trabalho.
2. Algumas instituições e congressos preferem os trabalhos em CD-ROM. Mas o arquivo salvo no CD deve 
estar em Word, dentro da padronização da 14.724/2011.
3. A legislação exige que a produção científica seja demonstrada em provas materiais, como artigos científi-
cos, monografias, projetos de pesquisa, dissertações de mestrados ou teses de doutorados.
Devemos lembrar que, na Educação a Distância, toda nossa produção e trabalhos acadêmicos devem ser digitalizados 
e anexados no ambiente virtual. Sem, no entanto, nos desobrigarmos das exigências da ABNT!!
Numeração das sessões e páginas:
É bom deixar claro que todos os aspectos gráficos e textuais dos quais estamos falando nesta unidade 4 estão em 
conformidade com a NBR 14.724/2011 e as demais NBRs, conforme visto anteriormente, ok? 
Outro aspecto importantíssimo para a boa organização do seu trabalho acadêmico é a numeração das seções e pá-
ginas. A regra sobre a numeração é clara e serve para dividir a obra em partes, deixando a organização do texto bem 
apresentada e em uma sequência lógica. As seções de um trabalho acadêmico são organizadas por capítulos e sub-
capítulos que devem ser tituladas, de acordo com a hierarquia dos conteúdos: seção primária, secundária, terciária, 
quartenária e quinária. A partir da quinta seção não se pode mais subdividir a seção, obrigando o estudante à criar 
uma nova seção ou capítulo. Vamos ver um modelo e um exemplo:
 
PAPEL Branco ou reciclado, no formato A4 (21 cm × 29,7 cm).
TAMANHO DA FONTE tamanho 12
TIPO DA FONTE A NBR 14.724/2011 não especifica o tipo da fonte utilizada. Geralmente, usa-se 
Time New Roman ou Arial.
 5
Metodologia Científica
Fonte: http://alinegaldinopsi.blogspot.com.br/2012/06/normalizando-trabalhos-academicos-4-de.html