A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
POLÍTICAS PÚBLICAS E ORGANIZAÇÃO DA EDU BÁSICA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disc.: POLÍTICAS PÚBLICAS E ORGANIZAÇÃO DA EDU. BÁSICA 
Aluno(a): EDUARDO CHRISÓSTOMO DA SILVA 202007028686
Acertos: 9,0 de 10,0 15/10/2020
Acerto: 1,0 / 1,0
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), promulgada em 1996, organiza e estrutura a
Educação em nível nacional. Estabelece, também, os princípios da educação e os deveres do Estado em
relação à educação escolar pública. Segundo a LDB 9394/96, a educação brasileira é dividida em:
Educação Infantil e Ensino Superior
 Educação básica, composta por Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio e Educação
Superior
Educação Infantil, ensino fundamental e ensino superior
creche, pré-escola, ensino fundamental e ensino médio
Educação Infantil, ensino fundamental e ensino médio
Respondido em 15/10/2020 08:46:09
Explicação:
A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), promulgada em 1996, organiza e
estrutura a Educação em nível nacional. Estabelece, também, os princípios da educação e os
deveres do Estado em relação à educação escolar pública. Segundo a LDB 9394/96, a educação
 Questão1
a
https://simulado.estacio.br/alunos/inicio.asp
javascript:voltar();
brasileira é dividida em Educação Básica , composta por Educação Infantil, Ensino Fundamental
e ensino médio, e Ensino Superior.
 
Acerto: 1,0 / 1,0
A Constituição Federal de 1988 é o conjunto de normas que regula o Estado Brasileiro e, assegura o direito à educação,
estabelecendo que é responsabilidade do Estado garanti-lo. Assim, embora o princípio da educação enquanto direito já havia
sido expresso nas Constituições de 1934 e 1946, na constituição federal de 1899 o direito à Educação é:
enquanto direito público devendo ser efetivado pelo setor pública e iniciativa privada
enquanto direito público de dever dos municípios
 enquanto direito social previsto no art. 6º
enquanto direito social daqueles que não teriam acesso à educação na iniciativa privada
como direito universal das crianças de até 12 anos
Respondido em 15/10/2020 08:39:35
Explicação:
A Constituição Federal de 1988 é o conjunto de normas que regula o Estado Brasileiro e, assegura o direito à educação,
estabelecendo que é responsabilidade do Estado garanti-lo. Assim, embora o princípio da educação enquanto direito já havia
sido expresso nas Constituições de 1934 e 1946, na constituição federal de 1899 o direito à Educação é direito social previsto no
artigo 6º.
Acerto: 1,0 / 1,0
(Técnico em Assuntos Educacionais, 2015) Observe a imagem.
 Questão2
a
 Questão3
a
Simch, Porto Alegre (2020)
Fonte: https://apoia.se/simch, Acesso em 31/08/2020.
Observe a imagem.
O Brasil, quando descoberto, oficialmente, em 1500, já continha uma proposta educacional, cujas características básicas eram
o respeito às tradições e o agir a partir do exemplo e da necessidade de elaborar práticas de sobrevivência. Era uma educação
natural, um processo que acontecia cotidianamente, na tribo, sem formalização. A Companhia de Jesus foi, então, encarregada
pelos portugueses de educar os indígenas, ou seja, catequizá-los, tornando-os, assim, integrantes da cultura cristã e
portuguesa.
Considerando-se esse contexto é correto afirmar:
 
 No primeiro século da história do Brasil, os jesuítas inauguraram no país uma pedagogia, cuja base era a catequese e
a instrução, além da imposição da cultura europeia.
No Brasil colonial, os jesuítas criaram uma pedagogia desenvolvida em várias obras que destacam aspectos como a
não-diretividade e o currículo integrado.
A pedagogia jesuítica incluía a crença de que os índios eram seres sem alma, sem linguagem e, por isso, capazes de
recriar e ampliar os dogmas católicos.
Não se pode falar em pedagogia no Brasil colonial, pois a educação era basicamente catequese dos índios, não havia
livros didáticos e não havia escolas.
Para a metrópole portuguesa, a colônia brasileira deveria ser submetida a um amplo, erudito e rico processo
educacional, pois estariam, assim, em acordo com a cultura europeia e esse deveria ser o objetivo primordial dos
padres jesuítas no Brasil no século XVIII.
Respondido em 15/10/2020 08:40:08
Explicação:
A meta dessa educação era efetivamente mais a de recrutar fiéis e servidores para uma Igreja Católica enfraquecida pela
Reforma Luterana. O ensino jesuítico contribuiu para a sistematização da educação na colônia, educando as elites.
Acerto: 1,0 / 1,0
Vivemos em uma sociedade dividida em classes desiguais, com necessidades, atribuições políticas e reconhecimentos
diferentes. Observe a figura:
 
Fonte: https://petletras.paginas.ufsc.br/category/sem-categoria/page/3/, Acesso em 03/09/2020.
A cerca da situação de desigualdade social, enfrentada no Brasil e em diversos locais do mundo, quando nos referimos à
Educação, assinale a alternativa CORRETA, do ponto de vista de um funcionamento adequado do Estado:
 
 
No Brasil, pressupõe-se que todas as crianças tenham acesso à educação e vemos isso de fato, na prática, quando
pensamos que temos a plena aplicação do conceito de equidade presente na legislação.
Equidade pode ser entendida como a aplicação das mesmas medidas a todos componentes da sociedade, já que estes
são seres pensantes e plenamente capazes de se desenvolver, sem diferenças.
 Questão4
a
Todos os seres humanos saudáveis possuem as mesmas oportunidades de se desenvolver, uma vez que o meio que os
cercam proporcionam iguais condições e não influenciam significativamente em seu potencial.
Não é correto que as pessoas que mais precisam sejam tratadas de forma diferente, pois as famílias que possuem
melhores condições de vida, trabalharam muito para isso e devem usufruir de seu sucesso.
 Entender o Estado pressupõe compreender as relações sociais que o compõem e as diferentes demandas que existem,
adaptando às ações prioritárias em função da necessidade de equidade e justiça social.
Respondido em 15/10/2020 10:39:45
Explicação:
Vivemos em uma sociedade dividida em classes desiguais, com necessidades, atribuições políticas e reconhecimentos diferentes.
Entender o Estado pressupõe compreender as relações sociais que o compõem e a demanda de maneiras diversas de acesso às
necessidades básicas do cidadão. Não é possível, por exemplo, imaginar que um adolescente trabalhador terá as mesmas
oportunidades de outro com a mesma idade que se dedica somente aos estudos. Por isso, as políticas públicas são importantes
para promover uma equidade de oportunidade.
Acerto: 0,0 / 1,0
Foi aprovada uma ampla reforma do ensino médio basileiro, promovendo muitas
mudanças na LDB, expressa em detalhes na Lei n. 13.415/2017. A reforma do ensino
médio recriou o dualismo no nosso sistema educacional ao preconizar:
 
 
 A liberdade de expressão traduzida numa Pedagogia libertadora.
Um dualismo vantajoso, em muitos aspectos, para a maior parcela dos estudantes brasileiros.
 Uma reforma do ensino médio que reforça a exclusão de todos aqueles que não podem pagar por
uma escola a qual disponha do conjunto completo de conteúdos.
A exclusão social apesar de manter o acesso ao ensino fundamental para todos, irrestritamente.
 
A inclusão social apesar de ampliar as desigualdades já existentes no país.
Respondido em 15/10/2020 08:49:47
Explicação:
 Questão5
a
Destacar que o dualismo ainda permanece em desfavor da oferta de educação pública de zero a 15
anos de idade.
Acerto: 1,0 / 1,0
"Educação sem homofobia! Escola não é lugar de intolerância! Todo ano o Ministério da Educação (MEC) registra,milhares de 
casos de homofobia na rede pública do país. Atenta a essa triste realidade, a CNTE lançou a Campanha Educação sem
homofobia, que visa chamar a atenção sobre o papel da escola e dos trabalhadores em educação na quebra de preconceitos
desde cedo, discutindo as diferenças e o respeito à diversidade dentro das salas de aula. A construção de um país tolerante e
igualitário começa na escola. Combater a homofobia é lutar contra a violência, a intolerância e por direitos iguais para todos".
(REVISTA LINGUA PORTUGUESA,