A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Sepse

Pré-visualização | Página 2 de 2

norepinefrina, vasopressina, epinefrina, dopamina.
- Cateter venoso central: até 48 horas, pode se iniciar no periférico, vaso calibroso e evitar extremidades.
- Controle de foco: remoção de cateteres venosos infectados, apendicectomia nos casos em que ela se faz necessária, desobstrução de via urinária em pielonefrite obstrutiva, drenagem biliar em colangite.
- Corticoide: apenas em casos refratários. Em casos de sepse pode ocorrer uma insuficiência adrenal relativa e, por isso, a adrenal não produz corticoide suficiente para manter o metabolismo, sendo necessária suplantar com corticoide extra. Indicação: PAS < 90 mmHg por mais de 1 hora após ressuscitação volêmica adequada + vasopressores. Riscos de gerar hiperglicemia, hipernatremia e fraqueza muscular. Hidrocortisona 50 mg 6/6 horas por 5 a 7 dias EV.
Transfusão em geral somente com Hb < 7, cardiopatas Hb < 8 ou 8,5
A IMPORTÂNCIA DA COLETA DE LACTATO:
Deve ser colhido pois níveis acima do normal são considerados como disfunção e por isso definem a presença de sepse. A hiperlactatemia na sepse é atribuída ao metabolismo anaeróbio secundário à má perfusão tecidual.
Dia 13 de setembro é o dia mundial da sepse.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.