A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Analise de conjuntura apol 1 tentativa III

Pré-visualização | Página 1 de 4

Questão 1/10 - Análise de Conjuntura
Leia o texto abaixo:
O Sistema de Contas Nacionais apresenta informações sobre a geração, a distribuição e o uso da renda no País. Há também dados sobre a acumulação de ativos não financeiros, patrimônio financeiro e sobre as relações entre a economia nacional e o resto do mundo. Com o lançamento da presente publicação, o IBGE dá prosseguimento à divulgação dos resultados do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010, contemplando, nesta edição, os dados referentes a 2014 e, em caráter excepcional, a revisão de alguns resultados das séries de 2010 a 2013, cujas alterações, motivadas por ajustes metodológicos, entre outros fatores, encontram-se detalhadas em tópico próprio.
Fonte: IBGE. Sistema de Contas Nacionais – SCN: O que é. Instituto Brasileiro de Estatística (IBGE). Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/economicas/contas-nacionais/9052-sistema-de-contas-nacionais-brasil.html?=&t=o-que-e.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, qual é a função do Sistema de Contas Nacionais (SCN):
Nota: 10.0
	
	A
	O SCN procura apresentar como uma economia deveria estar com relação às outras economias existentes no mundo.
	
	B
	O SCN busca representar o desempenho real de uma economia, informando sobre os montantes contábeis que circularam naquela economia em dado período.
Você acertou!
Como explica Simonsen e Cysne (1985), a contabilidade nacional ou o sistema de contas nacionais procura representar o desempenho real de uma economia, ou seja, informar da maneira mais precisa os montantes contábeis que circularam naquela economia em dado período.
 
Referência: Rota de aprendizagem da aula 2. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 3: Sistema de Contas Nacionais.
	
	C
	O SCN objetiva apresentar um balanço dos acordos assinados por um Estado com Organizações Internacionais e outros Estados.
	
	D
	O SCN procura representar as transações financeiras e comerciais realizadas pelas empresas estatais de um país.
	
	E
	O SCN busca apresentar como está o crédito financeiro da população de um país com relação a populações de outros países.
Questão 2/10 - Análise de Conjuntura
Leia o trecho a seguir:
No decorrer da disciplina Análise de Conjuntura, nós observamos que para compreender a política cambial de um país é preciso observar se ele utiliza uma taxa de câmbio flutuante ou uma taxa de câmbio fixa.
Fonte: Rota de aprendizagem da aula 3. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Taxa de Câmbio.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a principal diferença entre a taxa de câmbio flutuante e a taxa de câmbio fixa: 
Nota: 0.0
	
	A
	A taxa de câmbio flutuante segue as alterações na demanda e oferta de moeda. A taxa de câmbio fixa é definida como uma paridade constante entre moeda nacional e uma estrangeira.
A taxa de câmbio flutuante segue as alterações na demanda e oferta de moeda, sem intervenção do governo. Portanto, a característica mais importante desse regime de flutuação é que a taxa de câmbio é movida exclusivamente pelas forças de mercado. Alterações de demanda agregada são incorporadas rapidamente na taxa de câmbio. Além disso, outra característica do câmbio flutuante é que este funciona como um ajuste do balanço de pagamentos quando há um desequilíbrio entre a demanda e oferta de moeda estrangeira. Explicando melhor, um desequilíbrio geralmente ocorre quando a demanda de moeda estrangeira supera a oferta, a diferença terá que ser coberta por alguma fonte de financiamento extra ou terá que desaparecer via ajuste da demanda. Por outro lado, a taxa de câmbio fixa é definida como uma paridade constante entre moeda nacional e a estrangeira, usualmente definida por meio de uma decisão de governo. Diferente da forma anterior, aqui a diferença entre a demanda de moeda estrangeira e a oferta não será eliminada pelo mecanismo de preços (desvalorização cambial).
Referência: Rota de aprendizagem da aula 3. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 1: Taxa de Câmbio.
	
	B
	A taxa de câmbio flutuante é definida pela oferta de moeda nacional no estrangeiro. A taxa de câmbio fixa é determinada pelo banco central de um país de acordo com as suas reservas.
	
	C
	A taxa de câmbio flutuante segue o aumento das exportações de um país. A taxa de câmbio fixa é estabelecida em fóruns por empresas estatais e privadas nacionais.
	
	D
	A taxa de câmbio flutuante é definida pelos regimes internacionais econômicos. A taxa de câmbio fixa é determinada pelo Fundo Monetário Internacional.
	
	E
	A taxa de câmbio flutuante segue os interesses das empresas transnacionais localizadas em um país. A taxa de câmbio fixa é dada pelo governo.
Questão 3/10 - Análise de Conjuntura
Leia o texto abaixo:
Podemos dizer que a Ciência Econômica examina os fenômenos sociais que dizem respeito à produção, distribuição e consumo de bens e serviços que satisfazem às necessidades humanas. Todos esses fenômenos - produção, distribuição e consumo -quase sempre estiveram presentes no cotidiano humano, então por que a ciência demorou tanto para se desenvolver? A resposta é simples, o sistema de produção capitalista produziu um crescimento no mercado de trocas, com predominância de uma lógica de mercado impessoal. Esse desenvolvimento do mercado de trocas estimulou o nascimento de uma ciência voltada para explicar esse comportamento humano em um novo ambiente. E quais seriam os princípios da ciência econômica? Segundo Mankiw (2009) há quatro princípios fundamentais de tomadas de decisões individuais.
Fonte: Rota de aprendizagem da aula 1. Análise da Conjuntura com o prof. Joaquim Israel Ribas Pereira. Tema 3: Como a economia se situa na Análise de Conjuntura.
Tendo como base os conteúdos discutidos na disciplina Análise de Conjuntura, análise as afirmações abaixo, que discutem os princípios de tomada de decisão individual, e depois assinale a alternativa que indica apenas as corretas:
I. As pessoas possuem recursos limitados, ou seja, elas precisam fazer escolhas de acordo com as suas necessidades, interesses e possibilidades.
II. A tomada de decisão demanda que os indivíduos comparem os custos e os benefícios em determinada situação, envolvendo o custo de oportunidade.
III. As decisões são centrais e absolutas, uma vez que envolvem a capacidade de adivinhar os melhores resultados.
IV. As pessoas reagem a incentivos, uma vez que tomam as decisões por meio da comparação entre custos e benefícios, e podem mudar o seu comportamento caso eles se se alteram
Nota: 10.0
	
	A
	Apenas as afirmativas I e II estão corretas.
	
	B
	Apenas as afirmativas I, III e IV estão corretas
	
	C
	Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
	
	D
	Apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas.
Você acertou!
A resposta correta é aquela que aponta que apenas as afirmações I, II e IV estão corretas. A afirmação I está correta porque as pessoas enfrentam trade-offs. Trade-off define uma situação de escolha conflitante, quando para escolher algo precisamos deixar outra. Está diretamente relacionada com o princípio fundamental da economia, o da escassez, isto é, a sociedade e os indivíduos têm recursos limitados. Um exemplo simples de trade-off é entre gastar ou poupar. A afirmação II está correta porque a tomada de decisão exige comparar os custos e benefícios de possibilidades alternativas, diante disso a economia apresenta um conceito que vai além do custo contábil, o custo de oportunidade. Este é definido como aquilo de que você abre mão para obter o bem. Exemplo, quando você decide fazer uma faculdade, o tempo que você poderia dedicar ao trabalho é o seu custo de oportunidade. A afirmação III está incorreta porque as decisões são marginais – e não centrais e absolutas. Quando as decisões não são qualitativas e sim quantitativas, elas irão envolver um trade-off

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.