A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Minicurso Negócios Internacionais CONRI2021-convertido

Pré-visualização | Página 1 de 1

CONRI 2021 – Minicurso de Negócios Internacionais e Práticas Diplomáticas – Módulo I 
Professora Mayara Duarte 
Anotações – Diplomacia Corporativa 
Priscila Carvalho de Souza - https://www.linkedin.com/in/priscila-carvalho-de-souza-
64983786/ 
 
• A diplomacia corporativa, ainda é pouco observada entre os Internacionalistas que 
ainda visam a diplomacia estatal. É necessário observarmos que as empresas, hoje em 
dia, estão buscando cada vez mais se internacionalizar, dessa forma, a posição de 
diplomata corporativo é um cargo estratégico para atuar nessa nova demanda. Eles 
são responsáveis por avaliar e compreender cenários, fazer negociações, criar acordos 
e principalmente minimizar possíveis conflitos. 
• Um diplomata corporativo deve desenvolver habilidades como a liderança, 
comunicação, negociação, ter boa oratória e conseguir gerir conflitos, e adquirir 
conhecimentos multidisciplinares. 
• Campo de atuação: empresas privadas, ONGs, Organizações Internacionais, Agências 
de RH, Instituições financeiras, Consultorias 
• Objeto de estudo: a relação da empresa com seus atores de mercado (internos ou 
externos) 
• Stakeholders: São todos aqueles atores que tem alguma influência ou são atingidos de 
alguma forma pelas atividades da empresa, possuem interesse direto ou indireto. 
• Qual a importância da diplomacia corporativa? As corporações empresariais estão em 
um crescente no cenário mundial, e a diplomacia tradicional não conseguiria atender 
essa demanda. 
• Diplomata corporativo entende de finanças, relações com investidores, gestão de 
pessoas, marketing e vendas, logística e outras coisas. 
• Negócio é diferente de negociação, negócio é o ato da negociação (caso haja uma 
divergência, seja ela cultural, legal, econômica ou administrativa). A negociação é o 
processo de buscar a aceitação de ideias, propósitos ou interesses visando ao melhor 
resultado possível, de tal modo que as partes envolvidas tenham sido ouvidas e que o 
produto final seja maior que a soma das contribuições. 
• As falhas mais comuns na negociação: Objetivos imprecisos; Desconhecimento da 
outra parte; Falta de estratégia para concessões; Reduzida quantidade de alternativas; 
Pressa em decidir; Falta de habilidade para negociar. É necessária uma boa preparação 
para a negociação, estar disposto a fazer concessões e levar alternativas. A posição da 
nossa empresa no mercado e com a qual se negocia são importantes, além do limite 
das duas empresas, pontos fortes e fracos. 
• Premissas efetivas: Focar em relacionamentos duradouros, não subestimar ou 
superestimar sua empresa, ter alternativas, conhecer bem as suas partes, possuir 
adaptabilidade, flexibilidade e prezar pela inovação. 
• Estilos de negociadores: Catalisador- influenciador, expressivo, indutor e sociável; 
Apoiador – cordial, afável e estável; Controlador- dirigente, diretivo e realizador; 
Analítico (a soma de todos os outros): metódico, complacente e escrupuloso, ele faz 
uma análise completa. 
Entender o estilo do negociador vai facilitar o seu processo de negociação. 
https://www.linkedin.com/in/priscila-carvalho-de-souza-64983786/
https://www.linkedin.com/in/priscila-carvalho-de-souza-64983786/
• Estratégia PICO (Harvard) -> Pessoas – separar pessoas de problemas 
 Interesses – Concentre-se nos interesses e não nas 
posições 
 Critérios – Insista que o resultado tenha por base 
algum padrão objetivo 
 Opções – crie uma variedade de possibilidades antes 
de decidir o que fazer. 
• O idioma está na base da cultura, então é essencial que a comunicação seja efetiva. 
Geralmente, a língua é a primeira barreira a ser quebrada 
• Riscos da internacionalização – Risco intercultural que se refere a dificuldade de 
interpretação, Risco país, efeitos adversos de ações das empresas que podem afetar 
de forma política, jurídica e econômica um país; Risco cambial, referente as flutuações 
das faixas de câmbio; Risco comercial, possibilidade do fracasso 
 
 
INSIGHTS 
 
 
Por trás de uma boa empresa sempre tem um capital pessoal efetivo 
 
 
O óbvio também precisa ser dito. 
 
 
O que não foi dito também precisa ser analisado. 
 
 
Cada negociação deve ser personalizada e adaptada a cada proposta. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
O material disponibilizado são anotações sobre o Minicurso e é complementar aos materiais 
disponibilizados dentro do Congresso