A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Retalhos cirúrgicos e periodontais

Pré-visualização | Página 1 de 2

Clinica 
 
 
 
 
 
Retalho 
É uma manobra cirúrgica para a separação de tecidos. Visa a separação da porção 
de gengiva e/ou mucosa dos tecidos subjacentes, permitindo acesso e visibilidade 
ao osso, superfícies radiculares e mucosas. 
 
Tipos de cirurgia periodontais com retalho 
Acesso cirúrgico para raspagem 
Aumento de coroa clínica 
Recobrimento radicular 
 
Técnica de retalho 
• Incisão 
• Descolamento 
• Realização do procedimento 
(ex.: osteotomia, descontaminação radicular, reconstrução de tecidos) 
• Sutura 
 
Incisão 
• Firme e única 
• Bisturi afiado 
* o fio de corte pode ser facilmente perdido com um tecido fibroso, por isso a 
lâmina deve ser trocada, caso perceba que esteja cortando com maior 
dificuldade e dilacerando o tecido 
• Atingir os planos dos tecidos a serem acessados 
 
Tipos de incisão 
x Horizontais: bisel interno, sulcular e interdental 
x Verticais: relaxantes 
 
* Podem ser usadas de forma isolada ou em conjunto. 
 
 
 
 
 
 
Horizontais 
 
Bisel interno ou incisão primária 
• Inclinação do bisturi 45° no sentido da raiz do dente/osso 
• O bisel é feito na porção interna do dente 
* o bisel é feito por meio da remoção da gengiva interna que está em contato com 
o dente para poder encaixar o descolador 
* por ser feito de maneira externa, é conservado toda a margem externa de tecido 
queratinizado 
• Essa incisão não é feita em 100% dos casos, mas quando é feita, é sempre a incisão 
primária 
• Conserva relativamente a superfície externa da gengiva 
• Produz margem delgada e fina para adaptação osso-dente 
• Retalho é refletido para expor osso subjacente e a raiz 
 
 
 
 
Vantagem: 
Ao remover uma porção de gengiva próxima ao dente, há a oportunidade de 
descolar e ter acesso ao osso. 
Essa incisão é preconizada quando a cirurgia necessariamente precisa remover faixa 
de tecido gengival para ter acesso ao osso para fazer desgaste, por exemplo. 
 
Bisel externo x bisel interno 
Externo: inclinação para coroa dentária e remoção de somente de excesso gengival 
(ex.: gengivectomia) 
Interno: inclinação para a raiz do dente e remoção do pedaço de gengiva, 
descolamento e acesso ao osso 
 
 
Sulcular ou incisão secundária 
• Incisão intrasulcular é feita da margem gengival/base do sulco até a crista óssea 
• O bisturi é posicionado paralelo ao longo eixo do dente 
• É feita ao redor do dente todo 
• Preserva totalmente o tecido queratinizado 
• Circunda e divide as estruturas periodontais, abrangendo/circundando a papila 
por inteiro 
* se não respeitar o formato da papila, pode formar black spaces 
 
 
 
 
Interdental 
• Pode ser realizada com o bisturi de Orban ou convencional 
• Separa o colar de gengiva deixado em torno do dente 
• Geralmente é utilizada quando é feito a incisão em vários dentes 
 
 
Verticais 
• São chamadas de relaxantes. 
• Não pode incisionar no centro da papila e centro do dente onde fica localizado 
o zênite gengival 
• Não pode fazer essa incisão reta ou convergente para apical, se não o 
suprimento sanguíneo é reduzido 
• A forma correta que o retalho deve ser feito é mantendo uma distância média 
entre a papila e o zênite gengival 
 
Forma correta e incorreta de realizar retalho 
 
 
 
 ✘ Incisão no centro da papila, centro do dente 
 
 
Forma correta de realizar retalho 
Deve-se ultrapassar gengiva inserida e incisionar até mucosa alveolar, caso contrário 
dificulta a mobilidade do retalho 
A mucosa alveolar possui muitas fibras elásticas e é muito vascularizada, por isso ela 
deve ser incluída no retalho 
Base deve ser maior que o ápice para fornecer nutrição e o tecido cicatrizar de 
forma correta 
 
 
 
Gengiva inserida = fibras colágenas 
Mucosa alveolar = fibras elásticas 
 
 Classificação dos retalhos 
Quanto a incisões relaxantes: 
Retalho do tipo envelope 
Retalho com incisões relaxantes 
 
Quanto ao descolamento: 
Total 
Parcial 
 
Quanto ao tipo de incisão: 
Retalho sulcular 
Retalho de Widman modificado 
 
Quanto ao reposicionamento do detalho: 
Retalho reposicionado coronalmente 
Retalho reposicionado lateralmente 
Retalho reposicionado apicalmente 
 Quanto a incisões relaxantes 
 
• Retalho do tipo envelope 
• Só possui incisões horizontais 
• Abrangência de uma área lateral maior para melhorar a visibilidade, mas apesar 
disso, tem menos suturas do que o retalho com incisão relaxante, visto que na 
do tipo envelope, basta ter suturas nas regiões interdentais 
• Pós operatório mais conveniente 
 
 
 
Retalho com incisões relaxantes ou retalho relaxado 
• Obrigatoriamente possui uma ou duas incisões relaxantes 
• Acessibilidade facilitada ao campo operatório 
• Grande área a ser cicatrizada, sendo uma desvantagem no pós-operatório 
 
 
 
 
Quanto ao descolamento 
 
Parcial mucoso 
• É descolado parte do epitélio externo com parte do conjuntivo e o restante do 
conjuntivo e periósteo ficam junto ao osso 
• Geralmente é utilizado quando o objetivo não é trabalhar em osso e raiz, já que não 
vai ser exposto 
• É utilizado quando se quer trabalhar somente em tecido gengival (ex.: recobrimento 
radicular) 
• Não deve ser realizado na face palatina ou lingual 
• É feito com bisturi 
 
Total ou mucoperiosteal 
• Afastamento de todo o tecido gengival e periósteo, deixando o osso e a raiz 
completamente acessível, logo, quando se quer visualizar essas duas estruturas, esse 
descolamento é realizado 
 
 
Quanto ao tipo de incisão 
 
Técnica de Widman 
• Reúne alguns tipos de incisões 
 
Como é feito 
1. Incisão em bisel interno retirando a parede interna da bolsa periodontal (parte 
que está contaminada) 
2. Duas incisões relaxantes na área 
3. Incisão intrasulcular e interdental para retirar o tecido contaminado que está em 
contato com o dente 
4. Desgaste ósseo para retirar a contaminação 
5. Reposicionamento gengival mais apical 
 
 
 
Obs.: esse tipo de retalho ainda é utilizado em algumas escolas e é muito cobrado 
em concursos. 
 
 
 
 
 
 
Técnica de Widman modificado 
É uma modificação da proposta inicial porque o anterior é muito invasivo. 
 
Como é feito 
1. Incisão em bisel interno para remover a porção de gengiva que está em contato 
com o dente contaminado 
2. Incisão intrasulcular 
3. Incisão interdental 
4. Posicionamento do tecido no mesmo local 
 
 
 
 
 Resumindo 
Widman e Widman modificado tem o mesmo objetivo: tratamento de bolsas 
periodontais e aumento de coroa clínica, mas possuem diferentes formas de serem 
realizados. 
 
Widman: tem duas incisões relaxantes, desgaste ósseo e posicionamento do tecido 
mais apical. 
Widman modificado: sem incisão relaxante, sem desgaste ósseo e o retalho é 
posicionado no mesmo local. 
 
Técnica de Kirkland 
Descreveu uma técnica para tratamento cirúrgico de bolsas periodontais. 
Essa é a técnica utilizada atualmente quando quiser um acesso cirúrgico para 
raspagem. 
Ele pensou que basta mover e descolar a gengiva para instrumentar a superfície 
contaminada. 
Elaborou um retalho chamado de sulcular. 
 
1. Incisões intrasulculares 
2. Descolamento total para ter acesso ao osso e raiz 
3. Raspagem e alisamento radicular 
4. Reposicionamento do tecido no mesmo lugar 
5. Sutura 
 
 
Quanto ao tipo de reposicionamento do retalho 
Retalho reposicionado: mesmo lugar de origem 
Retalho reposicionado coronalmente: cobrimento do dente 
Retalho reposicionado apicalmente: aumento do tamanho do dente 
 
 
Retalho reposicionado coronalmente 
Indicações 
• É indicado que se tenha um tecido de qualidade na região que vai ser 
reposicionado. 
• A região de cristas interproximais precisam ser mantidas, não pode ter perda 
óssea interproximal, visto que é esse osso que vai suportar e nutrir o retalho para 
manter a papila em posição e garantir que o