A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Ovace

Pré-visualização | Página 1 de 1

Ovace (engasgo) 
Emergência Pré-Hospitalar 
 
A priori, estimular tosse (ovace parcial). Porém, é muito importante saber reconhecer os sinais 
de alarme (sugestivos de ovace total): 
• Incapacidade de falar/chorar; 
• Troca de ar insuficiente ou inexistente; 
• Tosse fraca e ineficaz ou nenhuma tosse; 
• Ruído agudo ou ausência de ruídos; 
• Dificuldade respiratória crescente; 
• Sinal universal de asfixia. 
Nesses casos, realizar a manobra HEIMLICH! 
• Posicionar-se atrás da vítima, e realizar compressão abdominal, logo acima do umbigo, 
com mãos sobrepostas (uma fechada, a outra aberta, envolvendo a primeira). 
• Em vítimas grávidas ou obesas, realizar a compressão no tórax, e não no abdome. 
• Em caso de vítima inconsciente: chamar por ajuda, posicionar a vítima em superfície 
firme e plana e iniciar compressões torácicas! Ventilar 2 vezes, porém, antes de ventilar, 
abrir a boca da vítima à procura de corpo estranho! Caso esteja visível, retirá-lo com o 
dedo em formato de pinça! Caso não, ventilar 2 vezes. 
 
Ovace em bebês concientes: 
• Antes de fazer as compressões, inspecionar a cavidade oral! Se o objeto estiver visível e 
alcançável, retirá-lo com o dedo em pinça. 
• Realizar 5 golpes (tapas) no dorso do bebê (entre as escápulas), depois vira a criança e 
realiza 5 compressões torácicas, logo abaixo da linha mamilar! 
 
 
Se o bebê começar a ficar inconsciente... 
• Chamar por ajuda, posiciona a vítima em superfície firme e plana e iniciar as 
compressões torácicas que nem o SBV em lactentes! 
• Ventilar 2 vezes, porém, antes de ventilar, abrir a boca da vítima à procura de corpo 
estranho! Caso esteja visível, retirá-lo com o dedo em formato de pinça! Caso não, 
ventilar 2 vezes.