A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
NIVELAMENTO DE COMUNICAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 4

NIVELAMENTO DE COMUNICAÇÃO 
Sobre "Mídia", assinale a alternativa correta:
Não necessita estudar o público-alvo.
Restringe-se à vídeos.
 É o setor da agência de publicidade responsável pelas tarefas de veiculação de anúncio.
Não pensam em custo.
A comunicação não pertence ao campo de mídia.
Questão 2
Sobre comunicação no meio empresarial, assinale a alternativa incorreta.
Hoje, escutar alguém se tornou algo sutil, e é preciso treino para se escutar bem uma pessoa.
 Não adianta ouvir o cliente, não o interrompendo em nenhum momento, se nós estamos pensando em outra coisa. Assim, estamos apenas enganando a nós mesmos.
 As pessoas do mundo de hoje são extremamente pacientes.
O ato de escutar demanda um absoluto silêncio interior e uma absoluta atenção ao outro.
É importante notar que, para se escutar alguém, é preciso parar e se dedicar ao outro.
Questão 3
Assinale a alternativa correta sobre "Comunicação".
Comunicação é apenas a fala.
Comunicação não se relaciona com a cultura.
 No tocante à evolução da comunicação, as datas são presumidas, sem muita precisão.
Comunicação é apenas a escrita.
Comunicação é o que você diz.
Questão 4
Dentre esses, qual não é um tipo de linguagem?
 Trabalho.
 Gestual.
Teatral.
Musical.
Artística.
Questão 5
Assinale a alternativa incorreta em relação à "Comunicação".
É também um direito fundamental e humano que nasce na própria sociedade e precisa ser garantido para que diversas vozes sejam ouvidas.
 A palavra é originária do latim "communicare" ? tornar comum, partilhar, repartir, associar, trocar opiniões, etc.
 Cerca de dez novos títulos de livros são editados por dia em todo o mundo.
No Brasil, a Constituição Federal de 1988 trata da liberdade de expressão e do acesso à informação no seu artigo 5º
Desde 1789, na França, o direito à informação vem sendo anunciado.
Questão 1
A diretora do departamento pessoal de uma empresa, a Sra. Ana Lúcia Costa, informou, por meio de um e-mail, ao Sr. José de Arimateia, diretor do departamento financeiro, que havia a necessidade imediata da compra dos equipamentos. Na situação acima transcrita, pode-se afirmar que o diretor do departamento financeiro é o:
referente da mensagem.
 receptor da mensagem.
emissor da mensagem.
código da mensagem.
canal da mensagem.
Questão 2
Os componentes essenciais da comunicação humana são:
 emissor, receptor, mensagem, código e feedback.
mensagem, confirmação, abertura, destinatário e fecho.
emissor, código, entrada, saída e sinais.
receptor, feedback, assinatura, ruídos e barreiras.
signos, sinais, elementos, código e avaliação.
Questão 3
O elemento do processo comunicacional que oferece ao emissor retorno sobre a reação do destinatário diante da mensagem, fazendo prosseguir o fluxo de comunicação, é chamado de:
código.
ruído.
canal.
entropia.
 feedback.
Questão 4
Qual o modelo tradicional para o desenvolvimento de uma comunicação eficiente de acordo com KOTLER (1998)?
 Emissor, codificação, mensagem, mídia, decodificação, receptor, resposta, feedback, ruído.
Feedback, resposta, receptor, codificação, mídia, mensagem, decodificação.
 Emissor, codificação, mensagem, mídia, decodificação, receptor, resposta, feedback.
Feedback, emissor, mensagem, receptor, resposta, mídia.
Questão 5
Vamos supor que eu esteja na margem de um grande lago e que precise entregar uma encomenda para uma pessoa do outro lado. Primeiro, preciso de um barco para transportá-la. Segundo, preciso encontrar um meio de colocá-la no barco. Preciso de um cais para pôr-me em ligação com o barco. Finalmente, preciso de água, alguma coisa que leve o barco. Na analogia acima, analisando sob o prisma da teoria da comunicação, onde o esquema de uma boa comunicação necessita de elementos, pode-se considerar os elementos "cais" e "água" como:
respostas.
estímulos.
 redundâncias.
 canais.
receptores.
Questão 1
São eles "embaixadores" da organização, que são verdadeiros multiplicadores dos valores, atividades e produtos da empresa. O público interno é, certamente, um dos que têm maior crédito ao falar a respeito da organização. Por isso é muito importante que ele esteja sempre bem informado, sendo o primeiro a saber sobre as notícias da empresa. Tudo isso é responsabilidade de formação:
 de gestores e funcionários.
 da comunicação interna.
da comunicação externa.
do assessor de imprensa.
Questão 2
1) (ENADE 2009) A polidez e a conveniência das intervenções ? a própria noção de ser educado ? variam com a natureza da cultura e as relações sociais vigentes. O mesmo ocorre com a fala por implicações ? dar indiretas, sugerir, indicar sem ser explícito. Suponhamos que um funcionário diga que acredite que a firma X irá ganhar uma licitação: pode estar apenas manifestando sua convicção de que a firma atende melhor às condições do edital, mas pode também estar sugerindo algum tipo de acerto ilegal em prejuízo dos concorrentes. Adaptado de LAGE, N. A reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Rio de Janeiro: Record, 2001. p. 62. Considerando a situação descrita no texto acima, avalie as afirmações a seguir. I. Quando um funcionário fala em nome de determinada instituição, é preciso conferir se sua fala é autorizada, a fim de se identificar se deve ser tratado como fonte oficial ou oficiosa. II. Fontes oficiosas, em jornalismo, constantemente expressam-se em off, pois não respondem como "origem" oficial das informações que fornecem. III. De modo geral, as fontes oficiais são mais confiáveis do que as oficiosas, pois representam, de forma legítima, instituições públicas e privadas. É correto o que se afirma em:
II e III, apenas.
III, apenas.
I e II, apenas.
I, apenas.
 I, II e III.
Questão 3
A habilidade de leitura não se reduz à tradução de sílabas ou palavras (signos linguísticos) em sons, isoladamente (decodificação), mas deve passar pelas seguintes etapas, exceto:
 Interpretar
Reter.
 Falar.
Compreender
Decodificar.
Questão 4
Deve ser estruturado e fundamentado por meio de uma pesquisa de campo (diagnóstico), de entrevistas pessoais e coletivas e da participação do corpo funcional (representantes de funcionários), ou seja, dos núcleos de comunicação:
um bom programa para lobbys.
 um bom plano de comunicação interna.
 um bom planejamento estratégico.
um bom entrevistador, que possua habilidades de coletar dados para a empresa.
Questão 5
Além das pesquisas de ambiente interno, que podem ser realizadas a cada biênio, com funcionários e executivos, a organização pode adotar a pesquisa anual qualitativa de comunicação, avaliação mensal com os comitês de comunicação, formulários de avaliação imediata e avaliação informal, sendo estas duas últimas analisadas caso a caso. Essa é uma das ferramentas mais eficazes para:
atender às auditorias de opinião e imagem, fortes aliadas da comunicação.
 identificar as demandas de planejamento financeiro da empresa e focar nas suas ações.
 o monitoramento do plano de comunicação de empresas.
frequentar as reuniões, responder às perguntas e contribuir para causas úteis.
Questão 1
Segundo Margarida Kunsch, a comunicação interna não deve ser confundida com endomarketing nem ser considerada de modo isolado do conjunto das demais atividades da organização. Deve ser participativa e utilizar todos os instrumentos possíveis, como as novas mídias.
 Certo.
Errado.
Questão 2
(ENADE) Em uma faixa afixada na parede do saguão principal de uma grande revendedora de automóveis, que vem superando suas metas de vendas, pode-se ler o seguinte: ?Satisfação 100% garantida ou seu dinheiro de volta para todos os carros comprados aqui com até um mês de uso?. Certo dia, um cliente adentra o saguão da revendedora, entrega as chaves de seu automóvel recém-adquirido ao sorridente vendedor e anuncia: ?Comprei meu carro aqui na semana passada. Não estou satisfeito. Quero meu dinheiro de volta?. Surpreso, o vendedor afirma que essa situação nunca acontecera, mesmo com a faixa afixada há vários meses na loja. Ele explica que a devolução do dinheiro pago pelo carro dependerá de uma entrevista do cliente com o