A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Técnicas Anestésicas de Mandíbula

Pré-visualização | Página 1 de 1

❖ NERVO ALVEOLAR INFERIOR
● Áreas anestesiadas (região de incisivo central inferior a 3º molar inferior do
lado da infiltração):
o Polpa dentária;
o Ligamento periodontal;
o Osso alveolar;
o Cortical vestibular e lingual;
o Periósteo lingual;
o Periósteo e mucosa vestibulares do incisivo central inferior a 2º
pré-molar inferior;
o Mucosa e pele do lábio inferior;
o Pele do mento.
● Técnica anestésica:
1. Palpação da maior concavidade da linha oblíqua (dedo indicador esquerdo ou
polegar direito do lado oposto ao lado de anestesia);
2. Realizar ¼ de volta do dedo (anti-horário para o lado direito ou horário para o
esquerdo);
3. Após o giro, indica-se o local de introdução da agulha;
4. A carpule é repousada na comissura labial do lado oposto (altura de
pré-molares);
5. Em movimento contralateral, a agulha é introduzida na depressão
pterigomandibular, em um ponto equidistante dos planos oclusais superior e
inferior;
6. A agulha penetrará 20mm, depositando 2/3 do tubete.
❖ NERVO LINGUAL
● Áreas anestesiadas (região de incisivo central inferior a 3º molar inferior do lado da infiltração):
o Periósteo lingual;
o Mucosa lingual;
o Mucosa e musculatura dos 2/3 anteriores da língua;
o Glândulas sublingual e submandibular;
o Soalho bucal.
● Técnica anestésica:
1. A partir da posição final da técnica do nervo alveolar inferior, a agulha é
recuada 1cm e desloca-se a seringa da comissura labial do lado oposto para a
linha média mandibular;
2. No ponto equidistante dos dois planos ocluais, é injetado 1/3 restante no
tubete.
● Obs.: A manobra pode ser feita juntamente com a anestesia do n. alveolar inferior.
❖ NERVO BUCAL
● Áreas anestesiadas (região de 1º molar inferior a 3º molar inferior do lado da
infiltração):
o Periósteo vestibular;
o Mucosa vestibular.
● Técnica anestésica:
1. Palpação da linha oblíqua com o dedo indicador esquerdo ou com o
polegar;
2. A seringa carpule é apoiada no plano oclusal superior e direcionada para
introdução junto à linha oblíqua;
3. A agulha é aprofundada cerca de 2mm e 1/3 do anestésico é injetado.
❖ NERVO MENTUAL E INCISIVO
● Áreas anestesiadas (região de incisivo central inferior a 2º pré-molar inferior
do lado da infiltração):
o Polpa dentária;
o Ligamento periodontal;
o Osso alveolar;
o Cortical vestibular e lingual;
o Periósteo vestibular e lingual;
o Mucosa vestibular;
o Mucosa e pele do lábio inferior;
o Pele do mento.
● Técnica anestésica:
1. Afasta-se o lábio inferior, expondo a região de fundo de sulco junto aos
pré-molares inferiores;
2. A agulha é introduzida de superior para inferior entre os dois
pré-molares, cerca de 6mm de profundidade;
3. Injeta-se 2/3 do tubete.
julianealvesds@gmail.com
REFERÊNCIAS
MALAMED, S. F. Técnicas de Anestesia Mandibular. In:______. (org.). Manual de anestesia local. 6. ed. Rio de
Janeiro: Elsevier, 2013a. Cap. 14, p. 225-252.
PURICELLI, E. Técnicas anestésicas em odontologia. In:______. (org.). Técnica anestésica, exodontia e
cirurgia dentoalveolar. Porto Alegre: Artes médicas, 2014. Cap. 3, p. 29-42.
mailto:julianealvesds@gmail.com