A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
83 pág.
MATERIAL SOBRE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS2

Pré-visualização | Página 1 de 20

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL 
FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 
DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS 
 
 
 
 
 
LUIZ AUGUSTO MARTINELLI 
 
 
 
 
 
 
 
AS POLÍTICAS MONETÁRIAS NÃO CONVENCIONAIS NOS PAÍSES 
AVANÇADOS: CARACTERÍSTICAS, EFEITOS E AVALIAÇÕES 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Porto Alegre 
2016 
 
LUIZ AUGUSTO MARTINELLI 
 
 
 
 
 
 
 
 
AS POLÍTICAS MONETÁRIAS NÃO CONVENCIONAIS NOS PAÍSES 
AVANÇADOS: CARACTERÍSTICAS, EFEITOS E AVALIAÇÕES 
 
 
 
 
 
Trabalho de conclusão submetido ao Curso de 
Graduação em Ciências Econômicas da 
Faculdade de Ciências Econômicas da 
UFRGS, como requisito parcial para obtenção 
do título Bacharel em Economia. 
 
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Milan 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Porto Alegre 
2016 
 
LUIZ AUGUSTO MARTINELLI 
 
 
 
 
 
AS POLÍTICAS MONETÁRIAS NÃO CONVENCIONAIS NOS PAÍSES 
AVANÇADOS: CARACTERÍSTICAS, EFEITOS E AVALIAÇÕES 
 
 
Trabalho de conclusão submetido ao Curso de 
Graduação em Economia da Faculdade de 
Ciências Econômicas da UFRGS, como 
requisito parcial para obtenção do título 
Bacharel em Economia. 
 
 
 
Aprovada em: Porto Alegre, _____de _______de 2016. 
 
BANCA EXAMINADORA: 
 
 
Prof. Dr. Marcelo Milan – Orientador 
UFRGS 
 
 
Prof. Dr. André Moreira Cunha 
UFRGS 
 
 
Prof. Dr. Fernando Ferrari Filho 
UFRGS 
RESUMO 
 
Este trabalho tem como objetivo principal avaliar alguns possíveis impactos dos 
anúncios de políticas monetárias não convencionais na economia dos Estados Unidos e do 
Japão sobre algumas variáveis macroeconômicas. Para isso é discutido se o uso das políticas 
monetárias não convencionais, feitas pelo Federal Reserve, após a crise de 2007-2008, e pelo 
Banco do Japão no início dos anos 2000, foram eficazes em afetar a inflação, a taxa de 
desemprego, a taxa de câmbio e as taxas de juros de longo prazo, a fim de impulsionar o 
crescimento econômico. Também deseja-se identificar quais os canais de transmissão da 
política monetária foram mais eficazes no período que abrange 2008 a 2014, na economia dos 
Estados Unidos e entender o papel da política monetária, em um contexto de taxa nominal de 
juros próxima de zero. 
Palavras-chave: Política monetária. Política monetária não convencional. Facilitação 
Quantitativa. Taxas de juros. Macroeconomia. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ABSTRACT 
 
This paper has the main objective to measure some possible impacts of the 
anouncement of non conventional monetary policies in the economy of United States and 
Japan upon the macroeconomics variables. Therefore it will be tested if the use of 
conventional monetary policies made by the Federal Reserve, after the 2007-2008 crisis and 
by the Bank of Japan, were effective in affect the inflation rate, the unemployment rate, the 
exchange rate and the long term interest rate, to boost economic growth. As well, the paper 
aims to identify which transmission channels of monetary policy were more effective in the 
period between 2008 and 2014, on the United States economy and understand the role of 
monetary policy, in a context of nominal interest rate close to zero. 
Keywords: Monetary Policy. Non Conventional Monetary Policy. Quantitative 
Easing. Interest Rate. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 LISTA DE GRÁFICOS 
Gráfico 1 – Curva de rendimentos normal........................................................................... 25 
Gráfico 2 – Dívida total do governo federal dos Estados Unidos (US$ trilhões) (2004-2014) 
................................................................................................................................................ 28 
Gráfico 3 – Variação na taxa de Federal Reserve Funds (%) (2007-2013).......................... 29 
Gráfico 4 – Taxa de crescimento (do PIB real) (%) (2001-2008)........................................ 29 
Gráfico 5 – Taxa de desemprego (%) (2001-2008) .............................................................. 30 
Gráfico 6 – Curva de rendimentos quando se eleva a taxa de juros no open-market............ 34 
Gráfico 7 – Evolução do caminho projetado pelo mercado do Excesso da manutenção dos 
ativos no balanço patrimonial do Federal Reserve................................................................. 46 
Gráficos 8 - Taxas de retorno e volume de troca em eventos da QE (eixo horizontal)....... 57 
Gráfico 9 – Curva de rendimentos das taxas federal funds, antes e após dias de eventos de 
QE1......................................................................................................................................... 58 
Gráfico 10 – Curva de rendimento a partir de fundos futuros do Federal Reserve, pré e pós 
dias de eventos de E2.............................................................................................................. 60 
Gráfico 11 - Taxas de retorno atuais e estimadas para títulos do tesouro de dois e dez anos 
(%).......................................................................................................................................... 61 
Gráfico 12: Balanço patrimonial do Federal Reserve (US$ trilhões) (2007-2016)............. 63 
Gráfico 13 – Taxa de câmbio nominal efetiva (média semestral)........................................ 67 
Gráfico 14 – Indicadores da facilitação quantitativa, base monetária, M2+CDS, PIB real e 
índice de preços ao consumidor (IPC).................................................................................. 72 
Gráfico 15 – Taxa de crescimento (do PIB real) (%) (2007-2014)...................................... 74 
Gráfico 16 – Taxa de desemprego (%) (2007-2015)............................................................ 74 
Gráfico 17 – Taxa de inflação (IPC) (%) (2007-2015)........................................................ 75 
 
 
LISTA DE QUADROS 
 
Quadro 1 – Balanço estilizado de um banco comercial........................................................ 15 
Quadro 2 – Balanço estilizado do Banco Central................................................................. 17 
Quadro 3 – Os agregados monetários mais utilizados........................................................ 18 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 LISTA DE TABELAS 
 
Tabela 1 – Decomposição dos indicadores de políticas em fatores..................................... 53 
Tabela 2 – Contribuição dos fatores para desvios padrões de indicadores de política......... 54 
Tabela 3 – Taxas de retorno futuras de federal funds através dos eventos de QE1 e QE2, a 
partir de mudanças em dois dias (em pontos-base).............................................................. .59 
Tabela 4 – Impacto do programa de compras de ativos em larga escala nas taxas de 
juros....................................................................................................................................... 66 
Tabela 5 – Impacto do programa de LSAP nas taxas de juros de longo prazo dos Estados 
Unidos.................................................................................................................................... 66 
Tabela 6 – Impacto da facilitação quantitativa nas taxas de câmbio dos Estados Unidos....67 
Tabela 7 – Efeitos nas variáveis macroeconômicas na economia americana....................... 70 
Tabela 8 – Efeitos da mudança da política monetária, durante taxas de juros próximas de zero 
na taxa de juros (Análise VAR) ........................................................................................... 71 
Tabela 9 – Efeitos nas variáveis macroeconômicas na economia japonesa.......................... 72 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................10 
2 SISTEMA MONETÁRIO, LIQUIDEZ E A POLÍTICA MONETÁRIA............14

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.