A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
A Educação Infantil - cuidar e educar

Pré-visualização | Página 1 de 1

A Educação Infantil “creche”, é um universo que promove a construção de uma rede de cuidados que abrange toda a família, além disso, desenvolve um papel muito importante com as crianças como o acolhimento e educação, conseguindo transmitir o sentido da vida e do sentimento mostrando um mundo de novas experiências, o que possibilita a ampliação de horizontes. 
Para trabalhar com crianças nas creches, precisa conhecer seus interesses e necessidades, saber um pouco da história de cada um, as características de sua faixa etária, a fase de desenvolvimento em que se encontra, enfim saber da necessidade daquela criança. 
Portanto, é um trabalho que apresenta preocupação com os cuidados básicos e fundamentais, a uma vida saudável, com isso, considera-se muito o cuidar de forma ampla onde as necessidades devem ser consideradas ao receber esse atendimento, pois é por meio da observação que se pode ter uma visão do como educar.
O cuidar e o educar são essenciais no desenvolvimento cognitivo, afetivo, físico e linguístico da criança; que todas as situações diárias na creche são atos educativos, levados para o resto da vida dessas crianças, pois as brincadeiras, os jogos, as atividades dirigidas, enfim, as rotinas diárias devem buscar autonomia e a formação da identidade, a construção de hábitos saudáveis, e tudo isso, é cuidar e educar as crianças em creches para a vida.
Na educação infantil existem dois aspectos ligados, o cuidar e o educar e devem ser compreendidos com a prática, focando o atendimento nas necessidades físicas, emocionais, afetivas, cognitivas e sociais de forma geral.
Tudo isso contribui para “o cuidar e educar”, pois o ser humano quando não é cobrado ele acaba se acomodando, não querendo sair da sua zona de conforto e ficando no comodismo e somente nas práticas assistencialistas.
Compete também o poder público tomar consciência sobre as políticas públicas no que diz a respeito do direito á infância, para melhorar a forma de atendimento nas instituições de educação infantil, melhorando assim a valorização do trabalho desenvolvido com as crianças dessas instituições.