Exercicios de Fisica
97 pág.

Exercicios de Fisica


DisciplinaFísica I27.567 materiais908.473 seguidores
Pré-visualização35 páginas
do fenômeno da sepa-
ração da luz branca, ao atravessar um prisma de ma-
terial dielétrico, em um contínuo de freqüências na 
faixa óptica do espectro? 
a) Dispersão b) Reflexão 
c) Polarização d) Coerência 
e) Intensidade relativa 
 
10. (UFAL 2009) Um feixe de luz monocromática 
refrata do meio A (índice de refração 1) para o meio 
B (índice de refração 1,5), conforme mostra a figura. 
Sabendo que sen(\u3b8A) + sen(\u3b8B) = 0,5, pode-se con-
cluir que [sen(\u3b8A)]
2
 + [sen(\u3b8B)]
2
 é igual a: 
 
a) 0,08 b) 0,13 
c) 0,25 d) 0,58 
e) 1,00 
11. (UFAL 2009) Uma pequena esfera condutora E 
 
possui inicialmente carga Q. Tal esfera é posta em 
contato com outra esfera idêntica a ela, porém inici-
almente neutra. Quando o equilíbrio eletrostático é 
atingido, as esferas são separadas. Esse processo 
ocorre N vezes em seqüência, sempre colocando a 
esfera E em contato com uma outra esfera idêntica a 
ela, porém neutra, e afastando-as após o equilíbrio 
eletrostático ser atingido. Todo o processo ocorre no 
vácuo. No final, a esfera E possui carga Q/128. O 
valor de N é: 
a) 5 b) 7 
c) 32 d) 64 
e) 128 
 
12. (UFAL 2009) Em cada vértice de um quadrado 
de lado L = m, no vácuo, está fixa uma carga 
puntiforme positiva, Q = 10
\u22126
 C (ver figura). Consi-
derando que o potencial eletrostático no infinito é 
nulo, e dado que o valor da constante eletrostática 
no vácuo é 9 × 10
9
 Nm
2
/C
2
, assinale a alternativa 
com os valores do potencial eletrostático no centro 
do quadrado e da energia potencial eletrostática do 
sistema. 
 
a) zero e 9×10
\u22123(1 \u2212 2 ) J 
b) 10
4
 V e 9×10
\u22123(1 \u2212 2 ) J 
c) 3,6×10
4
 V e 9×10
\u22123(1 \u2212 2 ) J 
d) 3,6×10
4
 V e 9×10
\u22123
(1 + 2 ) J 
e) zero e 9×10
\u22123
(1 + 2 ) J 
 
13. (UFAL 2009) Um circuito elétrico é formado 
por uma bateria de força eletromotriz \u3b5 e N resisto-
res ôhmicos, cada um de resistência R, associados 
em paralelo. A corrente elétrica em cada resistor é 
dada por: 
a) \u3b5/R b) N\u3b5/R 
c) \u3b5/(NR) d) N2\u3b5/R 
e) \u3b5/(N2R) 
 
14. (UFAL 2009) Uma carga puntiforme, inicial-
mente em movimento retilíneo, ingressa numa regi-
ão de campo magnético uniforme com a mesma di-
reção da sua velocidade inicial, porém com sentido 
oposto ao desta. Considerando apenas a ação do 
campo magnético sobre tal carga, pode-se afirmar 
que a velocidade da carga: 
a) não mudará nem o módulo, nem a direção e nem 
o sentido. 
b) não mudará nem a direção e nem o sentido, mas 
aumentará o módulo. 
c) não mudará nem a direção e nem o sentido, mas 
diminuirá o módulo. 
d) não mudará nem o módulo e nem o sentido, mas 
modificará a direção. 
e) não mudará o módulo, mas modificará a direção e 
o sentido. 
 
15. (UFAL 2009) A figura ilustra um fio condutor e 
uma haste metálica móvel sobre o fio, colocados 
numa região de campo magnético uniforme espaci-
almente (em toda a região cinza da figura), com mó-
dulo B, direção perpendicular ao plano do fio e da 
haste e sentido indicado. Uma força de módulo F é 
aplicada na haste, e o módulo do campo magnético 
aumenta com o tempo. De acordo com a lei de Fara-
day, é correto afirmar que: 
 
a) o aumento de B com o tempo tende a gerar uma 
corrente no sentido horário, enquanto que a ação da 
força F tende a gerar uma corrente no sentido anti-
horário. 
b) o aumento de B com o tempo tende a gerar uma 
corrente no sentido antihorário, enquanto que a ação 
da força F tende a gerar uma corrente no sentido 
horário. 
c) ambos o aumento de B com o tempo e a ação da 
força F tendem a gerar uma corrente no sentido ho-
rário. 
d) ambos o aumento de B com o tempo e a ação da 
força F tendem a gerar uma corrente no sentido anti-
horário. 
e) a ação da força F tende a gerar uma corrente no 
 
sentido horário, enquanto que o aumento de B com o 
tempo não tem influência sobre o sentido da corren-
te gerada. 
 
Respostas 1. e 2. c 3. a 4. d 5. d 6. e 7. 
a 8. c 9. a 10. b 11. b 12. d 13. a 14. a 
15. c 
 
1. (UFC 2009) Uma esfera de cobre com raio da 
ordem de micrômetros possui uma carga da ordem 
de dez mil cargas elementares, distribuídas unifor-
memente sobre sua superfície. Considere que a den-
sidade superficial é mantida constante. Assinale a 
alternativa que contém a ordem de grandeza do nú-
mero de cargas elementares em uma esfera de cobre 
com raio da ordem de milímetros. 
a) 10
19
 b) 10
16
 
c) 10
13 
d) 10
10
 
e) 10
1
 
2. (UFC 2009) Uma partícula de massa m gira em 
um plano vertical, presa a uma corda de massa des-
prezível, conforme a figura a seguir. No instante 
indicado na figura, a corda se parte, de modo que a 
partícula passa a se mover livremente. A aceleração 
da gravidade local é constante e apresenta módulo 
igual a g. 
 
Assinale a alternativa que descreve o movimento da 
partícula após a corda ter se rompido. 
a) b) 
c) d) 
e) 
 
3. (UFC 2009) Um relógio analógico possui um 
ponteiro A, que marca as horas, e um ponteiro B, 
que marca os minutos. Assinale a alternativa que 
contém o tempo em que os ponteiros A e B se en-
contram pela primeira vez após as três horas. 
a) 15 min 16(81/90)s 
b) 15 min 21(81/99)s 
c) 16 min 16(81/99)s 
d) 16 min 21(81/99)s 
e) 16 min 21(81/90)s 
 
4. (UFC 2009) Uma partícula de massa m descreve 
uma trajetória retilínea, passando pelos pontos P e 
Q, em seqüência, e parando em R, depois de passar 
por P e Q. Quando ela passa pelo ponto P, sua velo-
cidade é v. Os trechos entre P e Q, de comprimento 
l1, e entre Q e R, de comprimento l2, possuem coefi-
cientes de atrito cinético \u3bc e 2\u3bc, respectivamente. 
Considere a aceleração da gravidade igual a g. O 
ponto R está a uma distância l de P. Assinale a alter-
nativa que contém os comprimentos l1 e l2 corretos, 
em função de \u3bc, l, v e g . 
a) l1 = 2l - v
2/(2\u3bcg) e l2 = v
2/(2\u3bcg) - l 
b) l1 = 3l/2 - v
2/(2\u3bcg) e l2 = v
2/(2\u3bcg) - l/2 
c) l1 = 2l - v
2/(\u3bcg) e l2 = v
2/(\u3bcg) - l 
d) l1 = 2l - v
2/(3\u3bcg) e l2 = v
2/(3\u3bcg) - l 
e) l1 = 3l/2 - v
2/(3\u3bcg) e l2 = v
2/(3\u3bcg) - l/2 
 
5. (UFC 2009) Três recipientes A, B e C contêm, 
respectivamente, massas m , m 2 e m 4 de um mes-
mo líquido. No recipiente A, o líquido encontra-se a 
uma temperatura T; no recipiente B, a uma tempera-
tura T/2; no recipiente C, a uma temperatura T/4. Os 
três líquidos são misturados, sem que haja perda de 
calor, atingindo uma temperatura final de equilíbrio 
Tf. Assinale a alternativa que contém o valor correto 
de Tf. 
a) T/2 b) 3T/4 
c) 3T/8 d) 5T/16 
e) 2T/3 
 
 
6. (UFC 2009) Duas fontes puntiformes, separadas 
por uma distância l, emitem ondas esféricas em um 
meio homogêneo e isotrópico, com potências P1 e 
P2. Suponha que o meio não absorva energia. Em 
um ponto Q, situado entre as duas fontes sobre a 
linha que as une, as intensidades das duas ondas são 
iguais. Assinale a alternativa que contém a distância 
do ponto Q à fonte de potência P1, em função de l, 
se P1 = 4P2. 
a) 4l/5 b) l/5 
c) 2l/3 d) l/3 
e) 3l/5 
 
7. (UFC 2009) Na figura a seguir, o circuito princi-
pal é formado por uma bateria (resistência interna 
nula e força eletromotriz \u3b5), duas molas condutoras 
(cada uma com constante elástica k = 2 N/m e resis-
tência elétrica R = 0,05 \u3a9), uma barra condutora de 
comprimento L = 30 cm e resistência elétrica des-
prezível. As molas estão em seus comprimentos 
naturais (sem deformação). Um campo magnético de 
módulo B = 0,01 T, perpendicular ao plano da figura 
e apontando para dentro da página, está presente na 
região da barra. Existe ainda outra barra isolante, 
conectada a uma ponta condutora, fixa ao ramo su-
perior do circuito principal. A massa da barra isolan-
te é desprezível. Uma lâmpada de resistência r e 
uma bateria de força eletromotriz e ¢ compõem o 
circuito anexo (veja a figura abaixo). A altura entre 
a ponta condutora e o ramo superior do circuito ane-
xo é h = 3 cm. 
Assinale