ok clin peq 16-02-11
3 pág.

ok clin peq 16-02-11


DisciplinaClínica Médica de Mamíferos de Pequeno Porte14 materiais51 seguidores
Pré-visualização2 páginas
regiões desde da pele que dá aquela hiperqueratose, epitelio ocular (olho) que tem na córnea, faz ceratite, ceratoconjuntivite, pode causar lesão pulmonar, lesão vesical na vesícula urinária e pode lesar também o SNC, só que aí a nível de medula a área de predileção é toraco lombar e a nível de encéfalo ele pode pegar córtex cerebral , cerebelo, tronco cerebral e sistema vestibular , então pode ser todas as síndromes juntas em um contexto de um animal com cinomose, o que vai variar é a cepa e a imunidade do hospedeiro, se a imunidade dele estar baixa e a cepa altamente virulenta vc vai ter lesões em várias áreas do SNC .
O que é mais importante nessa síndrome é a dismetria, tremor de cabeça que pode ser chamado também de tremor de intenção, e tremores no tronco também pode acontecer , isso independente de ar condicionado ou medo do veterinário.
Acontece essa síndrome na doença viral: 
- no cão cinomose;
- no gato PIF (peritonote infecciosa felina), retroviroses, herpes vírus felino Tb faz isso a nível de cerebelo.
Em campanhas de vacinação de animais de rua não há seleção dos animais que vão ser vacinados, então muitas vezes vc tem a cadela prenha, gatas gestantes, então já foi confirmado que o vírus da panleucopenia felina dado na fase intrauterina via vacinal em gatas prenhas, o vírus da panleucopenia dificulta o crescimento das células cerebelares , então podemos ter um cerebelo hipoplásico, e animais até 9 semanas de vida também podem desenvolver lesão cerebelar. Muitas vezes acaba sendo auto limitante, o animal convive com aquele déficit. Mas muito cuidado com vacinas de fêmeas gestando. 
O herpes vírus felino também faz isso a nível de cerebelo, então não pode vacinar.
Vacina da raiva dá radiculite. 
A octupla ou dectupla em fêmea gestante pode desencadear hipoplasia cerebelar por causa do herpes vírus canino, então vacinar só depois que tiver os filhotes .
Belinha na aula: 1º coisa a observar- está em estado de alerta? Sim, normal 
A nível de apêndices locomotores: vemos a propiocepção está ausente.
Vimos que na inspeção o estado de carne está normal, não esta caquética nem edemaciada.
Elasticidade cutânea esta presente.
Patinha está espástica, musculatura atrofiada, isso é sinalizador que a bexiga esta com incontinência.
Pela bexiga flácida aonde pode estar essa lesão? Na grande maioria das vezes neurônio motor inferior, mas ele também conjuga uma alteração aqui. Lesão logo após a ultima costela. É uma luxação.
3