A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Relatório prática_ Bioquímica clínica_02 (1) (2)

Pré-visualização | Página 1 de 1

RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS - EaD
	
AULA ____
	
	
	DATA:
______/______/______
VERSÃO:01
RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS 02: Bioquímica Clínica 
	NOME: SONALIA DINIZ VIANA
	MATRÍCULA: 01327199
	CURSO: FARMACIA
	POLO: CAMPINA GRANDE-PB
	PROFESSOR(A) ORIENTADOR(A): JHONATTA ALEXANDRE BRITO DIAS
		TEMA DE AULA: DOSAGEM BIOQUÍMICA EM SORO 
ATENÇÃO: Realizado Dosagem Bioquímica de Ureia e Creatinina, Descrito em Relatório. Conforme aula prática em 15/ 05/ 2003.
 
Ureia
Protocolo - Dosagem de Ureia 
(Marcadores Renais) 
Objetivo do teste: Realizar a dosagem de ureia em fluidos biológicos (soro). 
Importância clínica: A ureia é o produto final do metabolismo das proteínas no homem, sendo formada pela conversão da amônia em ureia no fígado. 
	QTD
	DESCRIÇÃO DAS VIDRARIAS
	QTD
	REAGENTES E SOLUÇÕES
	03
	Tubos de ensaio (para cada dosagem
	300 ml
	Álcool 70%
	
	
	 300 ml
	Água destilada
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	QTD
	MATÉRIA-PRIMA/INSUMO OU ANALITO
	QTD
	EQUIPAMENTOS POR GRUPO
	03
	Tubo de coleta seco
	
	Banho maria à 37°C
	01
	Algodão
	
	Fotômetro
	03
	Blood stop
	
	Pipeta
	01
	Seringa + Agulha
	
	Cronômetro
	01
	Kit de dosagem bioquímica
	
	
	
	
	
	
ATENÇÃO: Esse PAP foi baseado nos kits da LABTEST. É recomendado a verificação da marcada e do encarte disponibilizado pelo fabricante, devido as alterações que podem ocorrer quanto a diferentes metodologias ou uso dos reagentes. Verificar a preparação dos reagentes antes do teste.
1. Coletar por punção venosa 5 ml de sangue em tubo seco;
2. Centrifugar para a obtenção do soro;
3. Utilizar três cubetas do fotômetro para o branco, teste e padrão;
4. Nomear um tubo como “teste” ou “padrão”;
5. Adicionar 1ml do reagente de trabalho (solução do reagente 1 + reagente 2);
6. Adicionar 1 μL da amostra; 
7. Misturar e ler em fotômetro em 340nm ➔ Ao;
8. Ler posteriormente em 30 segundos (A30) e 30 segundos (A90);
9. Utilizar a diferença entre as absorbâncias de A30. A90 para o valor final da absorbância;
10. Repetir o mesmo para ter o valor do padrão (não é recomendado realizar as duas medições ao mesmo tempo, devido ao curto tempo de espera);
11. Cálculo: Ureia (mg/dL ) = Absorbância teste 
 ----------------------------- x 70 
 Absorbância padrão
Técnica: 
Procedimentos: para dosagem no soro 
1. Ajustar o comprimento de onda do espectrofotômetro para 520 nm (filtro verde 490-530 nm); 
Obs.: Etapa realizada pelo professor antes do início da aula e que deverá ser conferida pelo aluno no momento da leitura. 
2. Conferir se ocorreu a retração do coágulo no tubo utilizado para coleta (tubo seco); 
3. Centrifugar por 5-10 min a 3500 rpm; 
4. Durante a centrifugação, identificar 3 tubos de ensaio limpos e secos como B (branco), P (padrão) e T (teste); 
5. Após a centrifugação, observar a separação do coágulo e do soro; 
6. Realizar as reações de acordo com as quantidades indicadas;
7.Homogeneizar os reagentes batendo suavemente com as mãos nos tubos; 
8. Incubar em banho -maria por 5 min a 37ºC; 
9. Deixar as amostras a TA (temperatura ambiente) até o momento da leitura; 
No equipamento: 
10. Conferir o comprimento de onda ajustado previamente pelo professor; 
11. Utilizar o tubo branco para zerar/tarar o equipamento; 
12. Ler e anotar a absorbância dos tubos padrão e teste; 
13. Efetuar os cálculos descritos a seguir; 
14. Fazer a interpretação dos resultados obtidos; 
15. Fazer o relatório. 
Cálculos conforme coletas realizadas na aula prática:
 
Ureia (mg/dL ) = Absorbância teste 
 ----------- ------------------ x 70 = 0,93 + 0,98+ 0,92 x 70= 70,7mg/dl
 Absorbância padrão ------------------------
 0,93
CREATININA
1. Coletar por punção venosa 5ml de sangue em tubo seco;
2. Centrifugar para obtenção do soro;
3. Nomear os três tubos como: branco, teste e padrão; 
4. Proceder a pipetagem como no quadro abaixo:
	
	Branco
	Teste
	Padrão
	Tampão n°2
	2 mL
	2 mL
	2 mL
	Amostra (soro)
	-------------
	250 μL
	----------
	Água deionizada ou destilada
	250 μL
	-----------
	----------
	Padrão n°3
	-------------
	-----------
	250 μL
	Ácido Pícrito n°1
	500 μL
	500 μL
	
5. Misturar e incubar em banho-maria a 37°C por 10 min;
6. Ler em fotômetro em 510nm ➔ A1;
7. Preparar três novos tubos, nomeados A2, seguindo o quadro abaixo:
	
	Branco
	Teste
	Padrão
	Acidificante n°4
	100 μL
	100 μL
	100 μL
8. Cálculo: 
Creatinina (não corrigida) = A1 - A2 x 4,00 md/dL
 Absorbância do padrão
Creatinina corrigida = Creatina - índice de correção (0,25 mg/ dL)
1º Tubo – B = 0,73
2º Tubo – T = 0,92
3º Tubo – P = 0,20
Resultados obtidos a partir de testes na aula prática:
A2
1º Tubo – B = 0,14
2º Tubo – T = 0,13
3º Tubo – P = 0,17
Creatinina (não corrigida) = A1(0,73) - A2 (0,14) x 4,00 =2,56-0,25 = 2,31 md/dL
 Absorbância do padrão(0,92)
Conclusão e avaliação do resultado clínico.
Creatinina e ureia são duas substâncias presentes na corrente sanguínea, que podem ser dosadas através de exames de sangue quando se pretende fazer uma avaliação da função dos rins.
Os valores normais de referência para os níveis de creatinina no sangue podem variar de acordo com o laboratório, mas normalmente são:
· Mulheres: entre 0,5 a 1,1 mg/dL;
· Homens: entre 0,6 a 1,2 mg/dL.
Quando os valores de creatinina no sangue estão acima do normal podem indicar uma lesão nos vasos sanguíneos dos rins, uma infecção renal ou redução do fluxo de sangue para os rins.
Elevações nos níveis sanguíneos de ureia são um sinal de mau funcionamento dos rins. Geralmente dosamos ambas as substâncias para avaliar a função dos rins, mas a creatinina é mais específica e confiável.
De acordo com o resultado obtido do paciente com referência de creatinina foi de 2,31 md/dL e a uréia 70,7 ambos apresentando alterações, devendo o mesmo levar os resultados para um médico especialista.
Os valores do exame de ureia podem variar de acordo com o laboratório e técnica utilizada para a dosagem, no entanto os valores de referência normalmente considerados são:
· Para crianças até 1 ano: entre 9 e 40 mg/ dL;
· Para crianças acima de 1 ano: entre 11 e 38 mg/ dL;
· Para adultos: entre 13 e 43 mg/ dL.
FOTOS REFERENTES A AULA PRÁTICA REFERENTE AO DIA 15/05/2021
TRANSFERENCIA DA AMOSTRA DE SORO PARA OS TUBOS
CENTRÍFUGA 
 BANHO MARIA
MATERIAL PARA LEVAR PARA FOTÔMETRO
 FOTÔMETRO
 
REFERÊNCIAS:
Disponível em:< https://www.tuasaude.com/exame-de-ureia/ > Acesso em: 26 de maio de 2021.
Disponível em:<https://www.tuasaude.com/creatinina/> Acesso em: 26 de maio de 2021.
AULA PRÁTICA DE ACORDO COM AS ORIENTAÇÕES DO
PROFESSOR: JHONATTA ALEXANDRE BRITO DIAS

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.