A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
GRA0652 DIREÇÃO DE ARTE PARA ANIMAÇÃO GR0734-212-9 - 202120 ead-17404 01 - atividade 4

Pré-visualização | Página 1 de 2

Abrir links rápidos
Local atual
Conteúdo
Curso GRA0652 DIREÇÃO DE ARTE PARA ANIMAÇÃO GR0734-212-9 -
202120.ead-17404.01
Teste ATIVIDADE 4 (A4)
Iniciado 01/09/21 17:15
Enviado 01/09/21 17:49
Status Completada
Resultado da
tentativa
10 em 10 pontos
Tempo decorrido 34 minutos
Resultados
exibidos
Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
●
Pergunta 1
1 em 1 pontos
A legibilidade é o fator mais importante ao se projetar uma fonte. Quer você lide
intimamente com tipografia ou não, temos uma reação visceral a fontes que são difíceis
de ler. O processo de legibilidade é algo fundamental em todo design , pois é dele que
se vem o correto entendimento e a efetividade da informação perante o visualizador.
SABO, S. Disfluent fonts in design and marketing. Medium , jul. 2016. Disponível em:
https://medium.com/@bigwidesky/by-steph-sabo-senior-art-director-at-bigwidesky-b9b8
863d9a5c . Acesso em: 22 dez. 2020.
Considerando a afirmação apresentada sobre a legibilidade, analise as afirmativas a
seguir:
I. Existem muitas definições de legibilidade e elas variam significativamente.
II. A variação da definição de legibilidade acontece devido ao envolvimento de
diferentes domínios, tais como ciência da visão, psicologia, entre outros.
III. A legibilidade não é um fator importante para o correto entendimento de uma peça
visual ou interface.
IV. Cada investigação redefine a legibilidade de acordo com a necessidade do estudo e
do campo de estudo.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada:
I, II e IV, apenas.
Resposta Correta:
I, II e IV, apenas.
Comentário
da resposta:
Resposta correta. A alternativa está correta, pois a legibilidade,
por ser um parâmetro apoiado em diversos campos de estudo ou
domínios, acaba por possuir muitas definições. Cada estudo ou
investigação dentro desses domínios redefine o parâmetro de
legibilidade de acordo com o domínio ou a situação apresentada
no estudo.
●
● Pergunta 2
https://medium.com/@bigwidesky/by-steph-sabo-senior-art-director-at-bigwidesky-b9b8863d9a5c
https://medium.com/@bigwidesky/by-steph-sabo-senior-art-director-at-bigwidesky-b9b8863d9a5c
https://medium.com/@bigwidesky/by-steph-sabo-senior-art-director-at-bigwidesky-b9b8863d9a5c
1 em 1 pontos
A estética não pode ser entendida por quantificação ou reduzida a um procedimento
científico simplificado. As primeiras impressões estéticas da experiência em humanos
podem ser afetivas. A experiência estética, portanto, pode ser explicada como
abrangendo a mente e o corpo de forma totalmente incorporada.
TRACTINSKY, N. Towards the study of aesthetics in information technology. In:
INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION SYSTEMS, 25., 2004,
Washington. Anais [...]. Washington: Association for Information Systems, 2004. p.
771-780.
Considerando a afirmação apresentada sobre a estética, analise as afirmativas a
seguir:
I. A estética é entendida por suas cores, texturas, formas e afins, independentemente
da percepção direta do visualizador da obra.
II. Por ser uma experiência abrangendo corpo e mente, a estética é construída com
base na percepção e cognição crítica a partir de realidades independentes.
III. O criador é alguém que identifica e cria obras que podem ser apreciadas e
entendidas a partir da percepção direta do visualizador.
IV. A experiência estética não está atrelada a nenhum processo de percepção e
cognição crítica, pois é puramente visual.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada:
II e III, apenas.
Resposta Correta:
II e III, apenas.
Comentário
da resposta:
Resposta correta. A alternativa está correta, pois a estética é
algo que cria ou reverbera emoções ou afetividade e está sim
diretamente construída com base em percepção e cognição
crítica. Além disso, pode ser apreciada e entendida com base na
percepção direta do visualizador.
●
● Pergunta 3
1 em 1 pontos
O desafio atual é atender às diferentes gerações nascidas e criadas em contato
com diferentes tecnologias e que, às vezes, acabam se distanciando por causa
delas. As pessoas buscam por produtos fáceis de usar, cuja curva de
aprendizado seja a menor possível. Em virtude disso, a função sintática tem um
papel importante para esse desafio.
SOBRAL, W. S. Design de interfaces : introdução. São Paulo: Érica, 2019.
(Biblioteca Laureate).
Assinale a alternativa que indica qual é o papel da função sintática dentro do design
visual:
Resposta
Selecionada:
A função sintática tem como papel criar os efeitos visuais
percebidos pelo observador. Tais efeitos são, por
exemplo, percepção de equilíbrio, agrupamento e
continuidade visual.
Resposta
Correta:
A função sintática tem como papel criar os efeitos visuais
percebidos pelo observador. Tais efeitos são, por
exemplo, percepção de equilíbrio, agrupamento e
continuidade visual.
Comentário
da resposta:
Resposta correta. A alternativa está correta, pois, de acordo
com a definição apresentada, o papel da função sintática
dentro do design visual, é criar os efeitos visuais que são
percebidos pelo observador do projeto. Esses efeitos são,
por exemplo, a percepção de equilíbrio, agrupamentos ou
continuidade visual, etc.
●
● Pergunta 4
1 em 1 pontos
A experiência virtual é definida como um conjunto psicológico, sensorial e emocional e
está atrelada a dimensões cognitivas, que desempenham um papel importante quando
o público interage direta ou indiretamente com a obra de arte. Forma, espaço,
composição, cor, textura e interatividade são as qualidades formais que induzem as
reações do público e são comumente nomeadas como possibilidades.
KIERZKOWSKI, A. et al . Marketing to the digital consumer. The McKinsey Quarterly ,
Nova Iorque, n. 3, p. 4-21, 1996.
Considerando a afirmação apresentada sobre a experiência virtual, analise as
afirmativas a seguir:
I. Cores, texturas, formas, interatividade, espaço e composição são qualidades que
induzem a reação do público à peça/arte virtual.
II. A experiência virtual é definida como um conjunto psicológico, sensorial e emocional.
III. Em sua maioria, as pessoas que têm a experiência virtual não têm nenhuma
interação atrelada a conjuntos psicológicos, sensoriais ou dimensões cognitivas.
IV. A experiência virtual está atrelada a dimensões cognitivas, que definem a interação
do público com a peça/arte virtual.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada:
I, II e IV, apenas.
Resposta Correta:
I, II e IV, apenas.
Comentário
da resposta:
Resposta correta. A alternativa está correta, pois a experiência
virtual está atrelada a um conjunto de aspectos psicológicos,
sensoriais e emocionais, bem como dimensões cognitivas que
definem a interação do público. Outros aspectos que determinam
essa interação são cores, formas, texturas, espaço, composição e
interatividade fornecidos pelas peças/artes virtuais.
●
● Pergunta 5
1 em 1 pontos
A teoria da sintaxe de design descreve a estrutura visuoespacial e o conteúdo da forma
do produto e/ou objeto de maneira sintática e explica o efeito visual da forma do
produto com a teoria funcional e de percepção, a funcionalidade visual deste produto.
WARELL, A. Design syntactics : a functional approach to visual product form: theory,
models, and methods. Tese (Product and Production Development, Engineering and
Industrial Design) – Chalmers University of Technology, Gotemburgo, 2001.
Considerando a afirmação apresentada sobre a teoria da sintaxe de design , analise as
afirmativas a seguir:
I. Mudar um elemento de design
não afeta em nada o visual de todo o sistema.
II. A teoria da sintaxe de design
visa fornecer uma explicação formal e objetiva da estética formal.
III. Não são todos os elementos que possuem pelo menos uma função sintática.
IV. Todos os elementos de um produto e/ou objeto são parte de um sistema visual.
É correto o que se afirma em:
Resposta Selecionada:
II e IV, apenas.
Resposta Correta:
II e IV, apenas.
Comentário
da resposta:
Resposta correta. A alternativa está correta, pois, de acordo com
o que a teoria da sintaxe do design determina, podemos definir

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.