A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Relatorio aula pratica Medicina Veterinária UCB 2021

Pré-visualização | Página 1 de 2

Pró-Reitoria Acadêmica 
Curso de Graduação de Medicina Veterinária 
Trabalho Acadêmico 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA n.º 01: 
Exame Físico 
 
 
 
 
Autores: Júlia Íris Oliveira Silva 
Rubens Bezerra de Andrade 
 
Preofessor(a): Dra. Edilaine Sarlo Fernandes 
 
 
 
 
 
 
 
Brasília – DF 
2021 
1 
 
 
 
 
 
 
JÚLIA ÍRIS OLIVEIRA SILVA 
RUBENS BEZERRA DE ANDRADE 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA n.º 01: EXAME FÍSICO 
 
 
 
 
 
 
 
Relatório elaborado como parte da 
avaliação da disciplina de Prática 
Profissional - Medicina Veterinária. 
 
Professora: Dra. Edilaine Sarlo Fernandes 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Brasília – DF 
2021 
2 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
1 INTRODUÇÃ0............................................................................................... 3 
2 OBJETIVO E REALIZAÇÃO DA PRÁTICA.................................................. 3 
3 ANIMAIS E MATERIAIS UTILIZADOS......................................................... 4 
4 EXAME FÍSICO............................................................................................. 5 
5 RESULTADOS/CONCLUSÕES................................................................... 5 
6 TABELAS REFERENCIAS 6 
7 CONCLUSÃO 7 
8 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E REFERÊNCIAS 7 
 
3 
 
1. Introdução 
 
A aula prática n.º 01 foi baseada nos conceitos da Semiologia, tema da aula de 
n.º 02, conceituada como sinal clínico + sintoma. A aula abordou de forma 
aprofundada o conceito da matéria, com práticas sobre o exame físico, demonstrando 
inicialmente um cronograma do passo a passo a ser seguido, de forma a otimizar e 
qualificar o atendimento do médico veterinário. 
A Semiologia é uma área da saúde relacionada ao estudo dos sinais e sintomas 
das doenças, dividida em: Semiotécnica, Clínica Propedêutica e Semiogênese. 
Foram abordadas as formas e técnicas utilizadas para o início do exame físico 
do animal, no caso, cães de pequeno e médio porte sob a tutela dos alunos do curso 
de Medicina Veterinária. 
A importância de um bom atendimento por um médico veterinário se faz 
necessária para que se possa com maior brevidade e clareza, diagnosticar possíveis 
enfermidades no animal. A anamnese e o exame físico estão ligados para o início de 
um possível diagnóstico e dão seguimento no prognóstico apresentado nos resultados 
aferidos no exame clínico, que podem encaminhar para exames complementares, a 
fim de aclarar a certeza da suspeita identificada e sugerida pelo profissional. 
A prática de Semiologia foi realizada no dia 16 de setembro de 2021, na 
Universidade Católica de Brasília – UCB, no laboratório M11, orientada pela 
Professora Dra. Edilaine Sarlo Fernandes, que inicialmente verificou se todos os 
alunos estavam de forma adequada com as regras de utilização do laboratório e se 
cumpriam os protocolos de segurança em relação a pandemia da covid-19. 
 
2. Objetivo e realização da prática 
 
A aula prática teve como finalidade relacionar o conteúdo teórico visto em sala 
com a aplicação da prática dos conceitos e técnicas ensinadas, tendo em vista instruir 
os alunos na aprendizagem dos exames físicos básicos necessários em um 
atendimento clínico veterinário, e demonstrando um pouco do que ocorre no dia a dia 
do médico veterinário em consultas clínicas. 
Se teve uma maior atenção com a ausculta cardíaca e pulmonar dos animais, 
com a intenção de mostrar de forma prática aos alunos o que seria o normal para os 
4 
 
 
 
batimentos e respiração desses cães, a professora enfatizou a importância de 
treinarmos a ausculta para que possamos com facilidade identificar possíveis 
irregularidades fisiológicas nos animais. 
Anamnese + Exame Físico = Exames complementares, que juntos se 
completam para a realização do diagnóstico e posteriormente o prognóstico. 
Apesar de não termos realizado a pesagem dos animais durante a prática, é de 
conhecimento a importância de saber o peso dos animais que estão sendo 
consultados. Foi utilizado o estetoscópio para auscultar a frequência cardíaca e 
respiratória e o termômetro para aferição da temperatura corporal dos animais 
A análise das mucosas conjuntiva, nasal, bucal e vaginal dos animais foi 
realizada e em um dos machos fomos ensinados a avaliar a mucosa peniana dos 
cães. O cão da raça Crista Chinês foi castrado prematuramente, e apresentava um 
tamanho ainda “infantil“ do pênis, em comparação a um exemplar adulto inteiro dessa 
mesma raça. 
 
3. Animais e materiais utilizados 
 
Dos materiais e instrumentos utilizados pelos alunos: estetoscópio, termômetro 
e lubrificante; jaleco, sapato fechado e calça (seguindo as orientações para a 
utilização do laboratório de forma segura). 
Dos animais presentes durante a aula: todos os animais que participaram como 
pacientes eram cães (Canis lupus familiaris), de pequeno e médio portes das raças 
Schnauzer (6 anos, macho e inteiro), Shitzu (macho, 11 anos e inteiro), Border Collie 
(5 meses, fêmea e inteira),cão da raça Pinscher, cães e cadelas da raça Spitz-alemão-
anão e um cão da raça Crista Chinês. Os animais não apresentaram dificuldades em 
participar da aula, estavam tranquilos e cooperaram durante toda a prática, 
demonstrando lucidez e orientação. 
 
5 
 
 
 
4. Exame físico 
A aula seguiu a seguinte sequência para realização do exame físico nos cães: 
● Avaliação das Mucosas; 
● Avaliação dos Linfonodos; 
● Palpação; 
● Auscultação Cardíaca; 
● Auscultação Pulmonar; 
● Aferição de temperatura retal, termometria; 
 
5. Resultados/conclusões 
 
Ao iniciar a inspeção nos animais não encontramos alterações visíveis na 
pelagem e na pele dos animais. Na mucosa dos olhos e, a coloração estava 
normocorada. Na palpação, identificamos os linfonodos mandibular, inguinal (cães 
machos), mamários, e poplíteo. Os sinais vitais como FC (frequência cardíaca), FR 
(frequência respiratória) e a temperatura corporal não apresentaram anormalidades, 
considerando os padrões normais para as aferições. 
Tem se noção da importância de um bom exame físico quando formos atender 
algum animal em consulta, podemos ver na realização da aula prática como temos 
que nos portar com os animais, as formas corretas de nos posicionarmos em cada 
parte do exame físico e a forma correta de realizar cada etapa. 
Abaixo têm-se tabelas nas quais podemos nos basear durante uma consulta 
para averiguar o estado do animal, considerando o que deve ser avaliado em aula 
prática. 
 
 
6 
 
 
 
6. Tabelas referenciais 
 
Tabela 1 - Valores normais da frequência cardíaca em animais adultos: 
Espécie/ Adultos Frequência Cardíaca 
Cães 60 a 160 
Gatos 120 a 240 
Equinos 28 a 40 
Bovinos 60 a 80 
Caprinos 95 a 120 
Ovinos 90 a 115 
Fonte: Feitosa (2014) 
 
Tabela 2 - Valores normais da frequência respiratória em animais adultos: 
Espécie/ Adultos Movimentos Respiratórios/mm 
Cães 18 a 26 
Gatos 20 a 40 
Equinos 8 a 16 
Bovinos 10 a 30 
Caprinos 20 a 30 
Ovinos 20 a 30 
Fonte: Feitosa (2014) 
 
Tabela 3 - Temperatura corporal em Valores animais normais: 
Espécie Idade Temperatura Retal 
Cães Adultos 37,5 a 39,2 
Gatos Adultos 37,8 a 39,2 
Equinos Adultos 37,5 a 39,2 
Bovinos Adultos 37,8 a 39,2 
Caprinos Adultos 38,6 a 40 
Ovinos Adultos 38,5 a 40 
Fonte: Feitosa (2014) 
7 
 
 
 
7. Conclusão 
 
A aproximação da teoria com a prática proporcionou aos alunos um ganho no 
conhecimento da técnica aplicada, como a localização correta do estetoscópio para 
as auscultas de FC e FR, a observação das mucosas dos animais, a inserção correta 
do termômetro na mucosa retal e do principal aprendizado na aula, que é a anamnese 
correta, com acolhimento profissional e técnico dos animais e da postura a ser adotada 
nos exames físicos. 
 
 
8. Referências bibliográficas e referências 
 
¹ FEITOSA, F.L.F. Semiologia Veterinária – A Arte do Diagnóstico. 2ª ed. São Paulo: 
Ed.Roca.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.