Buscar

Artigo 1 (1)

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

Extração de Citronelal das folhas de Capim Citronela (Cymbopogon winterianus Jowitt) por meio de Hidrodestilação (Aparelho de Clevenger); Caracterização do 3,7-dimetiloct-6-en-1-al utilizando reagente de Tollens e preparação do derivado de 2,4-dinitro-fenilidrazina
Ítalo Silva Félix[footnoteRef:0] [0: Graduando em Química Industrial pela UFU. E-mail: italosptc@gmail.com] 
Ana Flávia Caldeira[footnoteRef:1] [1: Graduanda em Química Industrial pela UFU. E-mail: anafcm@ufu.br] 
Jéssica Gonçalves Braga[footnoteRef:2] [2: Graduanda em Química Industrial pela UFU. E-mail: jessibragaaa@ufu.br] 
Resumo:
Óleos essenciais são substâncias extraídas de plantas amplamente utilizadas como essências em diversos tipos de produtos de higiene e limpeza e até mesmo de produtos alimentícios. As formas de extração destes produtos são diversas e a escolha do processo influência na qualidade e quantidade do óleo, a partir da obtenção é possível caracterizar o produto e saber se a extração foi concluída com sucesso. 
Palavras-chave: Hidrodestilação. Óleos essenciais.
Abstract
Essential oils are substances extracted from plants that are widely used as essences in various types of hygiene and cleaning products and even food products. The ways of extracting these products are diverse and the choice of the process influences the quality and quantity of the oil. After obtaining it, it is possible to characterize the product and know if the extraction was successfully completed.
Keywords: Hydrodistillation. Essencial oils.
1. Introdução
1.1. Óleos essenciais
Os óleos essenciais tem ampla utilidade em diversas áreas, destacando sua utilização para realização de essências e para aromaterapia. Sendo o estudo de sua obtenção e caracterização muito importante na indústria. Geralmente sua obtenção tem baixo rendimento na extração sendo a escolha dos equipamentos e processo muito importantes na extração.1 
Estes óleos normalmente vem do metabolismo secundário das plantas, que servem para atração de polinizadores ou repulsão de predadores. Podem sair de diversas partes da planta como folhas, sementes, frutos ou raízes.
O Citronelal, usado neste trabalho, é utilizado como material básico para a síntese de importantes compostos químicos denominados iononas e para a síntese de vitamina A. Esse óleo apresenta atividade repelente a insetos e ação fungicida e bactericida. Ele é também utilizado na fabricação de perfumes e cosméticos.2
Figura 01: Estrutura do citronelal (3,7-dimetiloct-6-en-1-al)3
1.2. Hidrodestilação 
O método utilizado no trabalho é amplamente aplicado em laboratório e para extração em pequenas quantidades. Consiste na hidrodestilação usando o aparelho de Clevenger, um balão de vidro com volume variável que é conectado ao condensador por um aparelho também de vidro. A manta aquecedora, que é conectada a energia elétrica, fica em contato com o balão de vidro, sendo a temperatura regulada por um termostato. As dimensões do balão e do aparato de vidro do aparelho tipo Clevenger dependem da densidade do óleo essencial e devem ser observadas para aumentar a eficiência de extração.2
Figura 2 – Aparelho de Clevenger utilizado para extração por hidrodestilação.2
Basicamente consiste na separação devido a diferença de pressão de vapor. O material da planta fica em contato com a água aquecida pela manta, os constituintes do óleo essencial da planta em contato com a água aquecida, receberão a pressão das moléculas de vapor d’água entrando em ebulição, sendo arrastados pelas moléculas de água até um resfriador onde serão condensados e, então, separados da água.2
1.3. Caracterização 
2. Experimental
2.1. Equipamentos e materiais
Para a realização do procedimento de extração foram utilizadas folhas recém colhidas do Capim Citronela (Cymbopogon winterianus Jowitt). Balança analítica para a pesagem, o aparelho de Clevenger junto a manta aquecedora e o Erlenmeyer para a hidrodestilação. 
2.2. Procedimento
As folhas foram pesadas na balança analítica para posterior cálculo do rendimento do óleo essencial por massa seca. Essa massa pesada foi passada para o balão de do extrator Clevenger e realizada a hidrodestilação e após Óleo contendo citronelal deve ser separado do hidrolato por conta da diferença de densidade.
2.3. Caracterização
O produto obtido foi testado com reagente de Tollens para caracterização do aldeído. O reagente de Tollens é um composto químico muito usado para determinar se um determinado composto com grupos carbonilo é um aldeído. É basicamente uma solução amoniacal de nitrato de prata que reage através de uma reação de oxirredução gerando prata elementar. A prata elementar forma um espelho no tubo de ensaio que é resultado positivo para aldeído. 
Além do teste de Tollens foi preparado o derivado de 2,4-dinitro-fenilidrazina, que acontece em meio ácido:
 
 
 +
	A reação com 2,4-dinitro-fenilidrazina inicia com uma adição nucleofílica pelo par de elétrons do nitrogênio (Reação 1). Logo após o par de elétrons do oxigênio captura um próton e simultaneamente um próton do Nitrogênio é perdido por uma molécula de água (Reação 2). Ocorre a desidratação da molécula seguida de uma reação de eliminação (Reação 3). E por último a eliminação do último próton do átomo de nitrogênio formando o derivado da 2,4-dinitro-fenilidrazina. Mostrando a presença da molécula de interesse. 
3. Considerações Finais
A partir do experimento realizado foi possível concluir que através dos equipamentos de Clevenger e da hidrodestilação é possível extrair óleos essenciais de material vegetal e este óleo essencial pode ser caracterizado com reações químicas simples. 
Realizar o processo de extração e caracterização dos óleos essenciais têm utilidade em indústrias de áreas variadas, desde a de saneantes a alimentícia. Entender como estes processos funcionam é de extrema importância e possui ampla aplicação neste mercado que é muito promissor principalmente no Brasil.
4. Referências
[1] LOREGIAN, A; Comparação entre dois métodos de extração e caracterização de óleos essências de plantas do horto de plantas medicinais do grupo PET – Agronomia UTFPR – Pato Branco; Trabalho de Conclusão de Curso, Agronomia,UTFPR, Pato Branco, 45p, 2013.
[2] BIASI, Luiz A; DESCHAMPS, Cícero. Plantas aromáticas: do cultivo à produção de óleo essencial. Curitiba: Layer Studio Gráfico e Editora Ltda., 2009. 106p.
[3] BIZZO, Humberto R; HOVELL, Ana M. C; REZENDE, C. M. Óleos essenciais no Brasil: aspectos gerais, desenvolvimento e perspectivas. Química nova, Vol. 32, No. 3, 588-594, 2009