A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
AV2- FISIOTERAPIA NA SAÚDE DA CRIANÇA

Pré-visualização | Página 1 de 2

AV2- FISIOTERAPIA NA SAÚDE DA CRIANÇA
1- A primeira infância é considerada o período do nascimento até a criança ser capaz de ficar em pé e andar. Dura aproximadamente 1 ano (TECLIN, 2002). Durante esta fase a criança passa por várias transformações. Sendo assim, ao observamos uma criança de 5 meses, espera-se que a mesma já consiga realizar alguma dessas atividades listadas a seguir. Marque a alternativa que apresente uma dessas atividades:
 Senta-se sozinho
Anda com auxílio externo
Puxa-se para a posição de pé
Fica em pé sozinho
Primeiros passos
2- O segundo trimestre de vida do bebê é marcado por grandes progressos no combate à força da gravidade. O bebê começa esse trimestre com a capacidade de manter a cabeça alinhada em relação ao corpo e avança até a habilidade de sentar sozinho por curtos períodos e de empurrar as mãos e os joelhos (TECLIN, 2002). Portanto, se observado na posição supino, observa-se que o bebê consegue, ou deveria ter as seguintes habilidades:
I-	Levantar as pernas da superfície de apoio, levando-as para as mãos e para o rosto
 II-	Alcança os pés com as mãos e tenta leva-los até a boca para explorá-los.
III-	Perde a preferência pela posição de supino
É correto somente o que se afirma em:
I
II
I e II
II e III
III
3- O desenvolvimento do encéfalo é altamente suscetível aos danos resultantes de uma infecção viral adquirida na vida intrauterina ou neonatal, quando as estruturas das células estão organizando-se e mielinizando-se e o sistema vascular está proliferando-se (TECLIN,2002). Identifique os agentes infecciosos que podem comprometer o desenvolvimento do feto ou neonato:
I-	Sífilis
II-	Toxoplasmose
III-	Herpes
IV-	Influenza tipo B
É correto somente o que se afirma em:
I, II e III
II, III e IV
I e IV
I, III e IV
III e IV
4- São considerados padrões compensatórios dentro do desenvolvimento atípico: 
I- repetições de movimento inadequado
II- encurtamento e deformidade
III-dor, estética inadequada, dificuldade de manuseio
É correto somente o que se afirma em:
I e II
II e III
III
I, II e III
II
5- O pé equinovaro é uma deformidade dos pés com três componentes. A flexão plantar, a inversão e a supinação (TECLIN, 2002). Para a correção, o tratamento consiste de manipulação com suave alongamento de qual grupo de músculos?
Musculatura contraturada da face medial e posterior do pé
Musculatura contraturada da face lateral e anterior do pé
Musculatura não contraturada da face medial e anterior do pé
Musculatura contraturada da face lateral e posterior do pé
Musculatura não contraturada da face lateral e da região plantar do pé.pção
6- O reflexo de Moro é um reflexo normal em todo bebê recém-nascido, que se caracteriza por abdução e extensão brusca de membros superiores, geralmente associado a movimento semelhante de membros inferiores e choro forte. Normalmente ocorre quando a criança apoia bruscamente suas costas em uma superfície, ou quando há movimentos da própria superfície. De posse da informação, marque a alternativa correta em relação as características deste reflexo:
I- Bebês de até três meses que não apresentarem reflexo de Moro deve ser mais bem avaliado neurologicamente, pois ele pode ser portador de doença neurológica central (cérebro). 
II- Adultos que voltam a apresentar tal reflexo também necessitam avaliação neurológica.
III-Dificilmente a criança continua apresentando esse reflexo após os três meses de idade, mas esses casos devem receber uma avaliação neurológica.
É correto somente o que se afirma em:
I e III
I, II e III
II
III
I
7- As abordagens de desenvolvimento neurológico e sensório-motoras são a base para a maioria dos programas de intervenção implementadas por fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais (TECLIN,, 2002). O tratamento pelo desenvolvimento neurológico, como planejado por Bobath, usa o manuseio para:
Facilitar respostas anormais e também facilita as reações automáticas
Inibir respostas anormais enquanto facilita reações automáticas.
Inibir respostas anormais e também inibe as reações automáticas
Facilitar respostas anormais e também facilita as reações automáticas
Fazer ruptura com os padrões anormais de reflexos
8- Na intervenção, em relação ao manuseio terapêutico no bebê prematuro, devem ser levada em conta vários fatores, como a hiperextensão da cabeça e do tronco. Para tal, o(a) fisioterapeuta deve realizar qual manobra no bebê para minimizar futuras complicações?
Realizar abdução do quadril e flexão de joelhos
Realizar rotação externa dos quadris
 Realizar flexão máxima dos quadris e dos joelhos
Posicionar o bebê em pronacão 
Realizar suave flexão dos quadris e dos joelhos
9- A Paralisia Cerebral (PC) não é uma doença; é, ao contrário, uma categoria de deficiências que inclui pacientes com um tipo de problema: distúrbios crônicos não-progressivos do movimento ou da postura com início precoce prematuro. Portanto, de posse da informação, identifique os fatores de risco e as causas de PC:
I-	Hipóxia ou isquemia
II-	Doença pulmonar crônica requerendo oxigênio suplementar por 28 dias ou mais.
III-	Alto escore de Apgar
IV-	Hemorragia intracraniana
É correto somente o que se afirma em:
I e III
I, II e IV
II e IV
III e IV
IV
10- A Espinha Bífida é uma deficiência que causa disfunção motora e sua incidência é secundária a apenas à paralisia cerebral (TECLIN, 2002), e tem como fatores que podem levar a sua predisposição. Marque a alternativa que apresente um fator:
Baixo níveis de ácido fólico materno antes da concepção
Altos níveis de ácido fólico materno antes da concepção
Baixos níveis de glicose materna antes da concepção
Altos níveis de glicose materna antes da concepção
Hipotireoidismo materno
11- Existem várias formas que descrevem como o tipo de padrão motor da paralisia Cerebral se apresenta: espástica, atetose, ataxia (TECLIN, 2002). Portanto, ao se referir a uma criança com paralisia cerebral do tipo atetósica, indica-se que essa criança apresenta quais características?
Frequentemente envolve tensão intermitentes da cabeça e uma variedade de padrões desinibidos
É a mais comum e indica uma lesão fixa na parte motora do córtex cerebral.
Refletem envolvimento dos gânglios de base.
Refere-se à lesão cerebelar
Descerebração grave
12- Em relação a classificação das lesões de uma criança com paralisia Cerebral (PC), identifique a definição correta para os termo citados a seguir:
I-	Monoplegia – envolvimento de uma extremidade
II-	Diplegia – quadriplegia com envolvimento grave de extremidade superiores.
III-	Paraplegia – envolvimento de ambas as extremidades superiores
IV-	Hemiplegia – envolvimento da extremidade superior e inferior de um lado
É correto somente o que se afirma em:
II e III
I e IV
I, II e III
II, III e IV
II e IV
13- Criança portadora de Síndrome de Down ou trissomia 21, apresenta anormalidades cromossômicas pelo desvio do número de cromossomos (RATLIFFE, 2002). Essa criança apresenta as seguinte características físicas:
Face chata, olhos oblíquos para cima, hipotonicidade, pés e mãos curtas e largos, abdome protruído
Baixa estatura, crânio comprido e estreito, olhos baixos, hipotonicidade, pés virados para o solo, escoliose
Pescoço alado congênito, compleição alta e delgada até a idade adulta,
Microcefalia, orelhas baixas, hipotonicidade, escoliose
Lábios proeminentes, espaço medial nas sobrancelhas e boca aberta.
14- Em intervenções fisioterapêuticas através do método Bobath o profissional encontra várias técnicas para conseguir um resultado positivo. A técnica na qual o fisioterapeuta utiliza para melhora da função muscular através da regulação do tônus e ativação da circulação sanguínea favorecendo a drenagem linfática, promove a melhora do controle postural. É conhecida como:
tapping
screpping
placing
holding
rolfing
15- O método Bobath é bastante utilizado nas intervenções de crianças com lesões neurológicas. Este método tem essa eficácia em virtude de seus princípios, que são:
I- padrão muscular mais próximo do normal
II- Abordagem de posturas de excitação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.