A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Lista4: gravidade e isostasia

Pré-visualização | Página 1 de 1

1.Defina correção Ar-livre, obtenha sua expressão e explique como ela é composta
 com o valor de g observado
Lista 04: gravidade e isostasia
a) Se 2 km da cordilheira for erodida, que altura ela ficará após novo equilíbrio
 isostático ?
2. Numa região em equilíbrio isostático, existe uma cordilheira com 4 km de altura
e uma depressão com 500 m de profundidade. Use as densidades crustal e do man-
to de 2,8 × 10 kg m e 3,3 × 10 kg m , respectivamente.
b) Que altura da cordilheira deverá ser erodida para que, no equilíbrio, ela fique 
no nível do mar ?
c) Se a depressão é preenchida com arenito de densidade 2,2 × 10 kg m , assumindo
que um novo equilíbrio hidrostático é atingido com a depressão completamente
preenchida, calcule a espessura de sedimento que será depositado.
3. Calcule as anomalias de (i) ar-livre e (ii) de Bouguer, num ponto sobre o conti-
nente onde se mediu g = 9,78343974 m s na latitude 10 S e altitude de 800 m e
 num ponto no oceano, na mesma latitude e numa profundidade de 500 m, onde
 a gravidade medida foi 9,78387562 m s .
4. Uma depressão de 500 m de profundidade sobre a superfície da terra é preenchi-
da com (i) arenito de densidade 2,2 × 10 kg m e (ii) por rocha ferrosa de
densidade 3,4 × 10 kg m . Assumido que o equilíbrio isostático é atingido, calcule 
a espessura de sedimento que será depositado em cada caso.
 (Use 2,80 × 10 kg m para a densidade crustal e 3,30 × 10 kg m para o do
 manto.)
5. Calcule as profundidades e densidades abaixo duma cadeia de montanhas de
5 km de altura em equilíbrio isostático com uma crosta continental de espessura
35 km, densidade 2,80 × 10 kg m e um manto de densidade 3,30 × 10 kg m
usando as hipóteses de (a) Pratt e (b) Airy.
6. A gravidade medida em Salvador numa altitude de 150 m foi 
g = 9,7831131±0,0000003 m.s .
a) Calcule as correções e as anomalias de Ar-livre e de Bouguer;
b) Calcule a anomalia de altura do geóide.
7. Calcule a anomalia de altura do geóide para (i) uma montanha de 2 km de altura
 (ii) um oceano de profundidade 5 km usando o modelo de Pratt.
Tome D = 35 km e ρc =2,80×10 kg m .

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.