A maior rede de estudos do Brasil

Inclusão

 Acredto que a inclusão seja vista pelos governantes apenas como índice estatístico, da mesma forma como as séries em que a aprovação é automática. O que voces acham?


8 resposta(s)

User badge image

Waelson

Há mais de um mês

Concordo com você Lay.

Tenho notado que a maior parte das políticas educacionais (não somente do governo atual, mas de outros anteriores também) tem um viés estatístico, marketeiro e político. Acentuadamente nos últimos tempos em que se vê uma onda de políticas públicas louváveis, diga-se de passagem, mas que trazem essa face oculta por detrás da máscara.

Há anos atrás li uma crítica às políticas estaduais aqui no meu estado, onde notoriamente era demonstrado o esquema de maquiagem dado às ações do governo. Deixava bem claro que a realidade não batia com os índices publicados como resultados dessas ações.

Penso eu, em minha humilde análise, que embora as instâncias que definem as políticas públicas da educação estejam imbuídas das melhores intenções na maioria das diretrizes estabelecidas, há sim, por parte dos governos em geral, uma clara intenção de valorizar dados e estatísticas, usando para isso as ditas "novas propostas educacionais" como a inclusão.

Quem olha a realidade de grande parte das escolas, sabe como é difícil fazer valer o que se preconiza como legal. Um exemplo? Basta fazer um levantamento estatístico de quantas escolas (públicas e particulares) REALMENTE se adequam às regulamentações para PNEs... na sua cidade, você conhece quantas podem dizer: aqui fazemos exatamente o que precisa ser feito?

Provavelmente a resposta é: poucas.

Não sou crítico do governo e nem oposição (aliás sou bem apolítico). Apenas fico triste de ver como a educação vem sendo politicamente tratada e usada na história de nosso país. Abraço, e vamos fazer nossa parte pra mudar e melhorar isso!

Concordo com você Lay.

Tenho notado que a maior parte das políticas educacionais (não somente do governo atual, mas de outros anteriores também) tem um viés estatístico, marketeiro e político. Acentuadamente nos últimos tempos em que se vê uma onda de políticas públicas louváveis, diga-se de passagem, mas que trazem essa face oculta por detrás da máscara.

Há anos atrás li uma crítica às políticas estaduais aqui no meu estado, onde notoriamente era demonstrado o esquema de maquiagem dado às ações do governo. Deixava bem claro que a realidade não batia com os índices publicados como resultados dessas ações.

Penso eu, em minha humilde análise, que embora as instâncias que definem as políticas públicas da educação estejam imbuídas das melhores intenções na maioria das diretrizes estabelecidas, há sim, por parte dos governos em geral, uma clara intenção de valorizar dados e estatísticas, usando para isso as ditas "novas propostas educacionais" como a inclusão.

Quem olha a realidade de grande parte das escolas, sabe como é difícil fazer valer o que se preconiza como legal. Um exemplo? Basta fazer um levantamento estatístico de quantas escolas (públicas e particulares) REALMENTE se adequam às regulamentações para PNEs... na sua cidade, você conhece quantas podem dizer: aqui fazemos exatamente o que precisa ser feito?

Provavelmente a resposta é: poucas.

Não sou crítico do governo e nem oposição (aliás sou bem apolítico). Apenas fico triste de ver como a educação vem sendo politicamente tratada e usada na história de nosso país. Abraço, e vamos fazer nossa parte pra mudar e melhorar isso!

User badge image

Priscylla

Há mais de um mês

Talvez, até mesmo por nossas políticas publicas educaiconais que oferecem a oferta quano a inclusao de crianças com deficiencias e na verdade nao promovem recursos e profissionais necessarios para que tal pratica aconteça.

 

A aprovação automatica em series tem seus pontos positivos visto a uma intençao clara de combate a evasao escolar, mas ate que ponto o avanço automatico tem seus beneficios, isso é um caso a se pensar...

User badge image

Waelson

Há mais de um mês

Lay... pode-se tomar por base, um fato recente (por esses dias) como o tal do Estatuto da Família (mais uma inovação dos políticos de plantão e que pode ser aprovada pelos demais): Estatuto é polêmica também na Educação - http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2014/03/16/interna_politica,494094/estatuto-e-polemica-tambem-na-educacao.shtml

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes