A maior rede de estudos do Brasil

Pode a autoridade polícial aprreender veículo estacionado, qual consta multas em aberto e licenciamento, ipva ? Não seria isso inconstitucional? ?


9 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

Júnior Oliveira Verified user icon

Há mais de um mês

Multas e IPVA em atraso não se confundem com a falta de licenciamento.

A existência de multas atradas ou IPVA vencido, por si só, não é causa para apreensão do veículo. De outro lado, o Código de Trânsito proíbe a circulação de veículos que não atendam às normas de licenciamento:

 Art. 104. Os veículos em circulação terão suas condições de segurança, de controle de emissão de gases poluentes e de ruído avaliadas mediante inspeção, que será obrigatória, na forma e periodicidade estabelecidas pelo CONTRAN para os itens de segurança e pelo CONAMA para emissão de gases poluentes e ruído.

 Art. 131. O Certificado de Licenciamento Anual será expedido ao veículo licenciado, vinculado ao Certificado de Registro, no modelo e especificações estabelecidos pelo CONTRAN.

        § 1º O primeiro licenciamento será feito simultaneamente ao registro.

        § 2º O veículo somente será considerado licenciado estando quitados os débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, independentemente da responsabilidade pelas infrações cometidas.     (Vide ADIN 2998)

        § 3º Ao licenciar o veículo, o proprietário deverá comprovar sua aprovação nas inspeções de segurança veicular e de controle de emissões de gases poluentes e de ruído, conforme disposto no art. 104.

  Art. 133. É obrigatório o porte do Certificado de Licenciamento Anual.

O Estado do Rio de Janeiro, por exemplo, editou a Lei nº 7.718/2017, especificamente sobre esse tema:

Art. 1º - A inadimplência do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, não poderá ser usada pelo Poder Executivo, como motivo impeditivo para que os proprietários dos veículos possam, junto ao DETRAN, vistoriar, inspecionar quanto às condições de segurança veicular, registrar, emplacar, selar a placa e licenciar veículo para a obtenção do Certificado de Registro e Licenciamento Anual, conforme prescreve o inciso III do Art. 22 do Código de Trânsito Brasileiro - CTB (Lei nº 9.503/1997) 

Em outras palavras: O Certificado de Licenciamento do veículo é documento de porte obrigatório, de modo que a sua ausência poderá acarretar na apreensão do veículo. Ocorre que, para realizar o licenciamento, as multas (não necessariamente o IPVA) devem estar quitadas. Caso contrário, o documento não será expedido.

Resumidamente: o veículo com multa vencida não poderá receber o CRLV e, em razão da falta do documento, que é de porte obrigatório, poderá ser apreendido.

Multas e IPVA em atraso não se confundem com a falta de licenciamento.

A existência de multas atradas ou IPVA vencido, por si só, não é causa para apreensão do veículo. De outro lado, o Código de Trânsito proíbe a circulação de veículos que não atendam às normas de licenciamento:

 Art. 104. Os veículos em circulação terão suas condições de segurança, de controle de emissão de gases poluentes e de ruído avaliadas mediante inspeção, que será obrigatória, na forma e periodicidade estabelecidas pelo CONTRAN para os itens de segurança e pelo CONAMA para emissão de gases poluentes e ruído.

 Art. 131. O Certificado de Licenciamento Anual será expedido ao veículo licenciado, vinculado ao Certificado de Registro, no modelo e especificações estabelecidos pelo CONTRAN.

        § 1º O primeiro licenciamento será feito simultaneamente ao registro.

        § 2º O veículo somente será considerado licenciado estando quitados os débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais, vinculados ao veículo, independentemente da responsabilidade pelas infrações cometidas.     (Vide ADIN 2998)

        § 3º Ao licenciar o veículo, o proprietário deverá comprovar sua aprovação nas inspeções de segurança veicular e de controle de emissões de gases poluentes e de ruído, conforme disposto no art. 104.

  Art. 133. É obrigatório o porte do Certificado de Licenciamento Anual.

O Estado do Rio de Janeiro, por exemplo, editou a Lei nº 7.718/2017, especificamente sobre esse tema:

Art. 1º - A inadimplência do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores - IPVA, não poderá ser usada pelo Poder Executivo, como motivo impeditivo para que os proprietários dos veículos possam, junto ao DETRAN, vistoriar, inspecionar quanto às condições de segurança veicular, registrar, emplacar, selar a placa e licenciar veículo para a obtenção do Certificado de Registro e Licenciamento Anual, conforme prescreve o inciso III do Art. 22 do Código de Trânsito Brasileiro - CTB (Lei nº 9.503/1997) 

Em outras palavras: O Certificado de Licenciamento do veículo é documento de porte obrigatório, de modo que a sua ausência poderá acarretar na apreensão do veículo. Ocorre que, para realizar o licenciamento, as multas (não necessariamente o IPVA) devem estar quitadas. Caso contrário, o documento não será expedido.

Resumidamente: o veículo com multa vencida não poderá receber o CRLV e, em razão da falta do documento, que é de porte obrigatório, poderá ser apreendido.

User badge image

Gustavo

Há mais de um mês

Não pode prender parado, mesmo que esteja em desconformidade (licenciamento, etc), pois o CTB usa o verbo transitar, ou seja, em movimento, ainda assim existem exceções são elas: busca e apreensão (processo judicial), abandono (processo administrativo), parada irregular (frente a saída de veículos, ponto de ônibus, etc). Segue Jurisprudência, inclusive sumula 323 do STF: 

- "REEXAME NECESSÁRIO - MANDADO DE SEGURANÇA - APREENSÃO DE VEÍCULO QUE NÃO FOI LICENCIADO - IRREGULARIDADE - CONCESSÃO DA ORDEM - MANUTENÇÃO DA SENTENÇA. Não pode ser apreendido por falta de documentação, veículo regularmente estacionado, que não estiver transitando". (TJ-PR - REEX: 1705680 PR Reexame Necessário - 0170568-0, Relator: J. Vidal Coelho, Data de Julgamento: 09/08/2005, 3ª Câmara Cível, Data de Publicação: 23/09/2005 DJ: 6960) 

- SÚMULA 323 "É INADMISSÍVEL A APREENSÃO DE MERCADORIAS COMO MEIO COERCITIVO PARA PAGAMENTO DE TRIBUTOS".

User badge image

Alexandre

Há mais de um mês

não, o carro não pode ser apreendido se ele não estiver em movimento, salvo busca e apreensão. pois se o carro estiver encostado, estacionado, você pode alegar que não estaria usando ele para poder regularizar as dívidas. Como disse nosso amigo Gustavo Marcondes o carro tem que estar transitando em via pública.
User badge image

L

Há mais de um mês

PODE SIM POIS ESTA IRREGULAR .

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas