A maior rede de estudos do Brasil

Quais hormônios estimulam e quais inibem a gliconeogênese?

Bioquímica I

UniFaj


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A gliconeogênese é o processo em que a glicose é obtida a partir de compostos como o lactato, o glicerol e aminoácidos (alanina, principalmente). Esse processo ocorre, em grande parte, no fígado e no córtex dos rins e é muito importante quando passamos por períodos de jejum, ou seja, quando os níveis de glicose caem abaixo de uma certa concentração.
Para que a gliconeogênese inicie ou termine é necessário ter algum sinalizador que indique o nível glicêmico. Tais sinalizadores são os hormônios insulina e glucagon. A insulina é a responsável por encerrar a gliconeogênese e estimular o transporte de glicose para os locais de reserva (glicogênio). Já o glucagon é o responsável por começar a gliconeogênese.
Portanto, a insulina é o hormônio estimulante e o glucagon é o hormônio inibidor de gliconeogênese.
A gliconeogênese é o processo em que a glicose é obtida a partir de compostos como o lactato, o glicerol e aminoácidos (alanina, principalmente). Esse processo ocorre, em grande parte, no fígado e no córtex dos rins e é muito importante quando passamos por períodos de jejum, ou seja, quando os níveis de glicose caem abaixo de uma certa concentração.
Para que a gliconeogênese inicie ou termine é necessário ter algum sinalizador que indique o nível glicêmico. Tais sinalizadores são os hormônios insulina e glucagon. A insulina é a responsável por encerrar a gliconeogênese e estimular o transporte de glicose para os locais de reserva (glicogênio). Já o glucagon é o responsável por começar a gliconeogênese.
Portanto, a insulina é o hormônio estimulante e o glucagon é o hormônio inibidor de gliconeogênese.
User badge image

Giovanna Carneiro Nazar

Há mais de um mês

O controle da gliconeogênese é realizado pelo glucagon, que estimula esse processo, e pela insulina, que atua de maneira oposta.[1] Glicólise e gliconeogênese são reguladas reciprocamente. Se glicólise (a conversão de glicose em piruvato) e gliconeogênese (a conversão de piruvato em glicose) fossem permitidas ocorrer simultaneamente em altas taxas, o resultado seria o consumo de ATP e a produção de calor.[2] Embora a gliconeogênese ocorra durante o jejum, é também estimulada durante exercício prolongado, por uma dieta altamente protéica, e sob condições de estresse. Os fatores que promovem o fluxo geral de carbono do piruvato até glicose incluem a disponibilidade de substrato e mudanças da atividade ou quantidade de certas enzimas chave da glicólise e gliconeogênese.[1]

https://pt.wikipedia.org/wiki/Gliconeog%C3%AAnese#Regula%C3%A7%C3%A3o

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas