A maior rede de estudos do Brasil

AV1 de Rotinas Trabalhistas e Departamento Pessoal

1) I - Com o fim da escravidão, foi possível perceber, pelo menos para aqueles que se sujeitaram a permanecer prestando serviços aos seus antigos “senhores”, que estes se tornavam seus “patrões”, não mais de escravos, mas sim de empregados. Logo, a força de trabalho dispensada na execução das atividades deveria ser recompensada, sendo proibida a utilização do “chicote” como principal incentivo ao serviço.

PORQUE

II - Muitos escravos, foram abandonados por seus antigos senhores, que, para continuar com as suas atividades nos pequenos e grandes latifúndios, os substituíram por empregados estrangeiros, os chamados imigrantes, que vieram para trabalhar no Brasil, muitos deles, fugindo da Guerra que assolava os seus países.

Com relação a essas duas assertivas, qual é a única alternativa correta?

Alternativas:

a) Apenas a primeira assertiva é correta.

b) Apenas a segunda assertiva é correta.

c) Ambas as assertivas são corretas e estabelecem relação entre si.

d) Ambas as assertivas são incorretas.

e) Ambas as assertivas são corretas, mas não estabelecem relação entre si..

2) A Jornada de Trabalho passou a ser a principal forma de medida para quantificar o efetivo tempo dispensado na execução das tarefas, que por sua vez, são ajustadas através do contrato de trabalho. A apuração destas horas de trabalho corresponde ao pagamento dos salários aos empregados, além de ser uma forma de controle do empregador para contabilizar a respectiva produção ou realização de atividades pelo trabalhador.

Com relação à Jornada de Trabalho, aponte a única alternativa correta:

Alternativas:

a) A jornada de trabalho com duração normal pode ser acrescida de horas extras, em número não excedente de 4 horas, por instrumento coletivo de trabalho.

b) A jornada de trabalho poderá exceder o limite de 8 horas diárias, desde que não ultrapasse o limite de 10 horas de trabalho.

c) A jornada de trabalho semanal equivale a 44 horas, considerando 8 horas diárias de trabalho de segunda a sexta-feira.

d) A jornada de trabalho não poderá exceder o limite legal ou convencional, em quaisquer circunstâncias.

e) A jornada de trabalho diária pode ser acrescida de 2 horas extras, independentemente, do total do total de horas trabalhadas.

3) A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) possui um capítulo inteiro dedicado à Duração do Trabalho, ressaltando, novamente, o desejo constitucional em estabelecer a duração do trabalho para qualquer atividade privada limitada a 8 (oito) horas diárias. Significa dizer que as horas trabalhadas além deste limite devem ser remuneradas como Horas Extras e devidamente acrescidas ao seu salário.

Entre estas e outras afirmações, aponte a única possibilidade de alternativa correta:

Alternativas:

a) Em caso de necessidade de realizar serviços de natureza inadiável, de força maior ou cuja não realização possa causar sérios prejuízos ao empregador, o limite legal de 10 horas de trabalho poderá ser acrescido de mais 2 horas.

b) Nas marcações de ponto, as variações de 5 minutos que venham anteceder ou suceder o horário de entrada ou saída dos empregados, limitado ao máximo de 20 minutos diários, não serão consideradas como horas extras e tão pouco como descontos.

c) O tempo de deslocamento do empregado da sua casa para o trabalho e vice e versa, seja qual for o meio de transporte, deve ser considerado como tempo integrante da jornada de trabalho.

d) A CLT estipula que, para qualquer jornada de trabalho que exceda a 6 horas por dia, a empresa deve fornecer um intervalo para refeição e descanso de 15 minutos diários.

e) O intervalo para refeição e descanso é conhecido como Intervalo Interjornada, justamente porque ele ocorre entre as jornadas de trabalho. Ele não deve ser acrescido à jornada de trabalho, justamente, por pertencer ao trabalhador para que ele se alimente e recupere as suas forças.

4) O Adicional Noturno, como o próprio nome revela, trata-se de uma atividade realizada no período da noite, portanto, mais cansativo e desgastante, porém necessário para algumas atividades e até mesmo, para atender interesses corporativos. Diante disto, verifique as seguintes assertivas:

I – A Jornada de Trabalho se encontra dividida em duas possibilidades: Período Diurno (das 05h00 horas às 22h00 horas) e Período Noturno (das 22h00 horas às 05h00).

II – O trabalho noturno será remunerado com um acréscimo de 20% (vinte por cento) sobre o salário mínimo, uma diferenciação pelo trabalho realizado no período noturno, como forma de compensar o desgaste sofrido pelo trabalhador.

III – O período noturno do Trabalhador na Lavoura será das 20h00 de um dia até às 04h00 da manhã do dia seguinte, e o Adicional Noturno será igual a 25% sobre a hora noturna trabalhada.

IV – O Adicional Noturno poderá ser negociado através de acordo ou convenção coletiva de trabalho em percentuais inferiores ao limite de 20%, desde que haja garantia de emprego e renda para os trabalhadores.

V – Cada hora noturna deve ser computada como 52 (cinquenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos, isso significa dizer que 7 (sete) horas de trabalho realizadas no período noturno equivalem a 8 (oito) horas de trabalho realizadas no período diurno, o que é conhecido como redução ficta da hora noturna.

Em face das asserções apresentadas, aponte a única alternativa correta:

Alternativas:

a) Apenas as assertivas II e III estão corretas.

b) Apenas as assertivas IV e V estão corretas.

c) Apenas as assertivas I e IV estão corretas.

d) Apenas as assertivas I e V estão corretas.

e) Apenas as assertivas III e V estão corretas.

5) Um empregado de uma empresa de extração de minério de ferro realiza as suas atividades laborais, estando submetido a condições extremas para sua saúde de exposição à poeira, em face da mina onde trabalha. Não bastasse isso, ele está sempre exposto a um ambiente com risco de explosão, pela presença do gás natural durante as escavações, tornando a sua atividade uma aventura diária.

Diante destas condições de trabalho, em face da constante exposição ao risco, aponte a única alternativa correta:

Alternativas:

a) Pela exposição a um ambiente insalubre e periculoso, este empregado deve receber, respectivamente, os percentuais de 40% e de 30%.

b) Por se tratar de risco a sua vida, em face ao ambiente nada saudável para o trabalho, o empregador deverá pagar ao empregado o adicional de periculosidade.

c) O excesso de poeira pode causar sérios danos ao empregado em face da silicose crônica, daí a necessidade do empregador pagar o adicional de insalubridade.

d) Nesta situação, o empregado poderá optar em receber qualquer um dos tipos de percentuais, pois depende da avaliação de um perito técnico para definir este resultado.

e) Não há dúvida que diante do risco a sua saúde e o pleno risco de vida, os adicionais devem ser somados, e aplicados sobre o salário base do empregado.



3 resposta(s)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes