A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
CADERNO DE ERROS DE Mandado de Segurança

Pré-visualização | Página 1 de 1

Interesses Grupo Objeto Origem Exemplo
Difusos
Indeterminável
Indivisível Situação de fato Interesse ao
meio ambiente
hígido
Coletivos Determinável Indivisível Relação jurídica Ação coletiva
para nulificação
de cláusula
abusiva de
contrato de
adesão.
Ind. homog. Determinável Divisível Origem comum Compradores de
veículos
produzidos com
o mesmo defeito
de série.
● O mandado de segurança não pode ser impetrado contra ato administrativo geral,
abstrato, impessoal e sem efeito concreto. CESPE2014
● MS não pode ser impetrado contra decisões do STF
● Mandado de Segurança contra ato de Governadores / Prefeitos de
Capitais /Secretários Estaduais ------> TJ LOCAL!!!! CESPE2018
● **FALOU EM GPS ------> competência do TJ.
● G- Governador P- Prefeitos de Capitais S - Secretários Estaduais
● Desde que não tenha havido trânsito em julgado da decisão, a Defensoria
Pública poderá desistir da ação mandamental a qualquer tempo, ainda que
proferida decisão de mérito a ela favorável, e mesmo sem anuência da parte
contrária.
● Considera-se direito líquido e certo aquele que pode ser provado
simplesmente por documentos e para constatá-lo o juiz não precisará de
maiores delongas processuais em busca de outras provas.
● A legitimidade do mandado de segurança é analisada no MOMENTO EM QUE A
AÇÃO É IMPETRADA e mesmo que posteriormente o partido venha a
perder a representatividade no Congresso Nacional, não há ilegitimidade
superveniente.
● A jurisprudência é firme no sentido de que a decisão em mandado de segurança
coletivo impetrado por associação beneficia todos os associados, sendo
irrelevante a filiação ter ocorrido após a sua impetração. CESPE2021
Mandado de Segurança CESPE2019
É INCABÍVEL Mandado de Segurança contra:
▻ Ato de gestão comercial por Empresa Pública, Sociedade de Economia Mista e
concessionárias de serviço público;
▻ Decisão Judicial da qual cabe recurso com efeito suspensivo;
▻ Decisão de recurso administrativo com efeito suspensivo;
▻ Decisão transitada em julgado;
▻ Lei em tese.
Porém é cabível para resultado de licitação...
Súmula 333 STJ- Cabe mandado de segurança contra ato praticado em licitação
promovida por sociedade de economia mista ou empresa pública.
informação pessoal -> habeas data
Informação de terceiros -> mandado de segurança
Certidão -> mandado de segurança
Vistas no processo adm -> mandado de segurança
Direito de petição aos Poderes Públicos em defesa de direitos ou contra
ilegalidade ou abuso de poder.
Pode ser impetrado por pessoa física ou jurídica
● habeas data e mandado de segurança contra ato de tribunal será julgado
pelo próprio tribunal.
➔ Honorários advocatícios NÃO são devidos em processo de MS, ainda que
haja má-fé da parte.
➔ Se, depois de concedida liminar em mandado de segurança, o impetrante
criar obstáculo ao normal andamento do processo, o juiz deverá, de
acordo com a norma aplicável, decretar a PEREMPÇÃO OU CADUCIDADE
da medida. CESPE2019
Súmula 269/ STF: O mandado de segurança não é substitutivo de ação de
cobrança.
Súmula 271/ STF: Concessão de mandado de segurança não produz efeitos
patrimoniais, em relação a período pretérito, os quais devem ser reclamados
administrativamente ou pela via judicial própria.
OBS: Em mandado de segurança impetrado contra redução do valor de
vantagem integrante de proventos ou de remuneração de servidor público,
os efeitos financeiros da concessão da ordem retroagem à data do ato
impugnado. STJ. Corte Especial. EREsp 1.164.514-AM, Rel. Min. Napoleão
Nunes Maia Filho, julgado em 16/12/2015 (Info 578).
Embora a decisão que reconhece a decadência seja de mérito (NCPC, art. 487, II), ela decide o
mérito do mandado de segurança, impedindo que novo MS seja impetrado, mas não o
ajuizamento de outra ação, sobre o mesmo direito, sob o procedimento comum.
MANDADO DE SEGURANÇA
SEGURAAAAA PEAO
PARTIDO POLITICO
ENTIDADE DE CLASSE
ASSOCIAÇÃO - CONSTITUIDA HÁ PELO MENOS 1 ANO
ORGANIZAÇÃO SINDICAL
MP e DP NÃO TÊM LEGITIMIDADE
O termo inicial do prazo de decadência para impetração de mandado de
segurança contra aplicação de penalidade disciplinar é a data da publicação do
respectivo ato no Diário Oficial.
COMPETÊNCIAS MANDADO DE SEGURANÇA
- Impetrado contra dirigente de instituição de ensino federal ou particular:
JUSTIÇA FEDERAL.
- Impetrado contra dirigente de instituições de ensino estaduais e municipais:
JUSTIÇA ESTADUAL.
OUTRAS AÇÕES
- Propostas contra a União ou suas autarquias: JUSTIÇA FEDERAL.
- Propostas apenas contra Instituição estadual, municipal ou particular: JUSTIÇA
ESTADUAL.
Súmula 628-STJ: A TEORIA DA ENCAMPAÇÃO é aplicada no mandado de
segurança quando presentes, cumulativamente, os seguintes requisitos:
a) EXISTÊNCIA DE VÍNCULO HIERÁRQUICO entre a autoridade que prestou
informações e a que ordenou a prática do ato impugnado;
b) manifestação a respeito do mérito nas informações prestadas;
c) AUSÊNCIA DE MODIFICAÇÃO DE COMPETÊNCIA estabelecida na
Constituição Federal. (também consideram competência em constituição
ESTADUAL)
Teoria da encampação busca RELATIVIZAR esse “erro” na indicação da
autoridade coatora, possibilitando que a ação não seja extinta de plano só por um
erro formal, desde que cumpridos os requisitos:
a) vínculo hierárquico entre as autoridades
No caso concreto, o Ministro da Previdência alegou que quem praticou o ato
foi o Chefe de Arrecadação Previdenciária. No entanto, esse Chefe de Arrecadação
está subordinado hierarquicamente ao Ministro, de forma que o primeiro requisito
da teoria da encampação está preenchido.
b) defesa do mérito do ato
O segundo requisito para a aplicação da teoria é que a autoridade que foi
indicada no MS e que apresentou as informações tenha se manifestado a respeito
do mérito do ato impugnado. Esse requisito também foi preenchido, considerando
que o Ministro afirmou, expressamente, que o ato praticado foi legal e que a
impetrante não teria direito.
c) ausência de modificação de competência
Esse terceiro requisito significa o seguinte: A autoridade indicada no MS foi
“A”. No entanto, a autoridade que praticou o ato realmente foi “B”. Se o mandado de
segurança tivesse sido impetrado contra a autoridade correta (ou seja, contra “B”),
esta ação estaria tramitando perante o mesmo juiz ou Tribunal que está agora? O
mandado de segurança proposto contra “A” é julgado pelo mesmo juízo que julgaria
o mandado de segurança impetrado contra “B”? Se a resposta for sim para essas
perguntas, o terceiro requisito está preenchido. Por outro lado, se a Constituição
Federal prever que o mandado de segurança impetrado contra a autoridade “A” é
julgado pelo Tribunal e que o mandado de segurança contra a autoridade “B” é de
competência da 1ª instância, neste caso, não será possível aplicar a teoria da
encampação. Isso porque, na prática, estaria havendo uma burla às regras de
competência. A parte autora poderia, de forma maliciosa, indicar autoridade errada
para escolher outro juízo que não fosse o natural. No caso concreto acima explicado
(RMS 12.779/DF), este terceiro requisito não foi preenchido e, por isso, a teoria da
encampação não pode ser aplicada. O mandado de segurança contra o Ministro da
Previdência era de competência do STJ. Por outro lado, o mandado de segurança
contra o Chefe de Arrecadação Previdenciária deveria ter sido impetrado perante
um juiz federal de 1ª instância (art. 109, VIII, da CF/88). Logo, se fosse admitida a
teoria da encampação, teríamos uma modificação da competência que é prevista na
Constituição Federal.
Alterou a competência = será extinto SEM resolução do mérito, e terá que propor
novamente no juízo correto
NÃO alterou a competência = poderá o autor emendar a inicial ou o juiz corrigir
de ofício
Súmula STF 701. No mandado de segurança impetrado pelo Ministério Público contra
decisão proferida em processo penal, é obrigatória a citação do réu como litisconsorte
passivo. CESPE2021

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.