Buscar

805ff533-acff-4af2-923e-932a9cd4bbfe

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 21 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 21 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 21 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

MASSOTERAPIA
Gabriela de Farias
Massagem corporal
Objetivos de aprendizagem
Ao final deste texto, você deve apresentar os seguintes aprendizados:
 � Identificar os benefícios da massagem corporal.
 � Descrever as manobras da massagem relaxante corporal.
 � Definir as manobras da massagem modeladora corporal.
Introdução
Neste capítulo, você vai estudar as massagens corporais relaxante e 
modeladora e os recursos manuais muito eficazes para aliviar tensões 
e proporcionar remodelamento corporal por meio da mobilização da 
gordura e do aumento da vascularização periférica. 
Com o conhecimento dos movimentos alternados da massagem, 
você aprenderá a promover o relaxamento, o bem-estar, a melhora do 
aspecto clínico em estética corporal e a melhora da conscientização 
corporal do paciente somente com o recurso das mãos. 
Benefícios da massagem corporal
Considerada como uma terapia complementar promotora de saúde, a mas-
sagem corporal tem como objetivo proporcionar bem-estar, aliviar tensões, 
melhorar a maleabilidade da pele, ativar a circulação sanguínea e melhorar a 
oxigenação dos tecidos, bem como melhorar a qualidade de vida para quem 
recebe o tratamento com frequência.
De acordo com Gonçalves (2006), a massagem favorece a reciclagem das 
substâncias essenciais ao tecido conjuntivo, diminui fibroses da pele, auxilia 
no processo de eliminação de resíduo e toxinas acumuladas, melhora o fluxo 
osmótico e o contorno da silhueta, auxilia o retorno venoso e aumenta a oxi-
genação celular e a amplitude de movimentos, além de diminuir a tensão, o 
estresse e a ansiedade, promovendo o relaxamento e a sensação de bem-estar.
É importante se preocupar com o organismo de forma integrada, levando 
em consideração todas as estruturas envolvidas para realizar a massagem 
corporal. Como efeito primário, a massagem se resume em produzir uma ação 
mecânica por meio da pressão e do estiramento, com movimentos rítmicos 
sobre os tecidos excitáveis e não excitáveis. Os tecidos excitáveis são classifi-
cados como estruturas que respondem ao estímulo mecânico externo de forma 
mensurável e imediata, enquanto os tecidos não excitáveis são classificados 
como estruturas que não respondem diretamente aos estímulos mecânicos 
do toque, como, por exemplo, estruturas ósseas, ligamentos e cartilagens. 
A pressão mecânica de forma contínua atua no aumento do fluxo san-
guíneo e linfático, melhorando a circulação de ambas as estruturas, o que 
resulta em uma reestruturação dos componentes elásticos em série (PINTO; 
RODRIGUES, 2014).
Segundo Mumford (2010), o toque das mãos no paciente promove a in-
teração energética, atribuindo, à massagem corporal, estímulos mecânicos e 
reflexos associados a fatores emocionais, resultando em efeitos físicos diretos 
e indiretos. O efeito direto ocorre por meio de movimentos de deslizamento 
superficial e profundo, pelo deslocamento do sangue ao longo dos vasos 
sanguíneos, enquanto os efeitos indiretos produzem efeitos redutores da ati-
vidade simpática, promovendo vasodilatação. A melhora na circulação reduz 
o espasmo muscular e melhora a capacidade de extensão do tecido conjuntivo.
Por intermédio da experiência do toque na massagem corporal, o paciente 
recebe estímulos que proporcionam melhorias na conscientização corporal, 
resultando na melhor percepção do próprio corpo, diminuindo ansiedade e 
ocasionando o relaxamento de modo integrativo pelos sistemas do organismo 
(MUMFORD, 2010).
Em uma pesquisa realizada por Pinto e Rodrigues (2014), a massagem 
melhorou em até 58% o quadro álgico de forma imediata e progressiva nos 
pacientes submetidos ao estudo, não influenciando, portanto, negativamente 
como tratamento complementar.
Conforme Abreu, Souza e Fagundes (2012), a massagem é um recurso 
manual eficaz para reduzir quadros de estresse nos pacientes submetidos à 
terapia, sem dor prévia, não sendo comum a prática da massoterapia promover 
efeito adverso. 
Massagem corporal2
A postura do massoterapeuta é fundamental para exercer 
as manobras de massagem. Acesse o link a seguir para ler 
mais sobre o assunto. 
https://goo.gl/SEDx4K
Massagem relaxante corporal 
A prática da massagem corporal é utilizada para melhorar as disfunções de 
origem muscular e circulatória, as aderências entre fáscias e musculatura, por 
intermédio da técnica de aplicação de pressão mecânica das mãos do terapeuta 
na pele do paciente (SIQUEIRA, 2006).
Além de estudar anatomia e fisiologia, é necessário que o profissional 
desenvolva a habilidade de reconhecer as técnicas e a melhor aplicação de 
acordo com as regiões e o tempo disponível para obter o alívio de tensões e 
promover bem-estar.
Aplicada em movimentos rítmicos e metódicos, classificamos os movimen-
tos da massagem conforme o tipo de estímulo desejado. São eles: movimentos 
de deslizamento, compressão, percussão, vibração e fricção.
A massagem relaxante promove o alívio de tensões e o relaxamento da 
musculatura, devido à associação de movimentos de deslizamento. Esses mo-
vimentos promovem o aumento do fluxo sanguíneo e a consequente hiperemia 
dos tecidos, produzindo efeitos mecânicos que provocam uma resposta direta 
no deslocamento do sangue ao longo dos vasos sanguíneos e efeitos reflexos 
que provocam uma resposta indireta, exercendo benefícios em outras partes 
do corpo e conectando o sistema nervoso autônomo (MUMFORD, 2010). 
Para Gonçalves (2006), a pressão exercida pelo deslizamento superficial 
resulta no estímulo da circulação cutânea e do fluxo sanguíneo nas veias 
superficiais e em vasos linfáticos, aumentando, com isso, a nutrição e dimi-
nuindo os efeitos da fadiga muscular (Figura 1). 
3Massagem corporal
Figura 1. Movimento de deslizamento para alívio da tensão muscular.
Fonte: MakeStory Studio/Shutterstock.com.
Com o objetivo de realizar a mobilização profunda e superficial dos te-
cidos, são utilizados movimentos de compressão, os quais são subdivididos 
em manobras de amassamento, beliscamento, torcedura e rolamento, sendo 
estes responsáveis por liberar aderências e reduzir a dor e a fadiga muscular. 
Os movimentos de percussão são subdivididos em manobras de tapotagem 
e cutiladas, com o objetivo de golpear os tecidos em velocidade rápida e suave. 
Esses movimentos promovem hiperemia e são revigorantes. Não é indicada 
sua aplicação diretamente sobre a coluna vertebral. 
Movimentos de agitação ou vibração são diferenciados por causar contra-
ção reflexa dos músculos esqueléticos, o que afeta músculos involuntários. 
Geralmente esse movimento é aplicado na finalização da massagem.
Para a liberação de aderências entre camadas de tecidos, aplicam-se os 
movimentos de fricção (p. ex., aderências entre músculos e fáscias ou fáscias 
e ossos, e entre fibras musculares) (GUIRRO, E.; GUIRRO, R., 2010).
Manobras da massagem relaxante corporal 
Conhecer a anatomia muscular e a disposição das fibras musculares em relação 
ao eixo é indispensável para a aplicação das manobras de massagem. As ma-
nobras devem ser aplicadas de acordo com o segmento das fibras musculares, 
Massagem corporal4
pensando na direção e no tipo de movimento que cada músculo é capaz de 
exercer. 
Por intermédio da apalpação, é possível encontrar, em alguns músculos, a 
presença de nódulos, que são os pontos rígidos que desencadeiam desconforto 
quando pressionados (CLAY; POUNDS, 2008).
Alguns movimentos básicos da massagem também têm uma nomenclatura 
em termos franceses: 
 � O movimento de deslizamento superficial ou profundo também pode 
ser conhecido como effleurage;
 � O movimento de amassamento também pode ser conhecido como 
petrissage;
 � O movimento de percussão também pode ser chamado de tapotment.
Os movimentos da massagem são realizados sobre cada estrutura corporal 
sequencialmente, seguindo um roteiro as seguintes manobras:
Deslizamento: com o objetivo de promover o primeiro contato e iniciar a 
massagem, posicione as palmas das mãos inteiras sobre a pele e, realizando 
o deslizamento primeiramente compressão suave e posteriormente evoluindo 
as repetições, aumentando a pressão gradativamente (Figura 2).
Figura 2. Manobra de deslizamento.
Fonte: hareluya/Shutterstock.com.
5Massagem corporal
Amassamento: com o objetivo de movimentar os músculos e os tecidos 
subcutâneos, em sentido semicircular, com as pontas dos dedos polegares, 
deslize-os sobre a pele, alternando entre os polegares, formando, dessa forma, 
uma compressão nos tecidos em nível muscular, estimulando o metabolismo, 
favorecendo a eliminação de acúmulos adiposos, atuando de modo profundo, 
com uma pressão média de 50 a 80 mmg, e aumentando a elasticidade e a 
vitalidade dos tecidos (Figura 3).
Figura 3. Manobra de amassamento.
Fonte: Dmitry Melnikov/Shutterstock.com.
Beliscamento: nessa manobra, um ou mais músculos são agarrados, erguidos, 
comprimidos e soltos, com a ponta dos dedos, de forma suave, sem beliscar 
ou causar desconforto. O beliscamento tem o objetivo de mobilizar a muscu-
latura, melhorando a mobilidade e a liberação de aderências das cicatrizes 
(Figuras 4 e 5).
Massagem corporal6
Figura 4. Movimentos das mãos para realizar o besliscamento 
da pele.
Fonte: Denys Prykhodov/Shutterstock.com.
Figura 5. Movimento de deslocamento da pele com o movimento alternado 
do beliscamento.
Fonte: Milan Ilic Photographer/Shutterstock.com.
7Massagem corporal
Torcedura: aplicável em músculos maiores, principalmente em membros infe-
riores, essa manobra tem ação mecânica significativa e aumenta a mobilidade 
dos músculos. Para realizar essa manobra, é necessário agarrar o tecido com as 
duas mãos e comprimir, alternadamente, entre os dedos polegares (Figura 6).
Figura 6. Manobra de torcedura.
Fonte: karelnoppe/Shutterstock.com.
Rolamento: com essa manobra, a pele é deslocada entre as estruturas mais 
profundas. Com as pontas dos dedos, agarre uma porção pequena de pele e 
inicie o deslizamento em direção centrípeta, imitando um rolamento entre os 
dedos. O rolamento é ótimo para melhorar a circulação e mobilizar fibroses, 
bem como para avaliar as aderências (Figura 7).
Massagem corporal8
Figura 7. Manobra de rolamento.
Fonte: Prostock-studio/Shutterstock.com.
Tapotagem: é caracterizada como uma manobra de percussão, a qual é respon-
sável por aumentar o fluxo sanguíneo, comprimindo o ar na mão e provocando 
uma vibração nos tecidos. Essa manobra deve ser aplicada com as duas mãos, 
em formato de concha, alternadamente em velocidade rápida e suave.
Cutilada: promove efeito estimulante no paciente. É aplicada com as duas 
mãos alternadas, de forma rápida e suave, sendo que apenas o dedo mínimo 
entra em contato com a pele, enquanto os outros dedos se tocam em formato 
de cascata e são afastados conforme a mão é erguida novamente. Essa manobra 
é aplicável em grandes áreas e promove o alívio de tensões (Figuras 8 e 9).
9Massagem corporal
Figura 8. Manobra da cutilada.
Fonte: Cultura Motion/Shutterstock.com.
Figura 9. Movimento de cutilada aplicando o movimento com as mãos alternadas.
Fonte: antoniodiaz/Shutterstock.com.
Massagem corporal10
Vibração: é uma manobra diferenciada porque não causa contração reflexa do 
sistema musculoesquelético, afetando músculos involuntários. Sua aplicação 
é indicada no final da massagem, quando é realizado um leve tremor com a 
ponta dos dedos relaxados (Figura 10).
Figura 10. Movimento de vibração dos tecidos.
Fonte: Africa Studio/Shutterstock.com.
Fricção: aplicável ao longo das fibras de forma circular, linear e transversal, 
esse movimento não necessita de cremes lubrificantes para exercer o desli-
zamento preciso dos polegares ou pontas dos dedos. Indicada para regiões 
de aderências entre camadas de tecidos, essa manobra permite a liberação de 
fáscias e fibras sobre estrutura muscular lesada, melhorando, dessa forma, a 
flexibilidade (Figura 11) (GONÇALVES, 2006).
11Massagem corporal
Figura 11. Manobra de fricção. 
Fonte: Juriah Mosin/Shutterstock.com.
O toque durante a massagem deve estar de acordo com a sensibilidade do paciente, 
portanto, sempre pergunte se a pressão do toque está adequada e não retire suas 
mãos de repente, procurando manter o contato com, pelo menos, uma das mãos. 
Veja mais sobre o toque e os movimentos de massagem no livro Massagem para o 
desempenho esportivo, de McGillicuddy.
Massagem modeladora corporal
O objetivo principal da utilização dessa técnica é o remodelamento corporal 
nas regiões acometidas pelo excesso de gordura localizada e FEG (fibro edema 
geloide), comumente chamada de celulite. 
Não há evidências que comprovem os efeitos da massagem modeladora 
no emagrecimento, partindo do princípio de que não ocorre perda de peso 
corporal durante a aplicação da técnica. Porém, o que é observado na prática, 
é um remodelamento devido à redução de medidas na área de aplicação, que 
Massagem corporal12
é decorrente da melhora da circulação local e da modificação mecânica das 
estruturas do tecido conectivo, melhorando, assim, a flexibilidade e a consis-
tência do tecido (Figura 12) (BORGES; SCORZA, 2016). 
Os movimentos são aplicados de forma rítmica e vigorosa, alternando entre 
pressão moderada e forte, o suficiente para aumentar o fluxo sanguíneo sem 
causar hematomas e lesões teciduais.
Para a aplicação da massagem modeladora corporal, é necessário o auxílio 
de cremes que favoreçam o deslizamento das mãos sobre o tecido cutâneo. É 
indicada a associação de ativos lipolíticos na formulação desses cremes, pois, 
por intermédio da vasodilatação local, ocorre o aumento da permeabilidade 
de ativos sobre a pele. 
Em estudo aplicado em 10 mulheres entre 20 e 30 anos, um grupo recebeu 
a massagem modeladora associada a cosméticos lipolíticos e outro grupo 
recebeu somente a massagem modeladora. Os autores Silva et al. (2009) 
constataram que a redução de medidas foi maior no grupo que recebeu a 
massagem associada a cosméticos lipolíticos.
Figura 12. Demarcação da área acometida pela gordura para aplicação da 
massagem modeladora do tecido.
Fonte: Intarapong/Shutterstock.com.
13Massagem corporal
As contraindicações da massagem modeladora corporal são:
 � Tecidos inflamados ou edemaciados;
 � Doenças de pele;
 � Paciente com hiperestesia (sensibilidade diminuída);
 � Distúrbios circulatórios graves (p. ex., trombose);
 � Neoplasia ou tuberculose;
 � Infecções bacterianas;
 � Fragilidade capilar (p. ex., varizes);
 � Abdome gravídico.
Um estudo piloto avaliando os efeitos da massagem modeladora corporal observou 
que a aplicação da técnica tem efeito redutor significativo na região do quadril. 
Para mais informações, acesse o link a seguir.
https://goo.gl/aAZDm9
Manobras da massagem modeladora corporal
A massagem modeladora corporal é composta por manobras da massoterapia 
clássica, envolvendo movimentos de pressão, mobilização e percussão, de 
forma rítmica e rápida, estimulando, com isso, a vasodilatação sanguínea. 
Os movimentos de pressão envolvem a associação das manobras de des-
lizamento e amassamento, as quais são aplicáveis no primeiro contato com o 
paciente, no início de forma superficial, com pressão leve, e posteriormente de 
forma profunda, com pressão moderada, abrangendo o plano mais profundo 
do tecido (GUIRRO, E.; GUIRRO, R., 2010).
A manobra de deslizamento superficial é realizada com movimentos longos, 
suaves e rítmicos, os quais atuam nas terminações nervosas e sensitivas da 
pele, produzindo efeito sedativo, enquanto os deslizamentos profundos são 
mais fortes e produzem efeito estimulante. 
Massagem corporal14
O movimento de amassamento consiste em comprimir e realizar uma 
rotação no tecido, associando as duas mãos sem soltar a pele, com o objetivo 
de incrementar a circulação local e promover o remodelamento do tecido 
(Figura 13) (GONÇALVES, 2006).
Figura 13. Massagem modeladora no abdome.
Fonte: Romaset/Shutterstock.com.
Nas manobras de mobilização, são aplicados os movimentos de belisca-
mento e rolamento da pele, de modo superficial e profundo. Para a aplicação 
dessasmanobras, é importante o completo acoplamento da mão do terapeuta 
com a pele do paciente, gerando, assim, a mobilização efetiva do tecido adiposo.
Outra manobra de mobilização importante na massagem modeladora é a 
marcação da cintura, a qual, aplicada do lado oposto ao paciente e acoplando 
a mão inteira na lateral da cintura em movimentos rítmicos e alternados, 
promove o remodelamento da cintura (Figura 14). 
15Massagem corporal
Figura 14. Manobra de marcação da cintura.
Fonte: liza54500/Shutterstock.com.
As manobras de percussão são aplicadas com as pontas dos dedos, fazendo 
um dedilhamento ou a tapotagem aplicada com a palma da mão em formato de 
concha. A aplicação dessa manobra tem efeito sonoro devido ao movimento, 
que alterna as mãos de forma rítmica, sem causar dor ou desconforto ao pa-
ciente. Sua função, na massagem modeladora, é promover hiperemia, o que 
melhora a oxigenação dos tecidos (Figura 15) (BORGES; SCORZA, 2016). 
Figura 15. Mãos em formato de concha.
Fonte: Artem Furman/Shutterstock.com.
Massagem corporal16
O corpo responde com uma contração muscular em consequência da pres-
são registrada pelos receptores das fáscias e pelos receptores do complexo de 
Golgi nos músculos, promovendo, assim, uma ação reflexa, que resultaria em 
pequeníssimas contrações dos músculos voluntários e involuntários. 
A resposta inicial nos vasos sanguíneos superficiais e profundos é a con-
tração da parede muscular involuntária, seguida pela fadiga motora e pela 
vasodilatação, resultando na hiperemia da pele (MUMFORD, 2010).
A combinação das manobras de massagem modeladora corporal, associada a cos-
méticos lipolíticos termogênicos a base de cafeína e nicotinato de metila, aumenta 
significativamente a circulação, potencializando os resultados de remodelamento. 
17Massagem corporal
ABREU, M. F.; SOUZA, T. F.; FAGUNDES, D. S. Os efeitos da massoterapia sobre o estresse 
físico e psicológico. Revista Científica da Faculdade de Educação e Meio Ambiente, v. 3, 
n. 1, p. 101-105, 2015. Disponível em: <http://www.faema.edu.br/revistas/index.php/
Revista-FAEMA/article/view/119/330>. Acesso em: 26 jun. 2018. 
BORGES, F. dos S.; SCORZA, F. A. Terapêutica em estética: conceitos e técnicas. São 
Paulo: Phorte, 2016.
CLAY, J.; POUNDS, D. Massoterapia clínica: integrando anatomia ao tratamento. 2. ed. 
Barueri, SP: Manole, 2008. 
GONÇALVES, A. Manual técnico de estética: teoria e prática para estética, cosmetologia e 
massagem. 2. ed. Portugal: Ondografe, 2006. Disponível em: <https://www.esteticista-
comovoce.com.br/wp-content/uploads/2016/12/Manual-Tecnico-de-Estetica-Teoria- 
e-pratica-para-Estetica-Cosmetologia-e-Massage.pdf>. Acesso em: 26 jun. 2018. 
GUIRRO, E. C. O.; GUIRRO, R. R. J. Fisioterapia dermato-funcional. 3. ed. Barueri, SP: 
Manole, 2010.
MUMFORD, S. Bíblia da massagem. São Paulo: Pensamento, 2010.
PINTO, R. F. dos S.; RODRIGUES, R. A. B. A massoterapia como estratégia de tratamento 
na redução do quadro álgico e dos níveis de estresse observado em indivíduos 
residentes na zona oeste do Rio de Janeiro. Ciência Atual, v. 4, n. 2, p. 2-19, 2014. 
Disponível em: <http://inseer.ibict.br/cafsj/index.php/cafsj/article/viewFile/78/pdf>. 
Acesso em: 26 jun. 2018.
SIQUEIRA, H. P. Análise das alterações fisiológicas proeminentes da massagem clássica 
em função do tempo de aplicação. Revista PIBIC, v. 3, n. 2, p. 59-72, 2006.
SILVA, J. C. A. C. et al. Análise da eficácia da massagem modeladora na região ab-
dominal de mulheres sadias. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO 
CIENTÍFICA, 13.; ENCONTRO LATINO AMERICANO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 9., 2009, São 
José dos Campos. Anais eletrônicos... Disponível em: <http://www.inicepg.univap.
br/cd/INIC_2009/anais/arquivos/RE_0910_0482_01.pdf>. Acesso em: 26 jun. 2018.
Leituras recomendadas 
MCGILLICUDDY, M. Massagem para o desempenho esportivo. Porto Alegre: Artmed, 2012.
RIGGS, A. Técnicas de massagem profunda: um guia visual. Barueri, SP: Manole, 2009.
18Massagem corporal

Continue navegando

Outros materiais