A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
51 pág.
Apostila - Técnicas de Pesquisa de Marketing -  Até Pg 50 - 2013.2 doc

Pré-visualização | Página 1 de 10

�
UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA
Disciplina: Técnicas de Pesquisa de Marketing
Profª. Alípia Ramos de Souza
APOSTILA
TÉCNICAS DE PESQUISA DE MARKETING
Fonte:pxp64184fotoseach.com.br
Rio de Janeiro
2013.2
EMENTA
PRIMEIRA PARTE
1.- Breve Histórico da Pesquisa de Marketing
1.1. Pesquisa de Marketing no Brasil
1.2. O que faz um Instituto de Pesquisa de Mercado/ Marketing e de Opinião
2.- Ética na Pesquisa de Mercado/ Marketing
* Ética do Patrocinador.
* Ética do Fornecedor.
* Ética e os Direitos dos Pesquisados
3.- Pesquisa de Marketing ou pesquisa de Mercado
* O que é?
* Objetivos da Pesquisa
* Para que se faz Pesquisa?
* Para quem se faz Pesquisa?
* Quem faz Pesquisa/
* Profissionais envolvidos com Pesquisa
* Vantagens de se usar a Pesquisa
* Limitação da Pesquisa.
* Importância da Pesquisa
3.10. Momento de realizar a Pesquisa
4.- Coletando e Analisando Informações de Marketing
* Dados e Informações são a mesma cosia?
 Ferramentas da Pesquisa de Marketing
* Dados Primários.
* Dados Secundários.
* SIM – Sistema de Informação de Marketing
SEGUNDA PARTE
Pesquisa de Marketing – A Informação ao Seu Alcance – (Alípia Ramos).
5.- O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE PESQUISA DE MARKETING
1.- Identificando e formulando a oportunidade /problema da pesquisa.
2.- Criando o PROJETO DE PESQUISA.
3.- Escolhendo o método de pesquisa
4.- Selecionando o procedimento de amostragem.
5.- Coletando os DADOS.
6.- Analisando os DADOS.
7.- Escrevendo e apresentando o RELATÓRIO.
8.- Dando Continuidade ao Trabalho.
TERCEIRA PARTE
6.- Plano de Amostragem
* Passos para o desenvolvimento do plano de amostragem.
Determinando o tamanho da amostra.
* Tipos de amostra: Probabilística e não-probabilística.
* Cálculo amostral
7.- Importância do QUESTIONÁRIO
* Definição do questionário.
* Elaboração do questionário.
* Triagem do questionário
* Tipos de perguntas que podem ser utilizadas para elaboração do QUESTIONÁRIO.
* Classe Socioeconômica – CRITÉRIO BRASIL
* Pré-Teste do questionário.
	
QUARTA PARTE
8.- Importância do Relatório de Pesquisa e da Apresentação
* Preparação e Apresentação do Relatório
* Apresentação Oral
Referências Bibliográficas
Glossário
	
PESQUISA DEIXA DE SER IMPORTANTE PARA SER FUNDAMENTAL.
José Roberto Writaker Penteado.
Presidente da ESPM
	
	
I PARTE
BREVE HISTÓRICO DA PESQUISA DE MARKETING
Fonte: WWW.fotosemgeral.com.br
BREVE HISTÓRICO DA PESQUISA DE MARKETING
Uma rápida visão da evolução histórica da pesquisa de marketing ajudará na compreensão do estágio atual em que se encontra e de sua inter-relação com a evolução histórica do conceito de marketing.
A pesquisa de marketing evoluiu e ganhou importância à medida que o conceito de marketing também evoluiu, principalmente com a adoção, pelas empresas da orientação filosófica para o consumidor.
	
A primeira pesquisa, segundo Eaton & Harrison (1930), ocorreu em Londres em 1840, e está descrita no Journal of the Statistical Society of London. Nessa pesquisa, dois pesquisadores visitaram dois bairros operários de Londres e procederam a várias entrevistas, em diversas residências. Tinham por objetivo levantar dados sobre as condições de vida e moradia desses trabalhadores.
Durante o período de 1900 a 1930, nos EUA, o interesse da administração das empresas estava voltado, principalmente, para as atividades de produção: como produzir mais e mais barato. É a época da produção em massa de produtos extremamente padronizados. Na década de 30, o interesse da administração voltou-se para a distribuição: há necessidade de aprimorar os canais de distribuição para poder escoar os produtos produzidos em massa. Somente a partir de 1940 é que a administração das empresas começa a dar atenção para as necessidades e desejos do consumidor (King 1965) e, paralelamente, cresce o interesse pela pesquisa de marketing, apesar de sua origem no século passado.
O período que vai de 1910 a 1920 é reconhecido como o inicio formal da pesquisa de marketing, apesar de que uma ou outra pessoa ou instituição dela fizeram uso, antes de 1910. Foi em 1911 que surgiu, nos EUA, a primeira empresa de pesquisa “comercial” de que se tem notícia: The Business Bourse. Nesse mesmo ano, a Curtiss Publishin Company criou a sua Divisão de Pesquisa Comercial que a tornou a maior empresa de pesquisas da década de 20. O grande sucesso da Curtiss levou inúmeras outras empresas a estabelecerem suas próprias divisões de pesquisas de marketing, tais como as da United States Rubber Company, em 1915, e da Swift and Company, em 1917.
 Em 1919, foi publicado o primeiro livro que reunia todos os conhecimentos sobre pesquisa de marketing até então: Market researche and analisys, de London O.Brown, refletindo o interesse crescente da pesquisa de marketing, nos meios acadêmicos dos EUA. Após 1940, e refletindo a mudança de orientação das empresas para as necessidades e os desejos do consumidor, o número de escolas de administração que passou a oferecer cursos de pesquisa de marketing cresceu rapidamente e, em conseqüência, inúmeros outros livros-textos foram publicados.
Após o término da Segunda Guerra Mundial, a atenção da administração das empresas volta-se cada vez mais para o consumidor e, com a crescente adoção do conceito filosófico de marketing, crescem espantosamente as atividades de pesquisa na área. Em 1948 já havia mais de 200 empresa de pesquisas de marketing nos EUA.
Em 1964 foi publicado o primeiro livro texto pela Fundação Getúlio Vargas sob o título Marketing research, de Harper Boyd e Ralph Westfal (publicado nos EUA em 1956), e é tio como o mais completo, apesar de já desatualizado. 
	
PESQUISA DE MARKETING NO BRASIL
Os negócios de pesquisa de marketing passaram a desenvolver-se, no Brasil, por solicitação de filiais das empresas de origem norte-americana, aqui instaladas. No entanto, até hoje, seu desenvolvimento tem sido muito restrito, não havendo nenhum termo de comparação com o grande crescimento ocorrido, nos EUA, nas décadas de 50 e 60. Após o Plano Real, com a estabilização dos preços, com a crescente competição e com a globalização da economia brasileira, as empresas passaram gradativamente a dar maior importância para as atividades de marketing e, em conseqüência, para a pesquisa de marketing. A pesquisa de marketing é um negócio crescente no Brasil mas ainda está longe de adquirir a importância que tem nos EUA, onde, em 1990, já alcançava a cifra de 2,4 bilhões de dólares.
Existem mais de 50 empresas no Brasil, dedicadas a pesquisa de marketing, algumas grandes e organizadas, outras menores. Alguns dispõem de metodologias e técnicas bastante sofisticadas e modernas, outras estão preparadas para realizar trabalhos operacionais de campo. Grande parte das verbas de pesquisas é destinada à realização de pesquisas de audiência de rádio e TV, pesquisas de auditoria de lojas e pesquisas eleitorais. Geralmente, as empresas de pesquisas maiores e mais sofisticadas, técnica e metodologicamente, atendem aos clientes mais exigentes que, na decisão de compra, levam em consideração a qualidade e não somente o preço.
À medida que crescer a adoção do conceito de marketing pelas empresas brasileiras, deverá crescer, paralelamente, o negócio de pesquisa de marketing. A adoção crescente do conceito de marketing já está ocorrendo, devido à estabilidade dos ambientes econômico (Plano Real) e político (democracia plena).
	
O QUE FAZ UM INSTITUTO DE PESQUISA DE MERCADO/OPINIÃO
 A ÉTICA NA PESQUISA DE MARKETING
	
	Nível Atividades, funções e serviços
	
1.- Departamento de marketing das empresas.
2.- Agências de propaganda
3.- Empresas de serviços sindicalizados.
4.- Empresas de pesquisa ad hoc ou customizada.
5.- Empresas de serviços de campo
Empresas de serviços especializados.
* Outras
	
Departamentos de marketing