A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Aula 4   Nutrição e obesidade

Pré-visualização | Página 1 de 1

NUTRIÇÃO E 
OBESIDADE 
Profª Thaynara Helena 
CONCEITO 
A obesidade pode ser definida como o aumento da 
quantidade de gordura corporal e, atualmente, é 
considerada uma patologia crescente, sendo uma 
grande preocupação para a saúde pública. 
EPIDEMIOLOGIA 
• O Brasil tem cerca de 18 milhões de pessoas 
consideradas obesas. Somando o total de indivíduos acima do 
peso, o montante chega a 70 milhões, o dobro de há três 
décadas. 
• No Brasil, se registrou um aumento na prevalência de obesidade 
entre 1975 e 1997 que predominou na região Nordeste e nas 
faixas da população de menor poder aquisitivo. 
EPIDEMIOLOGIA 
RISCOS DA OBESIDADE 
 
CULTURAIS 
FATORES 
SOCIAIS 
FATORES 
PSICOLÓGICOS 
FATORES 
GENÉTICOS 
SEDENTARISMO 
FATORES 
ALIMENTARES 
FATORES GENÉTICOS 
Genes ligados à obesidade 
Regulação de hormônios responsáveis pela fome x 
saciedade 
Fator hereditariedade 
 
FATORES SOCIAIS 
 Apelos comerciais 
 
Vida urbana: 
52% população brasileira vive em áreas urbanas 
Acelerado ritmo de vida 
Busca pela praticidade e comodidade 
 
 
FATORES PSICOLÓGICOS 
 Problemas emocionais : alimentação proporciona prazer 
barato e imediato 
 
Sentimentos relacionados à tristeza, baixa auto- estima, 
ansiedade, preocupação, medo, insegurança. 
 
 
 
 
 
FATORES CULTURAIS 
 Grande quantidade de alimentos = fartura, sentimentos 
positivos 
Comer pouco= avareza, sentimentos negativos. 
 
 
 
 
INVERSÃO DE ANTIGOS VALORES 
CULTURAIS 
SEDENTARISMO 
 Diminuição do gasto energético 
 
Automação dos afazeres básicos 
Diminuição de atividade física 
Profissões que induzem ao sedentarismo 
Sem horários pra fazer? 
 
 
FATORES ALIMENTARES 
 AUMENTO DO CONSUMO DE GORSDURA SATURADA 
 
AUMENTO DO CONSUMO DE GORDURA TRANS 
 
AUMENTO DO CONSUMO DE BEBIDAS AÇUCARADAS E AÇÚCARES 
REFINADOS 
 
DIMINUIÇÃO DO CONSUMO DE FIBRAS 
GORDURA SATURADA 
BEBIDAS AÇUCARADAS 
BEBIDAS AÇUCARADAS 
GORDURAS TRANS 
GORDURAS TRANS 
 INSTALAÇÃO DA OBESIDADE 
JÁ ESTOU 
OBESO!! 
ALTERAÇÕES 
IMUNOLÓGICAS E 
ENZIMÁTICAS 
DESREGULAÇÃO 
DA FOME 
AUMENTO DO 
ESTADO 
INFLAMATÓRIO 
DESREGULAÇÃO 
DA FOME E 
SACIEDADE 
AVALIAÇÃO NUTRICIONAL 
CLASSIFICAÇÃO DA OBESIDADE 
1.1 . IMC 
CLASSIFICAÇÃO DO EXCESSO DE PESO EM ADULTOS DE 
ACORDO COM O IMC 
 ___________________________________________________ 
 Classificação IMC (kg/m2) Risco de Comorbidades 
 ___________________________________________________ 
Baixo peso < de 18.5 Baixo * 
 Normal 18,5-24,9 Baixo* 
Pré-obeso 25 - 29.9 Aumentado 
Obesidade de classe I 30 - 34.9 Moderado 
Obesidade de classe II 35 - 39.9 Grave 
Obesidade de classe III >=40 Muito grave 
 ___________________________________________________ 
* Risco de outros problemas clínicos 
WHO Consultation on Obesity, 1998 
CLASSIFICAÇÃO DA OBESIDADE 
CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA: 
 
 Mulheres: CC 80- 88 CM 
 Homens: CC 94- 102 cm 
 
4.3.SOMATÓRIO DAS PREGAS CUTÂNEAS: 
 
 % gordura corporal 
 
 Importante verificar o padrão de distribuição da gordura corporal 
DISTRIBUIÇÃO DE GORDURA CORPORAL 
 TRATAMENTO 
NUTRICIONAL NA 
OBESIDADE 
TRATAMENTO NUTRICIONAL 
O tratamento clínico divide-se em tratamento médico, 
tratamento nutricional e tratamento psicológico. 
 
 OBJETIVO: 
 Alcançar o peso ideal 
Minimizar os efeitos deletérios da doença 
Melhorar o perfil metabólico e bioquímico 
TRATAMENTO NUTRICIONAL 
 TRATAMENTO MÉDICO: 
 Medicamentos ( sibutramina, orlistat) 
 Cirurgia ( cirurgia bariátrica) 
 
TRATAMENTO PSICOLÓGICO: 
 Terapia comportamental 
 Terapia em grupo 
TRATAMENTO NUTRICIONAL 
DESTACAM-SE: 
 
I- DIETAS RESTRITAS EM CALORIAS: 
Recomendado a perda de 0,5- 1,0 kg/ semana 
 50-55% do VET : Carboidratos 
 15-25% do VET: Proteínas 
 <30% do VET: Lipídios 
TRATAMENTO NUTRICIONAL 
II- DIETAS DE SISTEMA DE SUBSTITUIÇÃO: 
Dietas ou fórmulas associadas a programas de substituição de 
refeições, com bebidas ou barras substituindo refeições 
 
III- RESTRIÇÃO EXTREMA DE ENERGIA: 
Dietas com cerca menos de 800 kcal/dia. São norma a 
hiperprotéicas e necessitam de suplementação de vitaminas e 
minerais. 
 
TRATAMENTO NUTRICIONAL 
IV- RESTRIÇÃO MODERADA DE ENERGIA: 
Fornecem de 800- 1200 kcal. Cálculo é realizado de acordo com o peso ideal ( PI) 
 
V- DIETAS BALANCEADAS: 
 Caracterizam-se pela distribuição adequada de macronutrientes: 
 20-30% do VET de lipídios 
 55-60% do VET de carboidratos 
 15- 20% do VET de proteínas 
 * Para cálculo, utiliza-se o peso ajustado