A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Intolerância à lactose

Pré-visualização | Página 1 de 1

Introducao
A lactose é conhecida como o acucar do leite, é um dissacarideo composto por uma molécula de glicose e uma galactose, que é hidrolizado pela enzima intestinal lactase onde libera seus componentes para a absorcao na corrente sanguinea.Tanto o leite como seus derivados sao uma otima fonte de proteina animal e adequada fonte de calcio.Porém a capacidade de digerir a lactase presente no leite depende da presenca e atividade da enzima lactase existente no intestino, que ao passar dos anos tem uma reducao na sua producao.A intolerancia a lactose ou hipolactasia nada mais é uma diminuicao da atividade da enzima lactase no intestino delgado, recetemente chamado lactase nao persistente.
Desenvolvimento
A intolerância à lactose ou hipolactasia pode ser congênita, primaria ou secundaria.
A deficiência congênita da enzima que é uma problema génetico muito raro, no qual as criancas nascem sem a capacidade de produzir lactase.
A deficência primaria ou ontogência que consiste numa tendência natural do organismo em diminuir a producao de lactase com o avancar da idade. 
A diminuicao enzimatica secundaria a doencas intestinais que é bastante comuns em criancas durante o primeiro ano de vida. 
É importante entender a clara diferenca existente entre três situacoes possíveis com relacao à lactose, a intolerância, alergia ou sensibilidade.
A intolerância é uma reacao adversa que envolve a digestao ou metabolismo, porem nao ao sistema imunitario.
A alergia consiste numa resposta do sistema imunitario acomponentes alimentares, geralmente proteinas.É quase esclusivamente limitada a recém-nascidos.
A sesibilidade evidencia-se como uma resposta anormal, por vezes com uma reacao semelhante a da alergia.
Entre fatores que podem influenciar beneficamente ou nao, os sintomas da intolerância à lactose, pode-se citar a quantidade de lactose ingerida, a fermentacao e adicao de bacterias, e a composicao dos alimentos.
 É mais comum a hipolactasia em certas racas, como a negra em relacao a outras como a branca.
A intolerância a lactose pode acorrer em qualquer idade.
Causas
Os sintomas da intolerância à lactose surgem quando a quantidade de lactose que chega no intestino é superior capacidade intestinal de hidrolisa-la.Ao contrario das alergias, o consumo do substrato que causa sintomas nao e prejudicial na intolerância à lactose, mas pode ser muito desagradavel. 
Congênita:Quando as pessoas ja nascem sem a capacidade de produzir a enzima lactase.
Primaria: Quando a um defeito intrìseco da enzima, pode ser: difeciencia da lactase do prematuro, deficiencia da lactase congênita e deficiência da lactase do tipo adulto.
Secundaria: Pode ter como causa a desnutricao, alergia a proteina heterologa, sindrome do colon irritavel, utilizacao de algumas drogas, entre outros.
Tratamento
O cuidado nutriional na intolerância à lactose deve ser iniciado quando o diagnostico for bem estabelecido, visto que mudancas na ingestao de leite e derivados na dieta podem resultar carências nutricionais, principalemente em criancas pequenas pois poderao perdurar por toda a vida.
Nao existe cura para intolêrancia à lactose, mas podem-se atenuar os sintomas quando o leite e seus derivados nao sao mais ingeridos, ou sao ingeridos controladamente de forma limitada. 
Consideracoes finais
A intolerância a lactose tem forte influencia sobre a vida das pessoas que apresentam os sintomas, pois afeta nao so a saude, como a qualidade de vida dos mesmo.
A intolerância à lactose acontece quando a uma diminuicao na quantidade de enzima lactase ou quando a mesma nao é produzida.Ha uma demora na identificacao da intolerancia à lactose, pois esta patologia pode ser falcimente confundida com outras como alergia ou sensibilidade.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.