A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
hISTÓRIA

Pré-visualização | Página 1 de 2

Parte superior do formulário
		
		
	 
	 Fechar
	Avaliação: CEL0242_AVS_201307191975 » HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL
	Tipo de Avaliação: AVS
	Aluno: 201307191975 - BRUNA BREDA
	Professor:
	MARI ANGELA MONJARDIN BARBOSA
	Turma: 9013/AB
	Nota da Prova: 4,5        Nota de Partic.: 2        Data: 27/06/2014 10:28:06
	
	 1a Questão (Ref.: 201307453199)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O HOMEM TEM VOCAÇÃO PARA SUJEITO DA HISTÓRIA, E NÃO PARA OBJETO E, NO CASO BRASILEIRO, ESSA VOCAÇÃO NÃO SE EXPLICITAVA, POIS O POVO TERIA SIDO VÍTIMA DE AUTORITARISMO E PATERNALISMO. SERIA NECESSÁRIO ROMPER COM ISSO, LIBERTAR O HOMEM DO POVO, FORJAR UMA NOVA MENTALIDADE, TRABALHAR A SUA CONSCIENTIZAÇÃO E ENGAJÁ-LO NA LUTA POLÍTICA. NAS OPÇÕES ABAIXO IDENTIFIQUE O AUTOR DESSE TEXTO E A LINHA PEDAGÓGICA CORRESPONDENTE:
		
	
	MARQUES DE POMBAL- PEDAGOGIA POMBALINA
	 
	PAULO FREIRE- PEDAGOGIA LIBERTADORA
	
	MANOEL DA NÓBREGA- PEDAGOGIA JESUÍTICA
	
	FRANCISCO FERRER- PEDAGOGIA LIBERTÁRIA
	
	LOURENÇO FILHO- PEDAGOGIA ESCOLANOVISTA
	
	
	 2a Questão (Ref.: 201307310266)
	Pontos: 1,5  / 1,5
	"A educação indígena foi interrompida com a chegada dos jesuítas. Os primeiros chegaram ao território brasileiro em março de 1549. Comandados pelo Padre Manoel de Nóbrega, quinze dias após a chegada edificaram a primeira escola elementar brasileira, em Salvador, tendo como mestre o Irmão Vicente Rodrigues, contando apenas 21 anos. Irmão Vicente tornou-se o primeiro professor nos moldes europeus, em terras brasileiras, e durante mais de 50 anos dedicou-se ao ensino e a propagação da fé religiosa. No Brasil os jesuítas se dedicaram à pregação da fé católica e ao trabalho educativo. Perceberam que não seria possível converter os índios à fé católica sem que soubessem ler e escrever. De Salvador a obra jesuítica estendeu-se para o sul e, em 1570, vinte e um anos após a chegada, já era composta por cinco escolas de instrução elementar (Porto Seguro, Ilhéus, São Vicente, Espírito Santo e São Paulo de Piratininga) e três colégios (Rio de Janeiro, Pernambuco e Bahia)." Otávio Bello - História da Educação. Discuta a partir do texto acima sobre o papel da educação no Brasil colônial.
		
	
Resposta: Como diz no começo do texto a educação indígena foi interrompida com a chegada dos jesuítas, onde os jesuítas queriam mudar a educação que era de costume dos índios. O mode de se vestir como por exemplo mulheres quase nuas, onde a mulher educava os filhos para caçar e manter a tribo e as meninas eram criadas para cuidar dos filhos e ter maridos. E os Jesuítas queriam mudar esse costumes e também na fé religiosa que dis índios era Politeítas porque acreditavam em vários Deuses. Mas eles vendoque os indíos não sabiam escrever então também alfabetizaram eles para facilitar nahora de fazer uma catequese por exemplo, para que os indíos também pudessem interpretar o que era dito a eles assim tendo a conversão para a doutrina católica.
	
Gabarito: O aluno deve entendê-la como um instrumento de dominação, não com processos de desenvolivmento e organização social, mas dentro de uma linha da aculturação.
	
	
	 3a Questão (Ref.: 201307269765)
	Pontos: 0,0  / 1,5
	As disputas entre intelectuais católicos e liberais, também chamados de escolanovistas, giraram em torno de três questões. Identifique essas questões e as explique
		
	
Resposta: Os intelectuais católicos como exemplo, os jesuítas queriam proclamar a doutrina católica, alfabetizando indíos para que possam interpretar o que era dito sobre a doutina católica em si, também não aceitavam que tivessem outras religiões tendo somente uma crença em um só Deus e os liberais escolanovistas aceitando novas religiões como por exemplo o protestantismo enão concordando com o pagamento de indulgências da igreja católica com a finalidade para o salvamento da alma, por alguns fatores relacionados com a igreja católica como por exemplo o pagamento de indulgências houve à abertura de novas religiões como o calvinismo, protestante entre outras... Tendo diversas reformas que eram contra a igreja católica.
	
Gabarito: O aluno deverá trabalhar com o movimento escolanovista
	
	
	 4a Questão (Ref.: 201307228706)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Os Jesuítas chegaram ao Brasil em 1549 e tiveram uma forte influência na formação escolar e cultural do Brasil Colônia. No decorrer do século XVIII passa a ocorrer no contexto das Reformas Pombalinas, uma forte animosidade entre a Coroa Portuguesa e a Companhia de Jesus, que levou:
		
	
	ao oferecimento da educação de base protestante na Colônia.
	 
	a expulsão dos Jesuítas do Brasil.
	
	ao enfraquecimento do Estado Português
	
	a descentralização político-administrativa do Estado Português.
	 
	ao fortalecimento da Companhia de Jesus.
	
	
	 5a Questão (Ref.: 201307228690)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Considerando a chegada da família real no Brasil e sua instalação na cidade do Rio de Janeiro, considerando as ações executadas na área de educação realizadas antes e durante sua estadia, podemos afirmar que Dom João VI:
		
	
	Incluiu apenas índios, excluindo os negros da educação formal à época.
	 
	Manteve uma educação excludente de índios e negros.
	
	Manteve uma educação para indígenas e negros na educação formal à época.
	
	Incluiu apenas negros, excluindo os índios da educação formal à época.
	
	Uniu índios, negros e brancos na educação formal.
	
	
	 6a Questão (Ref.: 201307447734)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	(Fuvest, 2010) Os primeiros jesuítas chegaram à Bahia com o governador-geral Tomé de Sousa, em 1549, e em pouco tempo se espalharam por outras regiões da colônia, permanecendo até sua expulsão, pelo governo de Portugal, em 1759. Sobre as ações dos jesuítas nesse período, é correto afirmar que
		
	 
	foram responsáveis pela educação dos filhos dos colonos, por meio da criação de colégios secundários e escolas de 'ler e escrever'.
	
	criaram escolas de arte que foram responsáveis pelo desenvolvimento do barroco mineiro.
	
	formularam acordos políticos e diplomáticos que garantiram a incorporação da região amazônica ao domínio português.
	
	causaram constantes atritos com os colonos por defenderem, esses religiosos, a preservação das culturas indígenas.
	
	defenderam os princípios humanistas e lutaram pelo reconhecimento dos direitos civis dos nativos.
	
	
	 7a Questão (Ref.: 201307228882)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	As origens das instituições escolares no Brasil podem ser localizadas no século XVI com a chegada dos:
		
	 
	Jesuítas
	
	Missionários presbiterianos
	
	Beneditinos
	
	Invasores franceses
	
	Carmelitas
	
	
	 8a Questão (Ref.: 201307318343)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Até o final da Primeira República, também conhecida como República Velha, o ensino que predominou nas escolas brasileiras foi baseado em uma perspectiva humanística, tradicional e religiosa. Desta forma, a escola tradicional, que surgiu para ensinar aos filhos da elite nacional, centra o processo de ensino e aprendizagem no mestre, ou seja, na autoridade intelectual do professor, que tinha por função:
		
	
	Formar as camadas populares para que pudessem se organizar coletivamente e lutar pelos seus direitos.
	 
	Transmitir os conhecimentos sistematizados de forma lógica e precisa aos alunos.
	
	Formar pessoas qualificadas tecnicamente para atender as necessidades do mercado de trabalho.
	
	Possibilitar uma formação política comprometida com a transformação da realidade social.
	 
	Possibilitar a apropriação crítica do conhecimento sistematizado visando o desenvolvimento da autonomia intelectual do educando.
	
	
	 9a Questão (Ref.: 201307447754)
	Pontos: 0,0  / 0,5
	Assinale a alternativa CORRETA. O Concílio de Trento