A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
30 pág.
Aula 05 Avaliação em idosos e aspectos voltados à enfermidades mentais

Pré-visualização | Página 1 de 2

AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
FISIOTERAPIA NA SAÚDE DO IDOSO 
Aula 05: avaliação do idoso e aspectos da 
depressão em idosos 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
Temas 
Etapas da avaliação 
 do idoso 
1 
Diagnóstico cinesiológico 
funcional 
2 
PRÓXIMOS 
PASSOS 
Relação da avaliação funcional 
com o envelhecimento 
3 
Dimensão da avaliação 
do idoso de uma forma 
biopsicossocial 
4 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
Envelhecimento e avaliação 
• Esses elementos se relacionam num processo dinâmico. 
• O processo de avaliação do paciente pode ser dimensionado 
por meio de cinco elementos fundamentais proposto pelo 
guia para a prática fisioterápica. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
Envelhecimento e avaliação 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Pacientes idosos podem apresentar sintomas não 
específicos. 
• A anamnese de paciente idosos requer um tempo maior 
que de pacientes mais jovens. 
• Deficiências sensoriais(alterações auditivas ou visuais) e 
comprometimentos de demência podem interferir no 
processo de avaliação. 
Anamnese 
• Podem omitir sintomas tais como dispneias, diminuição da 
acuidade visual, alterações da memória, tonturas e quedas 
por acharem comuns na idade. 
Disponível em: <goo.gl/rPwXsQ>. 
Acesso em: 14 jul. 2017. 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina Elementos da anamnese 
• Identificação (ID) 
• Queixa e duração (QD) 
• História pregressa da moléstia atual (HPMA) 
• Interrogatório complementar (IC) 
• Interrogatório sobre os diversos aparelhos (ISDA) 
• Antecedentes pessoais (AP) 
• Antecedentes familiares (AF) 
• História profissional-ocupacional 
• História sócio-econômica 
• História espiritual/cultural 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Apresentam dificuldade de lembrar todas as doenças 
passadas, as hospitalizações, as cirurgias e o uso de 
medicamentos, neste caso é importante outras fontes para 
coletar esses dados. 
Quanto tempo você não vai ao supermercado? 
• A queixa principal do paciente pode diferir muito do ponto 
de vista da família em relação ao foco principal do 
problema. 
Anamnese 
Questões relativas à duração do declínio funcional podem 
adicionar informações muito úteis, como: 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Uma boa relação com o paciente pode auxiliar na comunicação com os membros da família e na 
obtenção de adesão ao tratamento. 
• Permitir que o paciente fale com orgulho de sua longa vida, suas realizações e outros assuntos de 
importância pessoal, pode facilitar a relação terapeuta-paciente. 
• A doença pode ser detectada por meio de pistas verbais e não verbais (forma como conta a história, o 
tempo de fala, o tom da voz, o contato com os olhos). 
Anamnese 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Relatos sobre o sono e apetite desses pacientes podem revelar informações importantes 
sobre a saúde física e mental. 
• Ele pode omitir sintomas de ansiedade ou depressão e ainda trair-se com uma voz baixa e, 
eventualmente, lágrimas. 
• Ganho ou perda de peso. 
Anamnese 
• Cuidados de higiene pessoal e a capacidade de vestir-se sozinho. 
• O relato de pessoas que lhe faz companhia, se o paciente permite que essas pessoas falem 
durante a entrevista. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Caso use algum tipo de prótese como, dentadura, aparelho auditivo, óculos e outros, deverá 
estar usando durante a anamnese para facilitar a comunicação. 
• O paciente idoso pode se apresentar totalmente fechado durante a entrevista. 
• Gritar ao abordar o paciente não traz nenhum benefício para a comunicação. 
Anamnese 
• O exame do status mental pode ser necessário em primeiro plano. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Se a lucidez do paciente não estiver prejudicada, ele deve ser entrevistado sozinho para 
encorajar a discussão de assuntos pessoais. 
• Este exame deve ser conduzido de forma a não deixar o paciente confuso, ofendido ou na 
defensiva, principalmente na presença de outras pessoas. 
• Não se deve convidar o acompanhante para a entrevista com o paciente sem a sua permissão, 
porque implicaria em estabelecer logo de início a incapacidade do idoso. 
Anamnese 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• O exame da lucidez do paciente deve ser seguido por instrumentos de avaliação quantitativa, como 
o Annotated Mini-Mental State Examination Form (Formulário do Estado Minimental Adotado). 
Anamnese 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
Anamnese 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Deve determinar quais os tipos de drogas usadas , a dosagem, a frequência, o médico que fez a 
prescrição e o porquê. 
• Registrar a história medicamentosa. 
• Drogas de uso tópico também devem ser incluídas, pois colírios para tratamento de glaucoma 
são absorvidos sistematicamente, podendo produzir efeitos colaterais cardiovasculares, 
pulmonar e nervoso. 
Medicamentos 
• Drogas utilizadas por conta do paciente devem ser incluídas. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
• Qualquer dieta especial ou dietas prescritas por conta 
própria devem ser anotadas. 
• A quantidade e a qualidade da alimentação deve ser 
determinada, incluindo o número e a frequência das 
refeições realizadas por dia e por semana. 
• Ingestão de álcool, a dieta de fibras e as vitaminas 
prescritas por conta própria. 
História nutricional 
Fonte: Idosos.com.br. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
História psiquiátrica 
Fonte: Idosos.com.br. 
Estes problemas podem não ser identificados com facilidade nas 
pessoas idosas: 
• Insônia; 
• Mudanças no padrão de dormir; 
• Constipação; 
• Diminuição da cognição; 
• Anorexia; 
• Perda de peso; 
• Fadiga; 
• Preocupação com as funções orgânicas; 
• Aumento do consumo de álcool; 
• Queixas somáticas. 
Trata-se de sintomas psiquiátricos comumente encontrados em idosos. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
História psiquiátrica 
Fonte: Idosos.com.br. 
• Diversas circunstâncias como perda de um ente querido 
(incluindo pequenos animais), ou perda da audição podem 
contribuir para a instalação da depressão, que pode ser 
detectada inicialmente por irritação do paciente ou pela perda 
cognitiva chamada pseudodemência. 
• Episódios de muita tristeza, de desespero ou de choro podem 
indicar um paciente depressivo. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
Anamnese 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina 
AULA 01: NOME DA AULA 
Disciplina 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
História familiar, social e econômica 
• Quando os idosos começam a ter necessidade de auxílio 
para realizar tais atividade, o risco de se tornarem 
dependentes aumenta. 
• Déficits nas AVDs e nas AIVDs indicam a necessidade de 
informações adicionais sobre as condições 
socioambientais do paciente. 
Disponível em: <goo.gl/ysKe7k>. 
Acesso em: 14 jul. 2017. 
AULA 05: AVALIAÇÃO DO IDOSO 
Fisioterapia na saúde do idoso 
História familiar, social e econômica 
• A história social inclui a avaliação do padrão da habitação 
do paciente que deve ser checado