A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
5. Contrato Individual de Trabalho-Suspensão-Interrupção e Prescrição

Pré-visualização | Página 1 de 4

Aula 5 – 05.09.14
1 –Contrato individual do trabalho:
a) Suspensão, interrupção e alteração do contrato
de trabalho;
b) Prescrição e decadência.
2 - Apresentação do trabalho:
�Princípio da irretroatividade; 
�Princípio do efeito imediato; e
�Princípio da proibição do tratamento 
degradante.
Contrato individual do trabalho:
Definição:
CLT, art. 442 - Contrato individual de trabalho é o acordo tácito
ou expresso, correspondente à relação de emprego.
É o negócio jurídico, tácito ou expresso (verbal ou escrito), em
que uma pessoa física ou jurídica, o empregado, obriga-se a
prestar serviços a uma pessoa física ou jurídica, o empregador,
de forma não eventual, subordinada, pessoal e mediantede forma não eventual, subordinada, pessoal e mediante
pagamento de salário.
Denominações:
1. Locação de serviços: subtende a cessão de uma coisa, um
bem, que deverá ser devolvido ao termo do contrato, com o
pagamento por sua utilização.
Crítica: na realização de um trabalho para outrem, não há como
retornar o trabalho para quem o realizou .
Contrato individual do trabalho:
Denominações:
1. Locação de serviços:
2. Venda de serviços: é uma troca de trabalho por dinheiro. Um
contrato de compra, pelo tomador (empregador), e venda, pelo
empregado, do seu esforço físico e mental necessário para a
realização de uma tarefa, dirigida pelo primeiro.
Crítica: transforma o trabalho num produto, numa mercadoria,
que o trabalhador vende recebendo um preço. A mercadoria
vendida, portanto, é a energia pessoal do trabalhador, o quevendida, portanto, é a energia pessoal do trabalhador, o que
sofre críticas de natureza ética.
3. Contrato de trabalho (contrato de emprego): o trabalho é uma
expressão do espírito do homem com um valor próprio e
inalienável.
É o trabalho que produz bens, produtos e mercadorias, logo, não
é uma mercadoria.
Sendo abstrato, o trabalho não se materializa em si mesmo, logo,
não é uma coisa, um bem.
Contrato individual do trabalho:
Caracteres:
1. Ato jurídico de direito privado: seus agentes se encontram
em estado de igualdade jurídica, sem interferência do Estado.
2. intuitu personae: dirigido a um trabalhador específico, que não
pode ser substituído. Pressupõe o elemento confiança do
empregador para com as atividades do empregado.
3. consensual: para sua celebração basta o consentimento, a3. consensual: para sua celebração basta o consentimento, a
voluntariedade das partes, não coagidas por imposição legal.
4. sinalagmático: gera deveres e obrigações entre as partes,
contrárias e equivalentes.
5. onerosidade: as partes recebem vantagens econômicas em
contrapartida ao que oferecem uma à outra (trabalho e salário).
6. Execução continuada ou trato sucessivo: renovam se as
obrigações constantemente, na medida que o empregado presta
o serviço.
Contrato individual do trabalho:
Elementos: aplicando-se a teoria dos negócios jurídicos, pode-se
visualizar o contrato de trabalho nos três diferentes planos, de
existência, validade (art. 104, CC) e eficácia.
1. Existência: 
a) Manifestação de vontade;
b) partes: empregado e empregador;
c) objeto: prestação de serviço subordinado; e
d) forma: tácito ou expresso.
2. Validade: elementos essenciais
a) Manifestação de vontade de forma hígida, por meio de declaraçãoa) Manifestação de vontade de forma hígida, por meio de declaração
bilateral de vontade;
b) Partes capazes e legítimas;
c) Objeto lícito e hígido (possível, determinado ou determinável)
quanto ao trabalho prestado.
d) Forma prescrita ou não defesa em lei: (art. 443, CLT). Exemplo
de forma escrita do contrato de trabalho: aprendizagem (art. 428,
CLT); trabalho temporário (art. 11, Lei 6. 019/1974); atleta
profissional de futebol (art. 3.º, caput, Lei 6.354/1976); artista (art.
9.º, Lei 6.533/1978). Registro no órgão de classe: jornalista
(Decreto-lei 972/1969); radialista (Lei 6.615/1978)
Contrato individual do trabalho:
Elementos:
1. Existência: 
2. Validade
3. Eficácia: refere-se a aptidão para produzir efeitos.
Cláusula de não-concorrência:
É vista como uma condição especial no contrato de trabalho. É vista como uma condição especial no contrato de trabalho. 
A sua inclusão é justificada pela necessidade de proteger a 
empresa da concorrência. 
Há quem não admite a sua validade nas relações de emprego.
Para ser válida mesmo após o término do contrato de emprego,
deve sofrer limitações quanto ao seu tempo de duração e o
espaço territorial de incidência, caso contrário viola a
liberdade de exercício de trabalho (art. 5.º, XIII, CF/88)
Contrato individual do trabalho:
NULIDADE:
Trabalho proibido: é o prestado em desacordo com as normas de
proteção trabalhista (norma de ordem pública). Ex.: menor
em horário noturno, insalubre ou perigoso. Estrangeiro
irregular.
Efeitos: são resguardados os efeitos do contrato de trabalho, pois
a disposição que tutela o trabalhador não pode ser
interpretada e aplicada de forma contrária a quem ela visa ainterpretada e aplicada de forma contrária a quem ela visa a
proteger.
Súmula 386 TST: POLICIAL MILITAR. RECONHECIMENTO
DE VÍNCULO EMPREGATÍCIO COM EMPRESA
PRIVADA. Preenchidos os requisitos do art. 3º da CLT, é
legítimo o reconhecimento de relação de emprego entre
policial militar e empresa privada, independentemente do
eventual cabimento de penalidade disciplinar prevista no
Estatuto do Policial Militar.
Contrato individual do trabalho:
NULIDADE:
Trabalho ilícito: o próprio objeto do contrato de trabalho (prestação de
serviço) apresenta-se ilícito, afrontando o ordenamento jurídico,
como disposição da lei penal.
Efeitos: OJ 199 da SDI-1. JOGO DO BICHO. CONTRATO DE
TRABALHO. NULIDADE. OBJETO. É nulo o contrato de
trabalho celebrado para o desempenho de atividade inerente à
prática do jogo do bicho, ante a ilicitude de seu objeto, o que
subtrai o requisito de validade para a formação do ato jurídico.
Súmula 363 TST: CONTRATO NULO. EFEITOS: A contratação deSúmula 363 TST: CONTRATO NULO. EFEITOS: A contratação de
servidor público, após a CF/1988, sem prévia aprovação em
concurso público, encontra óbice no respectivo art. 37, II e § 2º,
somente lhe conferindo direito ao pagamento da contraprestação
pactuada, em relação ao número de horas trabalhadas, respeitado o
valor da hora do salário mínimo, e dos valores referentes aos
depósitos do FGTS.
Contrato nulo: contribuição previdenciária incidência (TST,
2.ªT.,RR, 984/2006-007-18-00.9). Adicional horas extras não
incidência (TST, 3.ª T,. RR 921/2002-019-03-00.0)
Contrato individual do trabalho:
Direitos Intelectuais e Invenções do Empregado:
Lei n.º 9.609/1998: art. 4º Salvo estipulação em contrário, pertencerão
exclusivamente ao empregador, contratante de serviços ou órgão
público, os direitos relativos ao programa de computador,
desenvolvido e elaborado durante a vigência de contrato ou de
vínculo estatutário, expressamente destinado à pesquisa e
desenvolvimento, ou em que a atividade do empregado,
contratado de serviço ou servidor seja prevista, ou ainda, que
decorra da própria natureza dos encargos concernentes a esses
vínculos.vínculos.
Lei 9.279/96: art. 88. A invenção e o modelo de utilidade pertencem
exclusivamente ao empregador quando decorrerem de contrato
de trabalho cuja execução ocorra no Brasil e que tenha por objeto
a pesquisa ou a atividade inventiva, ou resulte esta da natureza
dos serviços para os quais foi o empregado contratado
§ 2º Salvo prova em contrário, consideram-se desenvolvidos na
vigência do contrato a invenção ou o modelo de utilidade, cuja
patente seja requerida pelo empregado até 1 (um) ano após a
extinção do vínculo empregatício.
Contrato individual do trabalho:
CONTRATO A PRAZO DETERMINADO:
CLT: Art. 443 - O contrato individual de trabalho poderá ser
acordado tácita ou

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.