Pratica de Ensino II AP1 2018.2  GABARITO
3 pág.

Pratica de Ensino II AP1 2018.2 GABARITO


DisciplinaPratica de Ensino 2306 materiais229 seguidores
Pré-visualização1 página
Universidade do Estado do Rio de Janeiro 
 
 Centro de Educação e Humanidades 
 
Faculdade de Educação / Coordenação das Licenciaturas \u2013 EAD 
 
GABARITO: AP1 / 2º sem/ 2018 
DISCIPLINA: PRÁTICA DE ENSINO 2: CURRÍCULO 
Coordenador: Professora Therezinha Carlomagno Garcia 
 
ATENÇÃO: Todas as questões devem ser respondidas a partir do conteúdo do caderno 
didático (até a aula nº 6), da bibliografia indicada e do material de estudo das aulas da 
plataforma. Você tem até cinco dias, após a postagem da nota no sistema, para pedir revisão 
ou resolver qualquer problema sobre a AP1. 
 
QUESTÃO I: Leia o artigo, abaixo, reflita, e faça a releitura do mesmo, com cerca de 12 
(doze) linhas. O texto deve ser, criativo, legível, conciso e claro, observando-se as normas 
gramaticais. Não inclua nenhuma citação. (valor: até 3,0 pontos). 
ATENÇÃO: \u201cNa releitura apresenta-se aquilo que se entendeu da obra, produzindo um 
texto/objeto novo, a partir do primeiro que foi proposto, mas sem preocupação com 
semelhanças. É um processo que envolve a absorção de algo anterior de forma a recriá-
lo, inventá-lo, transformá-lo\u201d). 
https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/educacao/releitura 
 
ESCOLA DE QUALIDADE PARA TODOS: 
UMA DAS FUNÇÕES DO CURRICULO. 
\u201cQuanto mais a escola se preocupa com o que ensinar e como ensinar, maior a probabilidade que 
ela tem de se tornar eficaz. Por isso o currículo é um dos elementos centrais da escola, um indicador 
de sua eficiência. Constitui, então, um desafio para as equipes gestoras encaminhar o trabalho da 
escola para uma vivência curricular que envolva a todos e que amplie as possibilidades de os alunos 
desenvolverem, no espaço da escola, as competências necessárias à integração na vida 
contemporânea e ao exercício da cidadania. Assim, integra esse desafio a criação das condições 
para que a prática pedagógica dos professores corresponda a uma ação cuidadosamente planejada 
para o sucesso da aprendizagem dos alunos, e não para simplesmente aprová-los ou reprová-los. É 
preciso desenvolver na escola, processos de construção coletiva e compartilhada de uma proposta 
pedagógica permanentemente atualizada, de um planejamento cuidadoso das aulas ou atividades, 
definindo-se as melhores estratégias e os melhores recursos de ensino-aprendizagem a serem 
utilizados.\u201d (cont.) (Texto retirado do artigo: O PAPEL DO CURRICULO NA CONSTRUÇÃO COLETIVA DE 
UMA ESCOLA DE QUALIDADE PARA TODOS Publicado em 18 de May de 2011 de Érica Rafaela 
Pereira Lima); 
Cad.1/pág.16; Cad.1/ pág.21 \u2013 27; Cad.1/pág.30; Cad.1/ pág.55; Cad.1/ 
pág.61; Cad.1/ pág.90 ; Cad.1/ pág.100; Cad.1/ pág.107- 108 
 
QUESTÃO II: A partir das situações fictícias (a, b, c, d, e), baseadas no currículo escolar, 
coloque dentro dos parênteses a letra (C) CONCORDO, ou as letras (NC) NÃO 
CONCORDO, com as situações, justificando, até cinco linhas, apenas as respostas cuja 
opção escolhida for (NC) NÃO CONCORDO. 
ATENÇÃO: Os pontos só serão computados se a justificativa estiver coerente com a escolha 
(NC). A opções (NC), NÃO CONCORDO, valerão 1,0 (hum) ponto e as (C), CONCORDO, 0,5 
(meio) ponto (valor total: 4 pontos). 
 
a) ( NC ) No primeiro dia da aula de matemática os alunos foram informados, pelo 
professor Júlio, que o educando deve receber, respeitosa e passivamente, toda a educação 
que o educador lhe transmitir. Cad.1/ pág.60 
 
b) ( NC ) Na reunião de pais, da escola Almeida Gomes, o professores reclamaram muito 
sobre o péssimo aproveitamento dos alunos, aconselhando que os responsáveis procurassem 
tratamento psicológico para os filhos, porque eles não tinham capacidade para aprender.. 
Cad.1 /pág. 57 
c) ( C ) A professora Maria Ivone, de Ciências Biológicas, durante o Conselho de Classe, 
afirmou que seria muito bom para a aprendizagem dos alunos que, junto às outras disciplinas, 
fosse inserido ao currículo o estudo de um problema relevante para todos. Cad.1/ pág.108 
 
d) ( C ) Quando a professora Ignez chegava para dar suas aulas, e encontrava as 
carteiras da sala enfileiradas, pedia ajuda aos alunos para organizá-las em círculo ou 
semicírculo, acreditando que, deste modo, seria mais fácil contar com a participação 
de todos, trocando ideias e experiências. . Cad. 1/ pág.21 
 
e) ( NC ) Na reunião pedagógica, da escola estadual Silvio Matoso, a coordenadora 
distribuiu vários textos, sobre currículo escolar, para que os professores lessem e refletissem 
sobre os mesmos. Quando todos terminaram, a professora Júlia, iniciando o debate, 
argumentou que, segundo sua opinião, o currículo escolar nunca pode ser responsabilizado por 
reforçar comportamentos de exclusão. Cad. 1/ pág.55 
\u201c 
QUESTÃO III \u2013 Coloque um X dentro de cada parêntese (a, b, c ou d) que complemente, 
integralmente, as proposições (1, 2, 3) (Valor: 3 pontos). 
 
1- Os currículos tendem a propor estudos e lógicas ditas científicas, mas que foram 
construídas para fortalecer os grupos hegemônicos, porque... Cad.1/ pág.75 
 
a) ( ) questiona o conhecimento, mas se aventura a explorar tudo que não for construído 
de forma pragmática, reforçando a mulher como a figura que detém o saber e a força. 
 
b) ( X ) celebra seus heróis e conta suas histórias como se estas fossem as histórias de 
todo o povo. 
 
 c) ( ) representa, especificamente, a disputa por espaços pleiteados por diferentes 
culturas do hemisfério norte. 
 
d) ( ) ignora a abordagem disciplinar dos conteúdos numa relação intrínseca entre as 
áreas do conhecimento 
 
 
2 \u2013O conhecimento está em constante mudança, quer pelas necessidades humanas, 
quer pelo avanço da ciência, em cada campo de conhecimento. 
Neste sentido, o conhecimento ...Cad. 1/ pág.106 
 
a)( ) deve ser ensinado, orientando-se pelo ensino simultâneo e pela buscas de padronização do 
conteúdo, da turma e dos tempos escolares. 
 
b)( ) representa a necessita de se transmitir aos alunos, reconhecidos como aprendiz, atitudes 
éticas, essenciais à vida de cada um. 
. 
 
c)( X ) tem que ser construído, não podendo ser passado do professor aos alunos, como algo 
pronto e singular como única verdade sobre os fatos. 
 
d)( ) precisa ser repetido, muitas vezes, de diferentes maneiras, para que os alunos memorizem 
as informações mais importantes. 
 
3 \u2013Perspectiva curricular que concebe que somos seres únicos que nos formamos em 
uma relação conflituosa entre as condições biológicas e as interações estabelecidas no 
meio em que vivemos, cujo ser humano é ... Cad. 1/págs. 7 _ 27 
 
a) ( ) uma tábula rasa, sobre a qual podemos marcar comportamentos, valores, saberes e 
crenças, cuja assimilação destes comportamentos se daria pela insistência, exaustiva de exercícios, 
prêmios e castigos. 
 
b) ( ) o resultado do meio externo a ele, significando considerar o meio em que o sujeito vive, e 
suas experiências neste meio, como determinantes de seus comportamentos, valores, saberes e crenças. 
 
 
c)( ) uma predefinição a respeito das capacidades ou incapacidades para aprender, sendo a 
escola apenas um palco onde essas capacidades e incapacidades serão reveladas. 
 
d)( X ) percebido, juntamente, com o conhecimento, de forma dialética, em que o conhecimento 
concebe uma construção, ora mais social e cultural, ora mais subjetiva ou intersubjetiva.