administração aula 2
15 pág.

administração aula 2


DisciplinaRadiologia '' Administração em Saúde''7 materiais104 seguidores
Pré-visualização3 páginas
1 Profª Vera Lucia 
 
 
 Diagnóstico por Imagem 
 
 
 
 
A Organização Hospitalar 
 
Dissemos que a organização hospitalar apresenta muitas semelhanças com a 
de uma empresa. Na realidade, estas semelhanças dizem respeito 
principalmente a estrutura formal da parte administrativa do hospital, dividida 
em funções que lembram as de uma empresa. 
No entanto, veremos que estas semelhanças são mais formais do que reais, 
pois a estrutura de poder e funcionamento da maioria dos hospitais diferem 
consideravelmente do que se encontra nas empresas. 
A estrutura formal pode variar bastante de um hospital para outro, segundo o 
seu tamanho, o tipo de serviço que oferece, população etc. Mas de uma 
maneira geral, pode-se identificar quatro conjuntos de funções desenhadas no 
hospital, quatro tipos de serviços internos, sendo: 
 
Os serviços de internação; que compõem o núcleo do hospital, sua razão de 
ser, também chamados de médicos, são aqueles que fornecem aos pacientes 
os cuidados diretos de que estes necessitam. 
São compostos de várias disciplinas ou serviços, ou clínicas especializadas, são 
dirigidos geralmente por médicos, ou pela enfermagem. 
 
Os serviços técnicos ou médicos; que compreendem todos os recursos 
necessários a certos cuidados, e que implicam numa especialização de pessoa, 
equipamentos e materiais, prestam cuidados indireto e direto aos pacientes. 
São laboratório, radiologia etc. Estes serviços são acionados a pedido dos 
médicos , mas nem sempre deles dependem. 
 
Os serviços gerais ou de apoio; compreendem os bens e serviços de hotelaria 
de um lado (cozinha, lavanderia, rouparia) e os de manutenção e engenharia 
(energia, obras de segurança, etc.). 
Este serviços formam a infra estrutura do hospital, comum a todos os serviços, 
estão normalmente sob a direção da administração. 
 
 
2 Profª Vera Lucia 
 
 
 Diagnóstico por Imagem 
Os serviços administrativos em geral; que asseguram a unidade do conjunto, 
provém e administram os recursos humanos, financeiros e materiais 
necessários aos outros serviços. 
Compreendem, basicamente, o setor (ou serviço) de pessoal, o de 
abastecimento ou de compras, ou ainda chamado de serviços econômicos ou 
de materiais (compras e almoxarifado), e os serviços administrativos e 
financeiros propriamente ditos (recepção, administração geral, tesouraria, 
contabilidade, estudos e estatísticas, etc.). 
O hospital é a instituição destinada para internar, para diagnóstico e 
tratamento de pessoas que necessitam de assistência médica e cuidados 
constantes de enfermagem, devidamente aparelhado de pessoal e material. 
E o principal objetivo do administrador hospitalar é direcionar o hospital para 
quatro importantes missões: 
 
RESTAURATIVA; compreende: 
\uf0d8Diagnóstico \u2013 Ambulatório e internação; 
\uf0d8Tratamento de doenças \u2013 Curativo e paliativo, envolvendo os procedimentos 
médicos, cirúrgicos e especiais; 
\uf0d8Reabilitação \u2013 Física, mental e Social; 
\uf0d8Cuidados de emergência \u2013 Acidentes e Doenças (mal súbito). 
 
 
 
PREVENTIVA; incluindo: 
\uf0d8Supervisão da gravidez; 
\uf0d8Supervisão do crescimento da criança; 
\uf0d8Controle das doenças transmissíveis; 
\uf0d8Prevenção das enfermidades prolongadas; 
\uf0d8Prevenção da invalidez mental e física; 
\uf0d8Educação sanitária; 
\uf0d8Saúde ocupacional. 
 
 
3 Profª Vera Lucia 
 
 
 Diagnóstico por Imagem 
ENSINO; incorporando: 
\uf0d8Graduação médica; 
\uf0d8Pós-graduação \u2013 Especialista e praticante; 
\uf0d8Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares; 
\uf0d8Interessados em medicina social; 
\uf0d8Outras profissões correlativas. 
 
 
 
PESQUISA; reunindo: 
\uf0d8Aspectos sociais, psicológicos e físicos da saúde e da doença; 
\uf0d8Práticas hospitalares, técnicas e administração. 
 
 
 TEMÁTICA: SETORES HOSPITALAR ASSISTÊNCIAIS 
 
Introdução 
Sendo o hospital parte integrante de um sistema coordenado de saúde, cuja 
função é dispor a comunidade completa assistência á saúde, tanto curativa 
quanto preventiva, incluindo serviços extensivos á família, em seu domicilio e 
ainda em centro de formação para os que trabalham no campo da saúde e para 
as pesquisas bio-sociais. 
Podemos afirmar deste modo que o produto final de um hospital é o cliente, ou 
seja, a cura do ser humano enquanto doente, e como ferramenta para auxílio 
para diagnóstico e tratamento deste doente, hospital conta com vários 
recursos: 
 
\uf0d8Físicos; 
\uf0d8Materiais e 
\uf0d8Humanos. 
 
Vamos nos enfatizar em recursos humanos, devido a sua complexidade, e ao 
fato de estarem envolvidos os recursos físicos e materiais. 
 
4 Profª Vera Lucia 
 
 
 Diagnóstico por Imagem 
Em virtude da diversificação de funções, divididos em duas áreas que prestam 
serviços ao paciente, sendo: 
 
Área assistencial; presta serviços diretos ao paciente, ou seja, lida com o 
produto final da empresa hospitalar, e são inúmeros setores. 
 
Área de apoio; presta serviço indireto ao paciente, ou seja, lida indiretamente 
com o paciente, e pro sua vez também são inúmeros. 
 
 
A seguir vamos nos adentrar nesta diversificação de setores, quanto a sua 
natureza, atribuições e finalidades. 
 
Área Assistencial, Serviços médicos: 
Os serviços médicos que são privativos dos profissionais da medicina com 
formação em diversas áreas. 
 
dividem-se em dois grandes grupos; 
\uf0d8Clínico cirúrgico; 
\uf0d8Médico auxiliares. 
 
Todos os serviços médicos são chefiados por um medico indicado de acordo 
com o regimento próprio por meio da diretoria clínica-médica. 
Alguns requisitos para o corpo médico. 
 
\uf0d8Regimento próprio e aprovado pela entidade mantenedora; 
\uf0d8Comissão de ética estruturada; 
\uf0d8Visita diária aos próprios pacientes; 
\uf0d8Nenhum médico sem residência médica comprovada, etc. 
 
O serviço de enfermagem presta serviços diretos aos cuidados dos pacientes e 
deve estar sob a supervisão de um enfermeiro, ou diretoria de enfermagem, 
tendo seu campo de ação nas diversas unidades, a saber: 
\uf0d8Unidade de internação; 
\uf0d8Unidade de centro cirúrgico; 
\uf0d8Unidade de centro obstétrico; 
\uf0d8Unidade de berçários; 
\uf0d8Unidade de terapia intensiva; 
\uf0d8Unidade de ambulatório; 
\uf0d8Unidade de educação continuada; 
 
5 Profª Vera Lucia 
 
 
 Diagnóstico por Imagem 
\uf0d8Unidade de pronto socorro; 
\uf0d8Unidade de controle de infecção hospitalar (CCIH); 
\uf0d8Unidade de radiologia; 
\uf0d8Unidade de central de material esterilizado (CME). 
 
Serviço de Nutrição 
O serviço deve ser supervisionado somente por um(ª) nutricionista. 
 
Compete ao Serviço de nutrição: 
\uf0d8Requisitar, receber e controlar os gêneros para a preparação da alimentação 
dos pacientes e funcionários; 
\uf0d8Planejar e executar o cardápio das dietas especiais; 
\uf0d8Elaborar os mapas mensais de movimento; 
\uf0d8Manual de dietas atualizados; 
\uf0d8Combate periódicos e sistemáticos a insetos e roedores; 
\uf0d8Uso de recipientes descartáveis para casos especiais; 
\uf0d8Serviço de refeição aos funcionários com equipamento aquecido; 
\uf0d8Visita diária do(a) nutricionista ou técnico(a) em nutrição aos pacientes. 
 
Também são de sua responsabilidade, o preparo e a distribuição de fórmulas 
lácteas e de Nutrição enteral aos pacientes, assim como a execução de 
atividades de ensino, pesquisa e extensão em Nutrição. 
 
O serviço auxiliar de diagnóstico e tratamento divide-se em vários setores, 
entre eles vamos destacar o serviço de radiologia, assim como outros setores 
não menos importantes como: 
Anestesia: responsável no auxílio das cirurgias que requerem intervenção de 
anestesia, do início até o ato de recuperação pós-anestésica (RPA). Com 
profissionais médicos. 
Métodos gráficos: que se subdividem-se em; 
\uf0d8Eletrocardiograma; 
\uf0d8Ecocardiograma; 
\uf0d8Eletroencefalograma. 
 
Laboratório de análises clínicas: responsável pela coleta e análise